ERA SÓ O QUE FALTAVA: VEREADORES LEONEL FILHO, MARIA PAZ, GRACINALDO E MAX TONE SE RETIRAM DA AGRITEC PORQUE NÃO FORAM CHAMADOS PARA DISCURSAR

images

Vereador Max

Tem político que acha que, só porque é político, todos devem estar os babando e bajulando, e quando não são tratados com exclusividade em determinados locais ficam chateados.Foi o que aconteceu na manhã desta quinta-feira em Codó, na abertura da AGRITEC. Os vereadores Leonel Filho, Maria Paz, Gracinaldo e Max Tony foram chamados para ficarem no palanque com as demais autoridades. Quando os nomes deles foram pronunciados e que eles deveriam subir ao palanque, alguns não ouviram e depois foram até reclamar com a assessoria, foi o caso da vereadora Maria Paz. Outros deram uma de “João sem braço” e fingiram que não ouviram. Na verdade eles queriam mesmo era discursar e mostrar ao povo que ali estavam, e que eles eram vereadores e tudo mais.

SERÁ QUE QUERIAM TIRAR O BRILHO DOS SECRETÁRIOS DO GOVERNADOR?

Ou eles fingiram que não ouviram quando foram chamados, ou estavam querendo conquistar algum voto no parque Walter Zaidan. Na verdade, pelo visto eles queriam mesmo era ganhar mais brilho, mostrar que estavam lá, tirar fotos, falar em nome de fulano, em nome de sicrano. Bom, caros leitores, quando chega período eleitoral tem político que pensa que o povo é idiota. LAMENTÁVEL.

DESORGANIZAÇÃO DA AGRITEC ESTÁ DE FAZER VERGONHA: VEJA AQUI NO BLOG A RELAÇÃO DE ALGUMAS GAFES

20160428_092845

Agritec

Os organizadores da AGRITEC, ou seja, o Governo da Mudança de Flávio Dino parece que não conhece mais os aliados, ou então os assessores do governador não conhecem as autoridades municipais. Ontem foi de fazer vergonha, quando o mestre de cerimônia foi chamar as autoridades para usar da palavra. Lógico que a culpa não foi dele e sim da organização, inclusive esqueceram que o vereador Pedro Belo é de Codó e o colocaram como se fosse vereador de Caxias, NOTA ZERO PARA A ORGANIZAÇÃO.

SEGUNDA GAFE

Nem mesmo água para os convidados tinha para ser servida, quem quisesse molhar a garganta tinha que sair a procura de água nos quatro cantos do parque de exposição, ao contrário ficaria com sede. NOTA ZERO PARA A ORGANIZAÇÃO

TERCEIRA GAFE

O secretário de meio ambiente do Governo do Estado, Marcelo Coelho, não usou da palavra. Os organizadores esqueceram que o secretário é codoense e é secretário de estado, mas nem mesmo foi motivo de atenção por parte da organização. Um exemplo de que o governo Flávio Dino trata seus aliados como terceira opção. NOTA ZERO PARA ORGANIZAÇÃO

QUARTA GAFE

Demorou demais a iniciar o evento. Parece que mais uma vez as autoridades tratam o povo como descartável. Muitos stands ainda estavam sendo montados quando o evento já estava começando. A falta de organização da AGRITEC está de fazer vergonha e isso já está na boca do povo, pela tamanha falta de preparo.

QUINTA GAFE

Ainda bem que o governador não veio. Caso tivesse vindo teria passado vergonha e olhe lá se não tivesse levado uma vaia. A assessoria do governador parece que não conhece os municípios e muito menos as autoridades municipais, foi o que demonstrou perante a organização do evento, a começar pelo texto que estava escrito para o mestre cerimônia, com tudo escrito errado e sem pontuação. NOTA ZERO PARA ORGANIZAÇÃO

JUSTIÇA MANTÉM SUSPENSAS LEIS QUE AUTORIZAVAM CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EM COROATÁ

m_28042016_0945

Justiça

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), em sessão plenária jurisdicional desta quarta-feira (27), manteve medida liminar que suspendeu a eficácia de três leis do Município de Coroatá, todas do ano de 2013. As normas admitiam a contratação temporária de servidores, inclusive professores, sem a necessidade de concurso público.

