JOVEM É PRESO ACUSADO DE AGREDIR A ESPOSA NA CIDADE DE TIMBIRAS

IMG-20150826-WA0015

Francisco das Chagas

Um jovem, identificado por Francisco das Chagas Santos Rosa, de 25 anos, foi preso na noite desta terça-feira na cidade de Timbiras. O indivíduo agrediu a esposa e será indiciado pela Lei Maria da Penha e lesão corporal. O jovem é morador do bairro Mutirão. O mesmo foi conduzido para a cidade de Codó após ter sido preso por policiais militares na cidade de Timbiras. Ele foi transferido para Codó por conta de que a delegacia de Timbiras não tem estrutura e muito menos agentes. Francisco das Chagas poderá ser solto a qualquer momento após pagar fiança. Os motivos das agressões não foram ditos pelo jovem.

CÂMARA MUNICIPAL DE CODÓ NÃO ACEITARÁ MAIS DESRESPEITO COM O LEGISLATIVO E SEUS REPRESENTANTES, DIZ EXPEDITO CARNEIRO

Jpeg

Ver. Expedito Carneiro

O vereador Expedito Carneiro (PSDC) em entrevista pelo telefone comentou o clima de indignação dos parlamentares na última sessão. O edil pediu desculpas aos codoenses, que estavam presentes ou escutavam a sessão pela rádio, pelos excessos cometidos por ele na hora de sua defesa na tribuna da câmara. Expedito, em seu discurso, se exaltou ao comentar as agressões sofridas por ele e outros vereadores durante uma manifestação ocorrida na semana passada na porta da prefeitura. Na ocasião, Expedito Carneiro e outros parlamentares foram ofendidos verbalmente por manifestantes e acusados de roubo.
“Primeiro eu quero pedir desculpas a todos os irmãos codoenses por ter perdido a calma e até ter me exaltado, mas não podemos admitir a total falta de respeito por autoridades constituídas pelo povo, com o voto do povo e representantes da nossa população. Protestar faz parte do processo democrático, reivindicar direitos é inerente aos representantes de classes, mas daí ofender, xingar, macular a imagem e agredir autoridades municipais é inadmissível. E esses supostos manifestantes não estavam reivindicando seus direito, e sim acusando sem provas a todos nós e nos agredindo gratuitamente”,indignou-se.
Durante os protestos alguns manifestantes agrediram e acusaram não só a Expedito Carneiro, mas a Leonel Filho, Domingos Reis, Chaguinha da Câmara, entre outros. A ousadia, a falta de civilidade, de respeito e de bom senso foi tão absurda, que até o Prefeito de Codó foi chamado de irresponsável, fato testemunhado por servidores municipais e parte da imprensa local.

Vereadores tomarão providências

Durante a sessão Expedito respondeu com bastante indignação um dos representantes da manifestação, que estava presente na galeria. Chegando ao limite de sua paciência com o desrespeito cometido pelos manifestantes, o vereador declarou não ter medo de acusações infundadas e que não iria admitir a falta de respeito com ele, seus colegas de parlamento e ao prefeito da cidade.
“Temos que dar um basta. Não podemos ser acusados de cometer atos ilícitos, termos nossas imagens denegridas junto a população, em praça pública e não fazermos nada. Temos que parar de sermos xingados e não tomarmos providências. Peço mais uma vez desculpas por ter me excedido um pouco e pelo uso de expressões fortes, mas até Jesus demonstrou indignação quando viu que o templo foi profanado. Somos representantes do povo e cidadãos de Codó. Nossa imagem foi maculada. Nossa moral caluniada. O caráter é o templo de cada homem e não pode ser profanado”, afirmou o parlamentar.
Expedito Carneiro ainda informou que os vereadores irão se aprofundar no fato, apurar os detalhes ocorridos na manifestação a tomar as providências legais cabíveis contra os autores das agressões.

