VICE-PREFEITO DE CODÓ, RICARDO TORRES, LAMENTA MORTE DE MORADOR DE RUA CONHECIDO COMO “PRESIDENTE”

“Com pesar informo que faleceu na noite de 14 de Janeiro (ontem) o morador de Rua conhecido como Presidente (ou Deputado para os que o conheciam há mais tempo).
O Presidente estava internado há vários dias em leito Psiquiátrico do HGM de Codó, após ser resgatado em estado grave da frente do Banco do Brasil, onde passava a noite. Na ausência de familiares conhecidos,
Agradeço aos cidadãos e cidadãs codoenses que o ajudaram carinhosamente em algum momento. Deus lhes devolverá em dobro.
Agradeço em especial a todas as equipes de profissionais de saúde do CAPS, HGM e SAMU, que, com muito amor, profissionalismo e dedicação, lutaram pela vida deste cidadão, que, apesar de ser conhecido como Presidente, vivia, na verdade da caridade de seus semelhantes.
Ele era um andarilho que conseguia percorrer à pé longas distâncias.
Espero que ele agora caminhe em paz ao encontro de Deus”.

Texto do Vice Prefeito de Codó Ricardo Torres

DICAS DA CEMAR: FUJA DO “GATO”

O clima é de festa, algumas cidades já entraram na folia e deram os primeiros gritos de carnaval. Uns vão se divertir e outros aproveitam para fazer uma renda extra. Por isso, hoje a Cemar traz dica para você vendedor que vai aproveitar para ganhar um dinheiro a mais neste período.

E você pode fazer isso com segurança:

  • Fuja do gato! Não faça gambiarras puxando corrente de energia dos postes. Além de ser crime, fazer ligações clandestinas pode provocar acidentes com morte, colocando a sua vida e de toda a população em risco.
  • Fios soltos e extensões espalhadas pelas ruas e praças, vindo das ligações feitas de qualquer jeito, podem provocar acidentes: pessoas podem cair, levar choque elétrico e pode até acontecer incêndios. Fique atento: os fios elétricos devem estar sempre dentro de condutores ou caixinhas e nunca soltos por aí. Por isso é importante que a ligação seja feita por equipe da Cemar.

Com essas dicas você vai ganhar muito mais! Pequenas atitudes fazem toda diferença!

Texto 2

 Quem paga a conta é você!

 Você sabia que aquele seu vizinho ou conhecido que rouba eletricidade está automaticamente dividindo a conta de luz dele com você? Quando alguém rouba energia elétrica por meio de ligações clandestinas, conhecidas como “gatos” você paga mais caro na conta de luz. Simples assim!

Por isso a Cemar hoje faz essa alerta a você:

  • Se a ligação clandestina é no seu condomínio, na sua rua ou no seu bairro, além de pagar mais caro você ainda está correndo riscos. Pode ocorrer incêndios e problemas elétricos. Denuncie!  Se você observar furto e fraude de energia, além de ligações elétricas clandestinas em locais públicos, denuncie por meio da Central 116 e pelo site da Cemar www.cemar116.com.br.

É o barato de alguém que pode sair muito mais caro pra você!

Texto 3

Jeitinho Brasileiro perigoso!

Na maioria das vezes o “jeitinho brasileiro” simboliza a criatividade do nosso povo em querer dar a volta por cima em situações difíceis, não é mesmo? Um bom exemplo disso é o furto de energia, o famoso “gato”.

O problema é que além de prejuízos, essa prática pode colocar em risco a rede elétrica. o responsável pela ligação clandestina e as pessoas ao redor.

Hoje a Cemar faz uma alerta a você: Furto de Energia é Crime!

  • O que parece vantajoso para quem faz ligações clandestinas na verdade é crime previsto em lei no artigo 155 do Código Penal. Quem faz “gato” na rede elétrica é condenado a uma pena de até quatro anos de reclusão, além de multa.
  • O furto de energia coloca a sua vida em risco, pois pode provocar choque elétrico, que costuma ser fatal! Quem também sai prejudicado são os equipamentos elétricos da sua casa por conta da queda na qualidade da energia e às constantes interrupções no sistema elétrico.

