SÃO LUIS: ROBERTO ROCHA PODE SER CANDIDATO A SENADOR NAS ELEIÇÕES DE 2014.

roberto-rochaO vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB), nega que exista uma articulação para que o PSB tenha candidato próprio ao governo do Estado e foi enfático ao afirmar: “O que o PSB terá é candidato a Senador!”. É claro, que nem precisa repetir o que ele já deixou bem claro: não abre mão de ser ele o candidato ao Senado (relembre).

sobre a mudança na direção estadual do partido, Rocha afirmou que a mudança foi feita pela direção nacional porque o partido ainda estava sob intervenção desde as prévias da eleição de 2012 e era necessário formar uma comissão provisória. Ele disse que foi consultado e deu sua opinião, mas a decisão foi do diretório nacional.

Roberto diz que não deseja o controle do partido. “estou interessado é em um projeto de partido. Se quisesse o comando continuava no PSDB onde eu era o presidente. O que me interessa é ter um projeto e nós temos um projeto claro”, sentenciou.

fonte o imparcial.

FLAGRANTE DE UM ACIDENTE AGORA HÁ POUCO EM CODÓ.

946534_479278618815843_1526666045_n

Andando agora há pouco na avenida Augusto Teixeira, o Cinegrafista da Tv Codó Deivid Gean registrou um acidente envolvendo uma mulher de aproximadamente 40 anos de idade, a condutora caiu após perder o controle da moto que era conduzida por ela. A mulher que nao teve a identidade revelada pelo Cinegrafista teve pequenas escoriações, e logo foi atendida pela ambulância do SAMU.

 

 

PMBD EXPULSA DEPUTADO QUE O STF CONDENOU.

Com a velocidade de um raio, o PMDB expulsou dos seus quadros o deputado Natan Donadon, de Rondônia. A desfiliação ocorreu 24 horas depois da confirmação da sentença: 13 anos, 4 meses e 10 dias de cana.

A Câmara ainda não cassou Donadon. Mas a Polícia Federal caça-o desde a noite passada.

O quase presidiário tornou-se um marco da política nacional: é o primeiro deputado condenado à prisão desde a promulgação da Constituição de 1988.

Caprichoso, o destino cuidou para que isso ocorresse num instante em que as ruas estão sublevadas.

AGÊNCIA BANCÁRIA É EXPLODIDA EM GONÇALVES DIAS..

 

bb-do-goncalves-dias-03

Acredita-se que 10 homens explodiram caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil do município de Gonçalves Dias. O caso aconteceu por volta das 02h00min da manhã desta quarta-feira (25/06).

Segundo informações, os caixas eletrônicos estavam abastecidos com a importância de R$ 200 mil. A explosão foi tão forte que as paredes do banco racharam. Enquanto realizava a ação criminosa os meliantes davam constantes rajadas de tiros para intimidar e impedir qualquer ação de represália no momento.

No começo do ano assaltaram o banco do Bradesco, depois assaltaram a agência dos Correios e ultimamente foi assaltado a Casa Lotérica, ou seja, o clima de insegurança na cidade é grande. Até o momento a polícia não tem pistas de quem foram os autores desde crime. O delegado Paulo Artur, da Regional de Presidente Dutra, já está investigando o crime.

CAXIAS: MOTOTAXISTA É MORTO COM TRÊS TIROS.

 

morto caxiasCaxias – O fato chamou a atenção de vários curiosos. Afonso José Almeida Soares, de 45 anos foi brutalmente assassinado com três tiros na avenida Senador Clodomir Cardoso, no bairro Cangalheiro.

De acordo com informações de um colega de trabalho, Afonso teria saído do ponto de mototaxi para deixar um passageiro e, ao retornar, foi alvejado sem chances de defesa. O cunhado da vitima falou à nossa equipe que a vítima não tinha inimigos.

O homicídio aconteceu por volta das 22h00 de ontem (26). Este é o 24º homicídio registrado nos primeiros seis meses deste ano em Caxias.

fonte portal do maranhão.

LÍNGUA DE COBRA É PRESO PELA POLÍCIA MILITAR DE CODÓ.

2013-06-27 15.50.24A polícia militar de Codó prendeu na tarde desta quinta feira (27), um velho conhecido da polícia. Raimundo Nonato Costa Moreira, conhecido popularmente como Língua de Cobra, é autor de diversos assaltos em Codó e estava foragido da Quarta Delegacia Regional do município desde a Semana Santa quando foi liberado pela justiça.

