VIXE MARIA: GRAMPO DE ESPOSA DE LULINHA REVELA SUPOSTA TRAIÇÃO

https://www.youtube.com/watch?time_continue=43&v=tonm1Ko8xRE

Um grampo captado pela Polícia Federal no dia 27 de fevereiro deste ano, flagrou uma curiosa conversa entre Kalil Bittar e Renata, nora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, esposa de Fabio, o Lulinha, outrora conhecido como ‘o Ronaldinho dos negócios’.

Kalil é irmão de Fernando Bittar, o proprietário ‘de direito’ do famoso sítio Santa Barbara, em Atibaia.

Na conversa entre a dupla, baixaria, palavras de baixo calão, ironias e frases que sugerem uma intima entre os dois.

Num determinado momento, Renata pede a Kalil que vá ao encontro dela em São Bernardo, e ele responde, ‘quem você quer: o amigo ou o canalha’.

Na sequência os dois prosseguem com uma conversa com diversas demonstrações de intimidade, tripudiam sobre dona Marisa Letícia, brincam e dão muitas risadas.

O fato intrigante é que no animado bate-papo do casal, fica claro que o tal sítio de Atibaia realmente pertence ao ex-presidente e que existe ainda um outro sítio, que Renata chama de ‘oficial’.

(Da Folha Nobre).

GOVERNADOR FLÁVIO DINO É DESTAQUE NACIONAL COM FALA CONTRA O USO POLÍTICO DO JUDICIÁRIO

22mar2016-encontro-com-juristas-pela-legalidade-e-em-defesa-da-democracia-em-brasilia_RobertoStuckertFilho

Autoridades

Um ato no Palácio do Planalto, em Brasília, marcou a entrega de documentos de apoio de juristas à presidenta Dilma, após uma conversa dela ter sido grampeada e divulgada pelo juiz Sérgio Moro. Organizações como a Juízes pela Democracia e Rede Nacional de Advogados Populares (Renap) entregaram cartas criticando o que chamam de excessos da Operação Lava Jato, reduzindo a garantia de direitos de defesa dos acusados.

 Advogado, ex-juiz federal e ex-presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), o governador do Maranhão, Flávio Dino, foi o primeiro a falar no Ato dos Juristas pela Legalidade e em Defesa da Democracia. Teve o discurso interrompido várias vezes pela platéia de mais de 100 operadores do direito que lotaram o auditório principal do Palácio do Planalto, nesta terça (22/mar).

 Dino ressaltou que o uso das acusações de corrupção na disputa política não é novidade no Brasil. Tanto as críticas ao governo Getúlio Vargas – que culminou em suicídio – quanto o fim do governo Juscelino Kubstcheck foram marcados pelo uso político das denúncias. “O resultado disso nós sabemos. Se elege depois de Juscelino o Jânio Quadros, com sua vassourinha supostamente redentora. E todos nós sabemos a longa noite da ditadura que seguiu a crise institucional daqueles anos”, recordou.

 Para o governador, esta é, portanto, uma estratégia perene na luta política brasileira, que obedece a um objetivo principal: esconder os verdadeiros problemas nacionais. “A maior corrupção que pode existir em uma sociedade é a desigualdade, é a injustiça social. E, por isso, aqueles que pretendem situar a corrupção apenas no Estado, que deve ser combatida, na verdade, pretendem proteger os seus privilégios de classe, de casta”, denunciou.

 De acordo com ele, é 1% da população que usa, há várias décadas, esta estratégia para proteger seus interesses. “O que se segue a isto é o que estamos assistindo: o crescimento dramático de posições de corte fascista em nosso país, representadas pela violência, por grupos inorgânicos sem líderes, em busca de um ‘duce’, um ‘füher’, um protetor. Ontem, as Forças Armadas. Hoje, a toga supostamente imparcial e democrática”, denunciou.

 O ex-presidente da Ajufe reconheceu o trabalho dos juízes brasileiros, mas ressaltou que, em um momento como este, é preciso bem mais que conhecimento técnico. “O mundo é bem mais que os autos”, ressaltou. A interpretação simplista e casuística das leis tem gerado “esse discurso de corte fascista”, afirma Dino, embasando decisões judiciais inconstitucionais e ilegais. É o caso, para ele, dos grampos da presidenta, irregulares perante a Lei 9.269/96, que determina que áudios que não tenham relação com o tema investigado devem ser destruídos.