Ascom

EX-PREFEITA DE PRESIDENTE DUTRA TEM DIREITOS POLÍTICOS SUSPENSOS POR TRÊS ANOS

Irene-Soares1

Ex-prefeita Irene Soares

Em Ação Civil Pública do Ministério Público do Maranhão, a Justiça decidiu suspender os direitos políticos da ex-prefeita de Presidente Dutra, Irene Oliveira Soares, durante três anos, por ato de improbidade administrativa. A sentença foi proferida no dia 12 de agosto.
De acordo com o MP, a gestora deixou de apresentar a prestação de contas da Prefeitura à Câmara de Vereadores referente ao exercício financeiro de 2009, quando estava à frente do executivo municipal.
Na decisão, a juíza Gláucia Helen Maia de Almeida condenou, ainda, a ex-prefeita ao pagamento de multa civil no valor de 20 vezes o valor de sua remuneração à época em que exercia o cargo, além de proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, também pelo prazo de três anos.
As penalidades estão previstas no artigo 12 da Lei n° 8.429/92, a chamada Lei de Improbidade Administrativa.
Em sua defesa, Irene Soares admitiu que não fez a prestação de contas diretamente à Câmara de Vereadores e somente ao Tribunal de Contas do Estado, acrescentando que teria sido assessorada por advogados nesse sentido.
Para a juíza, no entanto, “a ausência de prestação de contas fere o princípio da publicidade que deve nortear a atividade dos gestores públicos, inviabilizando o controle dos gastos do administrador público, revelando imperiosa sua condenação”.

Redação: MPMA

CASO NÃO SE ENTREGUE NESTA TERÇA FEIRA,PREFEITA DE BOM JARDIM TERÁ NOME NA LISTA VERMELHA DA INTERPOL

11880619_970654259644666_7916663258237252969_n

Prefeita e seu ex-marido que está preso

A PF ainda alertou que qualquer pessoa que tentar ajudá-la será tratada como integrante da organização criminosa
Se a prefeita da cidade de Bom Jardim, Lidiane Leite (PRB), não se entregar nesta terça-feira a Polícia Federal (PF), ela será incluída na lista vermelha da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol).
O anuncio foi feito pela polícia. A PF ainda alertou que qualquer pessoa que tentar ajudá-la será tratada como integrante da organização criminosa.
A Interpol é uma organização internacional que ajuda na cooperação de policiais de diferentes países. Trata-se de uma central de informações para que as polícias de todo o mundo possam trabalhar integradas no combate ao crime internacional, o tráfico de drogas, os contrabandos e a busca de foragidos.

Fonte: O Imparcial

EMPRESÁRIO FC OLIVEIRA E HORÁCIO MACIEL FAZEM DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA E VASILHAMES NO KM 17

IMG-20150824-WA0015

FC e Horácio Maciel

O empresário Francisco Carlos de Oliveira tem feito uma ação que tem deixando o vereador Domingos Reis sem chão no km 17 onde ele considera seu “curral eleitoral” a ação do empresário tem deixado muita gente contente naquela comunidade por conta da falta d’água. O trabalho já vem sendo desenvolvido há algumas semanas e tem melhorado aos poucos a situação dos moradores do povoado km 17 onde muitas pessoas encontram dificuldade para ter acesso à água de qualidade.

EX-VEREADOR HORÁCIO MACIEL NO MEIO DO POVO

IMG-20150824-WA0014

Araújo Neto, Horácio Maciel, FC Oliveira e André Jansen

O ex-vereador Horácio Maciel esteve recentemente acompanhando o empresário Francisco Carlos de Oliveira na distribuição de água e vasilhames no km 17. Oex-parlamentar andou de casa em casa com o empresário FC Oliveira e sentiu a ausência da ajuda do atual vereador Domingos Reis naquela comunidade. O empresário esteve acompanhado também do ex-vereador Araújo Neto e do jovem André Jansen.

DR. ZÉ FRANCISCO LEVA ATENDIMENTO MÉDICO À ZONA RURAL DE CODÓ E DEZENAS DE PESSOAS SÃO ATENDIDAS

SAM_5037

Dr. Zé Francisco

O médico codoense Zé Francisco esteve no último fim de semana na zona rural de Codó, especificamente, no povoado Raposa onde realizou diversas consultas e fez algo inédito dentro do município.
Foi a primeira vez que exames de ultrassonografia foram realizados, diretamente, na zona rural. Isso foi possível graças à um aparelho de ultrassom portátil que o médico adquiriu com o intuito de ajudar pessoas carentes, como ocorreu no povoado acima mencionado.

SAM_5017

Dr. Zé Francisco recebendo o carinho do povo

Na oportunidade, Zé Francisco realizou, além de consultas clínicas, prevenção do colo do útero, ultrassonografia abdominal, transvaginal. Exames da próstata para os homens, como também os de mama e obstétrica para o público feminino do povoado e região.
O médico afirmou que já vinha fazendo este tipo de serviço social, ainda que sem o aparelho de ultrassonografia, no campo e pretende intensificá-lo nos fins de semana já que agora pode melhorar, ainda mais, o trabalho de saúde que oferta gratuitamente.

