PROF. MILAGRES PEREIRA CONCEDE ENTREVISTA, FALA SOBRE O PAPEL DA MULHER NA POLÍTICA E DE SUA PRÉ-CANDIDATURA AO PARLAMENTO CODOENSE

IMG-20151130-WA0017

Professora sendo entrevista pelo Radialista Waldecir

Na manhã desta segunda-feira (30) a professora codoense Milagres Pereira concedeu entrevista no programa Conexão Notícias, da Rádio Mirante, apresentado pelo comunicador Valdeci Povão. No programa, a professora falou sobre o panorama político codoense, bem como a posição da mulher na vida pública. A educadora também falou sobre a sua pré-candidatura ao parlamento codoense.

Eleições 2016

Como diz o próprio Valdeci Povão, o “bate papo” com a educadora foi bem descontraído e interessante, incluindo a participação popular pelo telefone. Milagres iniciou falando sobre o lançamento de seu nome como pré-candidata a vereadora nas eleições do ano que vem. Formada em Pedagogia pela UFMA, Maria dos Milagres Pereira é professora e atua como supervisora em quatro unidades de ensino infantil da rede pública municipal de educação. Filiada ao PTN, ela diz estar pronta a concorrer ao parlamento.

“Tenho certeza que dei minha contribuição para a educação de minha cidade, atuando como educadora em sala de aula e fora dela, na supervisão de escolas. Hoje me sinto bem preparada para levar minhas ideias e ideais a nossa Câmara Municipal, pois já trabalho com política há dez anos e sei dos anseios de nossas comunidades. Uma ideia e o incentivo do vereador Leonel Filho e do próprio prefeito de Codó. Tanto o vereador Leonel, quanto o prefeito Zito, que são meus amigos, me incentivaram e me motivaram muito e lançar meu nome e encarar este novo desafio”.
Milagres também comentou que deseja uma cadeira no parlamento para contribuir com novos projetos, indicações e requerimentos e ainda ajudar a assegurar os avanços que já foram feitos no governo Zito Rolim. “Muito foi feito pela gestão do atual prefeito, mas precisamos assegurar que essas conquistas sejam mantidas. Que a câmara tenha vereadores atuantes e que fiscalizem o que a administração fará pela educação de nossa cidade. Temos que garantir a continuação e a sequência entre um governo que sai e o novo que virá, pois isso facilita a efetivação dos projetos”, explicou.

Representação feminina na política codoense

Outras bandeiras levantadas pela professora são as causas pelos direitos das mulheres, bem como sua posição na sociedade, no mercado de trabalho e a luta contra a violência. Na opinião de Milagres, ainda é muito insuficiente o espaço feminino na política nacional, estadual e também no município de Codó. “Ainda é pouca a representatividade feminina. E precisamos de uma politica de defesa dos direitos da mulher. Hoje, possuímos apenas uma representante do gênero em nosso parlamento, mas teremos a chance de aumentar esse número em 2016, quando teremos 17 vagas. As mulheres precisam ocupar seu espaço na vida pública em nosso município”.
Dentre as bandeiras levantadas por Milagres Pereira estarão o direito a maior representatividade da mulher na vida politica, qualificação técnica e profissional para mulheres e sua inclusão no mercado de trabalho e o combate a violência contra mulher. Temas que serão abordados em próximas entrevistas.

Ascom

PREFEITO DE CODÓ ZITO ROLIM ASSINA CONVÊNIO QUE FIRMA PARCERIA PARA INSTALAÇÃO DO VIVA CIDADÃO NO MUNICÍPIO

IMG-20151130-WA0013

Convênio

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), e a Prefeitura de Codó, assinaram na tarde da última quinta-feira (26) convênio com as diretrizes para a instalação de uma nova unidade do Viva Cidadão no município.A assinatura foi realizada na sede administrativa do órgão, no bairro João Paulo, em São Luís.O documento foi assinado pela diretora geral do Viva Cidadão, Mari-Silva Maia, e pelo prefeito de Codó, Zito Rolim.
A criação da nova unidade no município ampliará a ofertas de serviços públicos no território maranhense, garantindo o acesso à documentação básica e outros serviços essenciais à cidadania da população.
“Ao longo deste primeiro ano da gestão, realizamos diversos atendimentos em Codó, por meio das Unidades de Atendimento Móveis do Viva Cidadão. Percebemos que o município tem uma demanda significativa. Por isso, em parceria com a prefeitura, elaboramos o projeto de instalação de uma unidade de médio porte para atender não só a população local, como também dos municípios no entorno e comunidades quilombolas da região.”, explicou a diretora do Viva Cidadão, Mari-Silva Maia.

IMG-20151130-WA0014

Convênio

Em Codó, a unidade de atendimento terá localização estratégica, na região central do município, para oferta de serviços diversos. Entre eles a emissão da Carteira de Identidade (RG) e da Carteira de Trabalho (CTPS); inscrição e consulta do Cadastro de Pessoa Física (CPF); Alistamento Militar; e Balcão do Cidadão, que inclui emissão de boletim de ocorrência, consultas (NIT, PIS/PASEP, bolsa família), inscrições em concursos e outros serviços online.
Para o prefeito Zito Rolim, a unidade, com instalação prevista para o primeiro semestre de 2016, vai colocar a população cada vez mais próxima de seus direitos. “Já há algum tempo pleiteávamos a instalação do Viva Cidadão em Codó e agora estamos dando o primeiro passo para a concretização desse anseio da população e da gestão municipal.”, afirmou.
Com esta nova unidade, o Viva Cidadão estará presente em 16 municípios maranhenses, além da capital São Luís. Também está em andamento, a instalação de uma unidade do Viva Cidadão no município de Barra do Corda.O projeto de reestruturação do órgão inclui ainda a modernização das unidades já existentes e a ampliação de serviços por meio de novas parcerias.