 Impeachment sem motivo é golpe

 Flávio Dino afirmou que o processo de impeachment contra a presidenta Dilma segue a mesma linha de atropelar princípios constitucionais. O governador defendeu que não há base jurídica para o impedimento da presidenta Dilma, já que a única acusação que, de fato, consta no pedido, “as chamadas ‘pedaladas fiscais’, não constituem crime. “Eu também quero novas eleições. Mas em 2018”, provocou.

 O governador propôs um combate sem tréguas aos abusos judiciais que, segundo ele, mesmo sendo minoritários, colocam em xeque todo o judiciário. “O Poder Judiciário não pode mandar carta para passeata. Não cabe ao poder judiciário fazer esse tipo de coisa. (…) Não usem a toga para fazer política, porque isso acaba por destruir o poder judiciário”, cobrou.

VARGEM GRANDE E PRESIDENTE VARGAS TEM CASOS DE MICROCEFALIA CONFIRMADOS PELA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

20160127092249101485u

Imagem meramente ilustrativa

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informa que até esta segunda-feira (21), no Maranhão, de acordo com o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc), o total de casos notificados de microcefalia de 2015 a 2016 é de 230.

Destes, 31 casos de microcefalia foram descartados e 53 casos foram confirmados. Sob investigação estão 146 casos no Maranhão em 79 municípios. Ocorreram cinco óbitos que estão em investigação: São José de Ribamar (1) em dezembro de 2015; Pedreiras (1) em fevereiro de 2016; São Luís (1), Tutóia (1) e Serrano do Maranhão (1) em março de 2016.

Os municípios com casos confirmados são: Anapurus (1), Apicum-Açu (1), Axixá (1), Barra do Corda (2), Chapadinha (1), Coelho Neto (1), Colinas (1), Coroatá (1), Dom Pedro (1), Fortaleza dos Nogueiras (1), Grajaú (2), Lagoa Grande do Maranhão (1), Mata Roma (2), Miranda do Norte (1), Paço do Lumiar (4), Paraibano (1), Pindaré-Mirim (1), Presidente Dutra (2), Presidente Vargas (1), Santo Antônio dos Lopes (1), São Domingos do Azeitão (1), São José de Ribamar (1), São Luís (15), Timon (5), Trizidela do Vale (1), Urbano Santos (1) e Vargem Grande (2).

Como o leitor pode observar, a cidade Vargem Grande tem dois casos de microcefalia confirmados pela Secretaria de Estado de Saúde. Em contato com Charles Marinho, secretário municipal de saúde, ele informou ao Blog que os casos estão sendo acompanhados de perto.

Fonte: Alpanir Mesquita

GESTORES TEM ATÉ O DIA 4 DE ABRIL PARA ENTREGAR PRESTAÇÃO DE CONTAS

tce

TCE-MA

O presidente do TCE, conselheiro Jorge Pavão, recebeu nesta terça (20/03) dos diretores da Assembleia Legislativa, Carlos Alberto (diretor-geral) e Abimael Cutrim (financeiro), a prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2015 daquela poder. Até agora, somente 18 prefeituras, 24 Câmaras de Vereadores e sete gestores de órgãos da administração indiretas já entregam as documentações exigidas constitucionalmente.

O secretário de administração da corte de contas, Raimundo Henrique Erre, alerta os gestores para o prazo final de entrega, dia 4 de abril. Nesse sentido, o TCE/MA definiu que o regime de recebimento das prestações de contas do exercício financeiro de 2015 nos dois últimos dias de entrega, 1° e 4 de abril., será realizado excepcionalmente das 8 às 18 horas. Nesses dias, as Supervisões de Protocolo (SUPRO 1 e SUPRO 2) ficarão exclusivamente voltadas ao recebimento e à autuação de documentos relativos à prestação de contas do exercício financeiro de 2015.