A liminar havia sido deferida, em sessão anterior, a pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), que ajuizou ação direta de inconstitucionalidade contra o presidente da Câmara de Vereadores e o prefeito do município, pleiteando a impugnação das leis.

O MPMA argumentou que as normas distribuem diversos cargos a serem preenchidos diretamente, sem concurso público, somente por meio de processo seletivo simplificado e mediante prévia autorização do gestor municipal e da Secretaria de Educação Municipal, na escolha de seus ocupantes.
O órgão afirmou que as leis não atendem aos requisitos constitucionais, na medida em que autorizam a contratação, sem especificar as hipóteses de excepcionalidade.

À época, o município alegou necessidade de dar continuidade aos serviços essenciais, até que fosse levantada a real situação administrativa e, assim, fosse realizado concurso público.

Na sessão desta quarta (27), o desembargador Guerreiro Júnior (relator) considerou tempestivo o recurso do Município de Coroatá, mas manteve a medida liminar por ele deferida anteriormente.

O desembargador falou das possibilidades de excepcionalidade em que a Constituição do Estado admite a contratação temporária, citando entendimentos do Supremo Tribunal Federal (STF), que apresentam requisitos a serem atendidos para a modalidade.

Na decisão anterior, Guerreiro Júnior já havia constatado que não foram observados os requisitos legais, na medida em que as leis municipais estabeleceram como necessidade excepcional de interesse público, situações que não apresentam qualquer urgência, suficientes para dispensar o concurso público.

O magistrado destacou que os serviços, na área da educação, são típicos de servidores de carreira, não de pessoal temporário. O Pleno do TJMA concordou com o voto do relator.

Fonte: Coroatá Online

WALDIR MARANHÃO ESTÁ PERDIDO E QUER VOLTAR A PRESIDÊNCIA DO PP MAS JUSTIÇA NEGA

Waldir-Maranhão-1

Waldir

Na manhã de segunda-feira (28), foi expedido o indeferimento do pedido de liminar feito deputado federal Waldir Maranhão.

O pedido objetivava declarar a nulidade da Resolução nº 10/2016 da Comissão Executiva do Diretório Nacional do Partido Progressista que dissolveu a Comissão Executiva Regional.

Como resultado, o antes presidente do Diretório Estadual do Partido Progressista, Waldir Maranhão, continua afastado, por decisão judicial, da presidência do PP, o que torna ainda mais legítima a condução da atual Direção dos Deputados André Fufuca e Wellington do Curso.

IMG-20160428-WA0044-768x488

documento

Fonte: Neto Ferreira

 

 

 

MORADOR FAZ VÍDEO MOSTRANDO TRANSTORNO COM FOSSA DO HOSPITAL MACRORREGIONAL DE COROATÁ

Várias famílias que moram próximas ao Hospital Macrorregional de Coroatá se uniram e fizeram um abaixo-assinado para ser encaminhado à promotoria de Coroatá. Eles cobram uma solução para os transtornos causados pelas fossas daquela unidade de saúde.

Quase que diariamente eles são obrigados a conviverem com o mau cheiro vindo das fossas. Os dejetos chegam a escorrer pelo esgoto, o que não pode acontecer.

Um dos moradores resolveu gravar um vídeo mostrando o problema, que segundo ele, “está insuportável”. Confira:

Fonte: Coroatá Online

FALTA DE COMPROMISSO: EM TIMBIRAS, ALUNOS ESTÃO SEM IR A ESCOLA POR FALTA DE ÁGUA PARA BEBER

anigiffaustina

Falta de compromisso

Por falta de água para beber, alunos da escola Faustina Sousa Araújo, localizada às margens do rio Itapecuru em Timbiras, estão sem estudar há vários dias. A causa da falta d’água na unidade acontece apenas por conta de um bebedouro com problemas e que não está funcionando de forma a atender a demanda.