INVESTIGAÇÃO DA POLICIA.

A policia vinha investigando há dias o língua de cobra, o mesmo foi preso na casa de familiares na rua Francisco Bernardino no bairro Codó novo onde estava escondido. De acordo com a policia o língua de cobra já tinha praticado cerca de cinco assaltos durante o período que fugiu da delegacia, e outros já estavam sendo programados.

MARCADO PARA MORRER NA PRISÃO.

Língua de cobra revelou ao blog que estava preso na penitenciaria de pedrinhas em São Luis, e lá estava sendo ameaçado de morte pelos outros detentos, e por isso, resolveu fugir.

VERIDIANO SOUSA X FC TV.

veri3
A Polêmica do apresentador de tv no Sistema de Comunicação do empresário Fc Oliveira, Veridiano Sousa , será resolvida hoje a tarde em reunião com a direção da emissora, na pessoa do senhor Cícero de Sousa. Ainda não se sabe se o popular apresentador voltara prá emissora de Chiquinho Oliveira, rumores rondam na cidade de que Very não voltaria apresentar o FALA CODÓ.
DESCONTENTAMENTO DE VERIDIANO SOUSA
O apresentador não estaria muito contente com os valores que recebia na empresa de comunicação de Chiquinho Oliveira, quando saiu da tv para curtir suas férias Very teria chamado a direção da emissora para conversar sobre aumento de salário, mas a proposta não foi bem aceita pela direção que não quis saber de aumento para Veridiano. O que se sabe é que os telespectadores não estão muito satisfeitos com a saída de Very, ainda hoje mais informações aqui no blog.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO MA PEDE ANULAÇÃO DE CONCURSO FRAUDADO EM PRESIDENTE DUTRA.

A titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Presidente Dutra, Ilma de Paiva Pereira, ajuizou, em 19 de junho, Ação Civil Pública requerendo a anulação de um concurso realizado em 2012 pela prefeitura daquele município com o objetivo de prover 292 vagas nos níveis superior, médio e fundamental.

MP-MA-01

Conforme apurou a representante do Ministério Público do Maranhão, a realização do certame, organizado pelo Instituto Ludus, foi repleta de irregularidades desde sua concepção.

Foram constatadas a ilegalidade da lei municipal que criou as vagas do concurso e a contratação sem licitação do mesmo instituto para realizar outro certame para preencher as vagas não inicialmente providas.

FAVORECIMENTO;

irene-soares-14

Ex- prefeita Irene Soares

Motivada por três representações, a promotora de justiça verificou o favorecimento de parentes e assessores da ex-prefeita do município, Irene de Oliveira Soares, no segundo concurso realizado ilegalmente.

Três candidatos denunciaram, além do favoritismo dos parentes e dos assessores da ex-gestora do município, a inconstitucionalidade da lei de criação das vagas para o concurso e a ausência de comissão do concurso, causando a consequente ilegalidade da prova de títulos do certame.

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA;

Em outra manifestação relativa ao concurso, a promotora requer a condenação por improbidade administrativa da ex-prefeita Irene de Oliveira Soares e do ex-secretário municipal de Administração, Afonso Celso Sá Sereno, além de dois membros da Comissão Permanente de Licitação do município durante a gestão da ex-prefeita.

OUTROS PEDIDOS;

Na Ação anulatória, a promotora requer a busca e a apreensão imediatas dos documentos relativos (provas, cartões de resposta, listas de presença e gabaritos) ao concurso público, especialmente dos candidatos denunciantes.

A representante do MPMA também solicita a anulação imediata da contratação do Instituto Ludus para a realização do segundo concurso, bem como de todos os atos subsequentes (nomeação e posse).

Também é solicitada a condenação do Município de Presidente Dutra à realização de novo concurso público para provimento das vagas remanescentes do primeiro certame, com o devido processo licitatório, em 150 dias, sob pena de multa diária de R$ 500. O MPMA também requer a condenação do Instituto Ludus e do Município de Presidente Dutra ao ressarcimento dos valores pagos a título de inscrição.

Caso sejam condenados pela Justiça, os ex-gestores municipais acionados por improbidade administrativa pelo MPMA serão obrigados a devolver ao erário o valor do prejuízo causado e a pagar multa, além de terem a suspensão dos direitos políticos por oito anos, proibição de contratar com Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

Fonte: Ministério Publico – MA.