Por sua vez, a coordenadora de tramitação processual, Mônica Rocha, informa que as medidas foram adotadas com a intenção de possibilitar aos responsáveis pela entrega das prestações de contas maior conveniência, uma vez que toda a estrutura necessária ao recebimento da documentação está em pleno funcionamento e todo o pessoal envolvido no processo recebeu as orientações para ao desenvolvimento das atividades.

O primeiro passo da entrega das prestações de contas acontece na Supervisão de Protocolo do TCE. Nesse setor, uma equipe realiza a verificação dos aspectos formais pertinentes ao ato de entregar as contas ao tribunal. Terminada esta fase, a documentação é imediatamente encaminhada para a Unidade Técnica. Na Unidade Técnica será verificada pelos auditores estaduais de controle externo que atuam no setor se a composição da documentação que está sendo entregue atende às normas estabelecidas pelo TCE. Cada instância da administração pública obedece a uma composição específica em termos de documentação para fins de prestação de contas.

Após essa etapa, a prestação de contas é recebida e enviada imediatamente via sistema para o setor responsável pelos procedimentos de análise.

Além do cumprimento do prazo de entrega, uma recomendação importante aos gestores é que procurem verificar se o seu cadastro junto ao TCE está atualizado. Somente gestores cujo cadastro esteja com todas as informações atualizadas poderão entregas suas contas ao órgão.

Fonte: Neto Ferreira

(SÓ NA LÁBIA) ATENÇÃO PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO PELO PC do B: NÃO SE ENCOSTEM EM FLÁVIO DINO

dino2-1

Flávio Dino

O governador Flávio Dino está alcançando uma das piores façanhas que um político é capaz de alcançar: os pré-candidatos a prefeito pelo PC do B, espalhados por este Maranhão a fora, estão comendo o pão que o diabo amassou. Tudo seria pela falta de compromisso do governador com seus aliados das “antigas”, que não estão recebendo apoio algum de Flávio Dino. O governador parece que se esconde quando aparece algum aliado seu lá pelas bandas do Palácio dos Leões. Nesse caso parece que o governador virou as costas para seus verdadeiros amigos e aliados. Mas ainda há tempo para que essa situação possa ser resolvida. Afinal, um governo se faz com aqueles que nos elegem, e também com aqueles que não nos elegeram. Mas parece que Flávio Dino está esquecendo aqueles verdadeiros amigos que andaram no sol e na chuva, como ele mesmo disse recentemente em um evento em Paço do Lumiar.

MAS QUE ABANDONO É ESSE?

O abandono do governador Flávio Dino com seus aliados é justamente a falta de condições que o governo não tem dado para seus pré-candidatos a prefeito. Com essa ausência do governo nas cidades do interior e falta de estrutura para com os pré-candidatos, a coisa fica sem rumo. Os pré-candidatos ficam sem saber que rumo seguir, e com isso, além de Flávio Dino queimar seu próprio governo, queima também seus pré-candidatos a prefeito, se é que eles têm importância para o governador.

CAXIAS E TUNTUM GANHAM TUDO. JÁ CODÓ E OUTROS MUNICÍPIOS FICAM NA MISÉRIA.

A cidade de Tuntum está banhada com obras do Governo do Estado. Isso é ótimo. Mas seria bom que o governo olhasse com bons olhos também para outros municípios. Em Presidente Dutra, por exemplo, a oposição está mais perdida do que cego em tiroteio. O governador nunca fez uma graça para melhorar as condições de seus pré-candidatos a prefeito. Enquanto isso Tuntum, que fica há 15 km de Presidente Dutra, está ganhando tudo.

Caxias também é um exemplo de obras do governo Flávio Dino. Na ‘princesa do sertão’ as coisas estão andando de vento em poupa. Em Codó, que o vereador Pedro Belo ficou de pele queimada andando no sol pedindo voto para o governador, às coisas estão mais paradas do que água de cacimba. Então os pré-candidatos do PC do B estão mais do que na hora de chamar o governador na grande e exigir dele um apoio, caso contrário é melhor todos esquecerem essa história de querer ser prefeito confiando em Flávio Dino, que só tem levado a maioria de seus aliados na lábia. E bote lábia nisso.