Secom / por Danielle Moreira

BINÉ FIGUEIREDO É CONDENADO MAIS UMA VEZ POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

U

Biné Figueiredo

O juiz titular da 1ª Vara da Comarca Codó, Rogério PeleriniTognon Rondon, julgou a Ação Civil Pública por atos de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Estadual contra Benedito Francisco da Silveira Figueiredo, o ex-prefeito Biné Figueiredo, Eliane Costa Carneiro Figueiredo, Eudix Tereza Carneiro da Silva, Flora Maria Oliveira Reis e Fundação Projeto Comunitário Alimentar, condenando o ex-prefeito de Codó.
Naquela oportunidade, a promotora de justiça, Linda Luz Matos Carvalho, após investigação, fez a denúncia por entender que o ex-prefeito de Codó, Biné Figueiredo, a ex-primeira dama e integrantes da família teriam praticado atos de improbidade, consistentes no desvio de medicamentos, carteiras escolares e merenda escolar pertencentes ao município de Codó/MA, fatos ocorridos no ano de 2008 e que vieram à tona no mês de maio de ano de 2009 com a apreensão de um caminhão baú da empresa Líder Agropecuária LTDA. pertencente ao grupo Figueiredo.
Após aquela condenação, o ex-prefeito Biné Figueiredo sofreu outro duro golpe e voltou a ser condenado pelo mesmo crime. Desta vez a condenação foi do juiz titular da 3ª Vara da Comarca de Codó, Ailton Gutemberg Carvalho Lima.
Na nova decisão, Biné Figueiredo foi condenado em três anos e três meses de reclusão, a ser cumprida em regime aberto, nos termos do art. 33, § 2º, “c”, do Código Penal. Considerando-se que a pena imposta em definitivo não ultrapassa quatro anos, não tendo sido o crime cometido mediante violência ou grave ameaça à pessoa, o acusado pode ter sua pena substituída por uma pena restritiva de direitos e multa ou por duas restritivas de direito, nos termos do art. 44, § 2º, segunda parte, do Código Penal.
Por conta disto, o magistrado substitui a pena privativa de liberdade aplicada ao réu Biné Figueiredo por duas penas restritivas de direitos. As penas restritivas de direitos consistirão em limitação de fim de semana e em prestação de serviços à comunidade, na razão de uma hora de trabalho por dia de condenação, não lhe sendo possível cumpri-la em prazo inferior à metade do fixado para a pena privativa de liberdade substituída. O lugar, a forma e as condições de cumprimento haverão de ser definidas pelo Juízo das Execuções Penais.
E assim segue complicada a situação de Biné Figueiredo que, por incrível que pareça, sonha em voltar a comandar a Prefeitura Municipal de Codó.

Por: Jorge Aragão

“DEVIRIAM PEGAR O DICIONÁRIO PARA SABER O QUE É SER COMUNISTA”,DIZ PREFEITA DE LAGO DA PEDRA DURANTE VISITA DE FLÁVIO DINO

MJ

Maura Jorge, prefeita de Lago da Pedra

Clima tenso marcou a visita do governador Flávio Dino neste sábado (28) ao município de Lago da Pedra após a prefeita Maura Jorge ser impedida de discursar no palanque oficial. Ao ver que não teria o direito de discursar para a população que governa a prefeita Maura Jorge começou a reclamar da situação de constrangimento que lhe causaram e mesmo após várias tentativas do vice-governador Carlos Brandão e do secretário de Desenvolvimento, Neto Evangelista de contornar a situação, ela se retirou do palanque montado pelo governo do estado.

Inconformada, a prefeita Maura Jorge, que estava no palco ao lado do governador, acionou através de aliados político um trio elétrico e lá por alguns minutos resolveu fazer um discurso de desabafo pedindo inclusive que Flávio Dino não perseguisse seu município. O evento teve boa parte marcada por vaias do público presente dificultando que o governador Flávio Dino concluísse seu discurso.

Confira abaixo, ou no Blog do Carlinhos os vídeos que mostram toda a celeuma da visita do comunista Flávio Dino a Lago da Pedra.

Fonte: Blog do Ludwig via Blog do Carlinhos

HOMEM É ASSASSINADO EM TERREIRO DE “MACUMBA” EM CODÓ

IMG-20151130-WA0032

Vítima

Um homem, identificado por Erisnaldo Sousa, de 38 anos, foi executado a tiros na noite deste domingo em Codó. O crime aconteceu na Rua Paraguai, bairro São Francisco. A vítima estava em um salão de macumba e foi surpreendido por dois homens que também estavam no mesmo local. A vítima era conhecida por “borracha” e já tinha varias passagens pela polícia de Codó, por homicídio.