SAM_5033

Fonte: Blog do Acélio

PARTIDO REDE SUSTENTABILIDADE PODE SER CRIADO AINDA EM AGOSTO E TER AUGUSTO SERRA NO COMANDO EM CODÓ

images

Augusto Serra

O Tribunal Superior Eleitoral – TSE finalizou a contagem e validou mais de 500.000 assinaturas que respaldam a criação do movimento político Rede Sustentabilidade, capitaneado pela ex-ministra Marina Silva.
De acordo com Bazileu Margarido, porta-voz nacional do grupo, “esse número ultrapassa as assinaturas necessárias para o registro. Como é o único item que faltava ser cumprido, nossa expectativa é que ainda no mês de agosto seja julgado pelo TSE”, afirmou.
A Rede no Estado do Maranhão:
No Maranhão a Rede Sustentabilidade conseguiu 46 mil assinaturas e antes mesmo de ser formalizada, já possui filiados em 41 municípios. Como está sem porta-voz no estado, nos próximos dias deve ser realizado um encontro para escolher um homem e uma mulher a falar pelo partido. A previsão é que o TSE julgue o processo de registro da Rede até o dia 28 de agosto de 2015.
Existe a expectativa que a Deputada Federal Eliziane Gama e o Deputado Estadual Wellington do Curso (PPS), ambos do Movimento Rede consigam impor algum controle sobre o partido no estado, por conta da proximidade com a ex-senadora Marina Silva (PSB), idealizadora do partido.
Caso não seja aprovada a “janela de migrações”, a criação da Rede Sustentabilidade pode ser a rota alternativa para quem deseja trocar de partido sem ferir a regra de fidelidade partidária.

A Rede em Codó:

Em Codó, O Secretário Municipal de Cultura e Igualdade Racial, Augusto Serra (sem partido), porem já filiado ao Movimento Rede Sustentabilidade, aguarda ansioso pelo resultado de criação do partido. Ele é um dos nomes cotados para liderar o novo partido no município, ampliando assim a sua força política.

“Depois que a Rede conseguir o registro no TSE, iniciaremos uma campanha de filiação da nossa militância, dos pré-filiados e também de figuras públicas simpatizantes das propostas da Rede da Sustentabilidade. Promoveremos um mutirão de Filiação no primeiro fim de semana após o registro da Rede, pois sabemos que o prazo limite para quem for concorrer nas eleições municipais de 2016 é até 1º de outubro” disse Augusto Serra cheio de expectativa.

ASCOM/REDE CODÓ

ENTENDA: ADVOGADO DA “PREFEITA OSTENTAÇÃO” QUER COLOCAR CHIFRE EM CABEÇA DE JUMENTO

carlos-sergio

Advogado Carlos Sergio

O advogado Carlos Sérgio de Carvalho Barros que assumiu a defesa da prefeita foragida de Bom Jardim, Lidiane Rocha (PRB), usou os argumentos mais estapafúrdio possível para justificar o sumiço da sua cliente.
Alega que a “prefeita ostentação” fugiu em uma situação de desespero, após tomar conhecimento da decretação de sua prisão pela Justiça Federal, no dia 6 de agosto, após pedido da Polícia Federal, que investiga denúncias de corrupção na cidade no bojo da Operação Éden.
“A fuga dela não foi uma coisa premeditada. Ela não fugiu premeditadamente. Ela fugiu numa situação de desespero. Uma pessoa que se vê uma situação dessa, ainda mais uma pessoa tão jovem, acaba se escondendo, até que as coisas possam ficar mais claras para ela(…)”, defendeu Carlos Sérgio.
Para completar a busca por chifre pra cabeça de jumento, o advogado disse, que apesar de não estar em Pedrinhas, Lidiane Rocha deve estar se sentindo presa. Alegou ainda que deve protocolar nesta terça-feira (25), um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Alguém precisa informar ao desavisado advogado, que presos mesmo estão os moradores de Bom Jardim, carentes de execução de políticas públicas e cansados de tanta roubalheira praticada com uma quadrilha de dilapidadores de recursos públicos liderada pela sua cliente, que não demora para ser presa.
Para completar as pérolas de Carlos Sergio de Carvalho Barros, na defesa da prefeita procurada, ele disse que no seu entendimento a medida de prisão não é necessária, e por fim, ainda teve a audácia de afirmar: “Ela não está em nenhuma situação boa. Ela não está presa em Pedrinhas, mas onde ela estiver, ele deve estar se sentindo presa”, debochou.

Fonte: Domingos Costa