A Cemar recomenda a todos que não façam “gato”, não apenas por ser contra a lei, mas também pelos riscos vitais.

Se você conhece alguém que esteja cometendo este crime denuncie pela Central de atendimento 116.  Lembre-se: O prejuízo também chega ao seu bolso!

 

JOVEM DE LAGO DA PEDRA ESTÁ DESAPARECIDO HÁ MAIS DE 6 MESES E FAMÍLIA PEDE AJUDA

Um jovem chamado Joaquim Maciel da Silva Neto, morador de Lago da Pedra, está desaparecido há 6 meses. Ele foi visto pela última vez na cidade de Santa Inês.

A família esta desesperada em busca de informações, e pede detalhes a quem viu ou conheça alguém que tenha visto ele. Ajude a família a encontrá-lo através dos seguintes números

((99)) 9 8127 8810
((98)) 9 9201 1111.

Fonte: Carlinhos Filho

A CASA CAIU: CODOENSES VÃO A SÃO PAULO BUSCAR DROGAS E NA VOLTA SÃO PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR

Por volta das 2h da manha de hoje, dia 15 de janeiro de 2019, após denúncia via Copom, a equipe do serviço velado do 17 BPMMA, montou uma operação no sentido de interceptar dois indivíduos que, segundo informe, haviam deixado a cidade de Codó no dia 11 de janeiro de 2019 em direção ao estado de São Paulo para buscar drogas, e que os mesmos retornariam na madrugada do dia 15 de janeiro de posse da referida droga. Com base nisso, os indivíduos começaram a ser monitorados a partir do Pov Independência, município de Peritoró, até o Povoado Km 17, Codó-Ma, onde os dois suspeitos desembarcaram do ônibus. Com Antonio Damasceno Brandão foi encontrado aproximadamente 14 kg de uma substância semelhante a maconha, um celular lenovo, uma porta cédula e a quantia de oitenta e dois reais em espécie(notas diversas), e com Antonio Joilson Dos Santos foi encontrado uma quantia de 10kg de uma substância semelhante a maconha, uma balança de precisão, um celular Samsung e uma quantia de cento e dez reais em espécie. Ambos foram apresentados na delegacia sem lesões corporais.

Texto: Polícia Militar 17° BPM

POR CONTRATAR EMPRESA DE FACHADA, PREFEITO DE ALTO ALEGRE DO MARANHÃO ESTÁ “TODO ENROLADO”

A Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) do Maranhão converteu uma Notícia de Fato em Procedimento Investigatório Criminal (PIC) contra o prefeito de Alto Alegre do Maranhão, Emmanuel da Cunha Santos Aroso Neto, o Maninho (PDT), para apurar possíveis irregularidades na contratação de uma empresa de fachada pela administração municipal.

O procedimento foi feito em dezembro do ano passado, pela promotora de Justiça Ilana Morais, da Assessoria Especial da PGJ, responsável por apurar atos ilícitos praticados por agentes políticos detentores de foro por prerrogativa de função.

O prazo para conclusão do PIC é de 90 dias.

Segundo apurado pelo SITE ATUAL7, as investigações são baseadas num levantamento do Ministério Público de Contas (MPC), que descobriu que a empresa Ipiranga Empreendimentos e Locação Ltda, contratada ao custo de R$ 1,3 milhão pela gestão de Maninho para prestar serviços de locação de 48 veículos ao município, sequer possui um único automóvel como de sua propriedade. A descoberta, segundo uma representação do MPC ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), foi feita por meio de consulta ao bando de dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Além da ausência de capacidade operacional da empresa, que aponta a Ipiranga Empreendimentos e Locação como de fachada, foi também constatado indícios de práticas típicas de empresas inidôneas.

Pesquisas ao histórico da empresa contratada pela gestão Maninho de Alto Alegre revelaram que ela sofreu ao menos três alterações no seu quadro societário, sendo que nenhum de seus sócios fundadores permaneceu no quadro. Também houve mudança no local da sede da empresa várias vezes, tendo ela já registrado endereço de funcionamento nas cidades de Santa Inês, Vargem Grande e Nina Rodrigues.