Esta unidade escolar leva o nome da mãe do Sr. Francisco de Sousa Araújo, pai do atual prefeito Fabrízio Araújo. Nela, estudam dezenas de alunos, que estão sendo prejudicados com a situação, e isso está causando revolta nos estudantes e em seus pais, além de indignação nas pessoas que têm conhecimento do problema.

Prejuízos

Nos últimos dias, vários alunos têm se dirigido à escola, na esperança de a situação já ter sido resolvida, mas se deparam com os portões fechados. Essa situação acontece no turno vespertino, mas de acordo com pais de aluno, o turno Matutino, nos últimos dias, só funciona metade do período exigido por lei, pois quando o problema não é falta d’água, é falta de merenda.

A administração foi questionada sobre quando a falta d’água para o consumo dos alunos seria resolvida, mas a informação obtida foi de que não há prazo para normalização das aulas e que a secretaria de educação está tomando providências.

Enquanto isso, dezenas de alunos estão sendo prejudicados fora das salas de aula e não sabem quando a rotina de estudos será normalizada. José Oliveira (nome fictício), pai de aluno, contou que essa situação vem acontecendo há vários dias, sem que nenhuma providência até o momento tenha sido tomada para a resolução do caso.

Fonte: Site Oitimba

PROFESSOR LUDENDORF PRETENDE BUSCAR SUA PRÉ-CANDIDATURA A PREFEITO DE CODÓ JUNTO AO PSB

IMG-20160427-WA0154

Ludendorf Brandão

Esta semana o Blog do de Sá esteve em conversa com o renomado professor Ludendorf Brandão, da cidade de Codó, que pretende buscar sua candidatura a prefeito do município. Atualmente o PSB de Codó tem como presidente da executiva municipal o secretário estadual de Meio Ambiente Marcelo Coelho. Ludendorf Brandão já foi candidato a deputado estadual pelo PCB e é um dos homens sérios e honrados da cidade, além de ser de uma família tradicional e conhecidíssima no município.

O PORQUÊ DA PRÉ-CANDIDATURA DE LUDENDORF

Professor Ludendorf Brandão é um conhecedor das causas que afetam o município de Codó e por isso deseja lançar sua pré-candidatura, para fazer seu jeito simples e sério de fazer política. Além disso, é um homem que enfrenta os poderosos e mostra que tudo é capaz de fazer quando a política é levada a sério Tenho um passado limpo e um presente de muita força de vontade e esperança, mas quero dizer aos codoenses que nunca usei os governos que ajudei para tirar benefício próprio. Sou pobre como milhares de codoenses, mas costumo agir com ética e sobretudo com respeito ao nosso povo finalizou professor Ludendorf Brandão em conversa com o Blog do de Sá falando de sua trajetória de vida.

POR MEIO DO EMPRESÁRIO JOÃO DOS PLÁSTICOS, CDL DE CODÓ REALIZA PALESTRA SOBRE “SUPERAR A CRISE”

FFF

Participantes

Na noite de terça-feira (26) foi realizada na sede da CDL de Codó uma palestra com o palestrante Edson Pereira dos Santos Filho, sobre a crise que esta afetando o comércio brasileiro e também o município de Codó. Participaram da palestra empresários e comerciários. Nós estamos tentando e buscando formas para sairmos dessa crise, pois sabemos que é por meio da crise que podemos ter um gás a mais para melhorarmos nossas empresas. Isso é algo que não é fácil, mas com muito esforço o país vai sair dessa crise e vamos dar a volta por cima. Trouxemos esse palestrante para Codó para dar uma guinada em nossos amigos do comércio disse o empresário João dos plásticos, presidente da CDL de Codó.

O QUE FOI FALADO NA PALESTRA.

Durante sua palestra, Edson Pereira dos Santos Filho falou sobre a crise no geral e mostrou alguns meios para os comerciantes presentes de como fazer para sair dela sem afetar muito o comércio.Assuntos como estratégia de negócios,boas equipes de venda,experiência e vivencia organizacional e muitos assuntos foram abordados.