Esse tipo de rotatividade de sócio e de endereço, segundo o MP de Contas, é típico de empresas fraudulentas.

Há outros indícios de irregularidades encontrados pleas investigações, como o fato de que a Ipiranga Empreendimentos e Locação Ltda teve como um de seus sócios uma pessoa sem remuneração compatível com o perfil financeiro da empresa, e ainda a falta de atividade comercial desta até o ano de 2016.

Outro lado

Procurada desde a última quarta-feira 9, por meio de sua assessoria, a prefeitura não se posicionou sobre os indícios de irregularidades apontados pelo MP de Contas sobre a contratação da empresa, que levaram a abertura do Procedimento Investigatório Criminal pela Assessoria Especial da PGJ contra Maninho de Alto Alegre.

Após pedido de manifestação encaminhado à Ipiranga Empreendimentos e Locação por e-mail, duas pessoas, apresentando-se apenas como Edson e Júnior, retornaram a solicitação na sexta-feira 11, por meio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp, garantindo que iriam se posicionar sobre as denúncias, mas o que até o momento não ocorreu.

O espaço segue aberto para manifestações.

Fonte: Atual7

MENSAGEM DO VEREADOR HEBEL CAVALCANTE AOS 57 ANOS DE LIMA CAMPOS

“Neste dia 15 de Janeiro, a nossa cidade completa 57 anos, e hoje, nada mais justo que parabenizar o povo Limacampense, gente de bem, guerreira, honesta e batalhadora que, com seu trabalho diário, constrói o desenvolvimento do município e dentro das suas possibilidades não mede esforços na busca do crescimento e de melhores dias para essa cidade.

Desejo que cada munícipe seja um ponto de apoio na constante construção de uma Lima Campos  melhor, que por meio de valores sólidos ajudem a preparar as crianças e jovens para um processo de transformação que o nosso município tanto precisa. É necessário semear ações e colher conquistas, buscando no presente o futuro para que as conquistas da comunidade sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós quem fazemos o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho rumo a uma Lima Campos  mais justa e cidadã”.

WEVERTON NEGA ENVOLVIMENTO NA ELEIÇÃO DA FAMEM, “QUEM VOTA SÃO OS PREFEITOS”

O deputado federal e senador eleito Weverton Rocha (PDT) garantiu ao ATUAL7, nesta segunda-feira 14, que não tem participado de qualquer articulação pelo comando da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

A eleição está marcada para acontecer no final deste mês. Disputam o prefeito de Tuntum e atual presidente da entidade, Cleomar Tema (PSB), e o de Igarapé Grande, Erlânio Xavier (PDT).

Segundo Weverton, por a eleição da Famem ser uma questão a ser decidida entre os gestores ligados à entidade, jamais houve qualquer movimentação dele a favor do correligionário.

Tenho deixado a vontade esse debate, por entender que o processo é interno! Representação de prefeitos quem vota são os prefeitos”, disse.

A respeito do encontro de Erlânio Xavier agendado para a próxima quarta-feira 16, em São Luís, Weverton Rocha disse que poderá até marcar presença, mas assegurou que não tem feito convites aos prefeitos aliados para que compareçam ao evento.

Ir ao evento poderei ir, sem problemas! Erlânio é do PDT e amigo. [Mas] fazer campanha não preciso, quem vota é prefeito”, reafirmou.

Fonte: Atual7

POR JACINTO JÚNIOR: ELEIÇÕES DO COHAB, A DEMOCRACIA COMO EIXO DE MUDANÇA

O Conjunto Habitacional – COHAB – cognominado “Vereda Tropical” (isto, em virtude, naquele período da existência da novela global chamada Vereda Tropical) tem suas origens no final da década de 1.980. Foi o segundo conjunto habitacional a ser construído em nossa cidade e, diga-se de passagem, o primeiro com saneamento básico (tratamento de esgoto); obra de infraestrutura do governo federal através do extinto BNH – Banco Nacional de Habitação.

De lá para cá, já se passaram quase quatro décadas de existência. Nosso COHAB tem 271 casas. Ora, se multiplicarmos cada casa por 4 pessoas, teremos uma faixa de 1.084 residentes. Nosso COHAB segundo o atual presidente Lemos, no último levantamento feito, temos, aproximadamente 89 professores residentes. Isso demonstra que o nível intelectual de nossos moradores é bastante significativo.

Alguns moradores como Edvaldo Nascimento, Edvaldo Moura Moraes, Sebastião Celso e Betinho (falecido e tio do “Zé Gordão”), se mobilizaram para constituir a Associação de Moradores do Conjunto Habitacional, isso, em meados de 1984. Essa reunião ocorreu na residência de Raimundo Nonato (conhecido como “Dinaná”, já falecido).

Portanto, a AMCC – Associação de Moradores do Conjunto COHAB tem 35 anos de existência. Por conta do tempo, para falar sobre o processo eleitoral, estou impossibilitado de coletar mais informações sobre nossa história, entretanto, fica o compromisso de fazê-lo posteriormente.

A última eleição em que Ruy Rey fora presidente e na disputa perdeu para Lemos, houve um mal-estar e que mais tarde foi superado. E a partir daí o Sr. Lemos conduziu a instituição por 4 anos. Independentemente das situações circunstanciadas o que importa agora é dar seguimento ao processo democrático e vida à Associação.

Houve uma reunião na quinta-feira (10/01) entre a Diretoria e alguns membros da comunidade para tratar do processo eleitoral.

Da reunião ficou firmada a seguinte decisão:

  • A formação da Comissão Organizadora das Eleições;
  • A formação de uma Chapa Única;
  • A publicação do Edital de Convocação das Eleições.

 Diante desse fato, é necessário que haja uma mobilização ampliada para sensibilizar os moradores da comunidade para legitimar o processo eleitoral (participar).

Uma Associação de Bairro tem sua expressão – positiva e/ou negativa – na forma como os seus membros se portam e se articulam para alcançar os benefícios para a comunidade.

Um líder comunitário tem responsabilidade com a comunidade. Deve ser capaz de mobilizar a comunidade para realizar suas pautas. É sintomático o descrédito que permeia a figura de um líder apático, sem poder de convencimento e, sobretudo, de mobilização!

O líder comunitário tem que ter claramente um plano estratégico para provocar a comunidade a se integrar nas discussões sobre a realidade social que se lhe apresenta. Ou seja, debater de forma democrática e plural questões fundamentais como:

  • Infraestrutura do bairro;
  • Plano estratégico/democrático de atuação;
  • Mais escolas, mais Creches e Pré-escolas para atender à demando do Bairro;
  • Asfaltamento de ruas para permitir um melhor fluxo dos meios de transporte e dos transeuntes, melhorando a qualidade de vida dos moradores;
  • Lazer: Melhoria e adequação das praças existentes no Conjunto (reforma/ampliação) para as crianças e adultos se divertirem/passearem;
  • Coleta sistemática do lixo (ás vezes ocorre falhas de dois dias sem a coleta) e etc.

Portanto, a existência de uma Associação no Bairro é fundamental. E muito mais importante do que sua existência é a forma como ela deve atuar, observando-se a realidade social, lutando por condições dignas de sobrevivência de seus moradores. Enfim, uma Associação de bairro é um instrumento poderoso que a sociedade civil organizada possui para colocar à prova seu plano estratégico/democrático e verificar seus resultados.

A Associação de bairro deve intervir nas políticas públicas. Deve elaborar propostas para serem inseridas no PPA – Plano plurianual do município. Uma Associação não é um produto mecânico sob a óptica de terceiros. Ela tem que ser autentica bem estruturada, com uma equipe competente e que saiba avaliar a conjuntura local de forma sistêmica e altaneira.

Por quê a ideia de Associação e/ou União de moradores na atualidade perdeu força e sentido? Seria interessante que essa questão fosse retomada e, acima de tudo, assumisse uma condição explosiva e revolucionária! Para isso, é indispensável quem está coordenando os trabalhos seja dinâmico e extremamente articulado diante das necessidades históricas que se impõe.

Que a nova Diretoria da AMCC represente um novo momento. Momento de crescimento, responsabilidade, realizações.

Boas eleições!

 

Página 1 de 1.52612345...102030...Última »