AUTORIDADES ESTADUAIS FINGEM NÃO VER GRANDE CRATERA ENTRE TIMBIRAS E COROATÁ

U

Cratera

Uma cratera está exposta há mais de um ano na entrada da cidade de Coroatá-MA e parece que o problema e o risco de acidente no local não tem preocupado as autoridades. Como todos sabem, a recuperação da MA 026 é de inteira responsabilidade do governo estadual, mas o problema existe há mais de um ano, quando denunciamos aqui no Blog, noticiamos as condições da MA 026, no trecho que vai do Km 17 a Coroatá.

Parece que enquanto não acontecer uma tragédia, o problema não será resolvido, em meados de junho do ano passado, a empresa que realizou a recuperação de todo o percurso fez vistas grossas para a cratera que já invadiu cerca de um metro e dez centímetros da margem da estrada e a profundidade da cratera já ultrapassa os dois metros.

Fonte: Blog do Bezerra

GOVERNO FLÁVIO DINO CAPACITA TÉCNICOS PARA REALIZAR CADASTRO AMBIENTAL RURAL

fff

Treinamento

Vinte e um técnicos do Mais IDH das regionais de Caxias, Aldeias Altas, Afonso Cunha e São João do Sóter, técnicos da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e do Instituto de Colonização de Terras do Maranhão (Iterma) foram certificados para executar o Cadastro Ambiental Rural (CAR), e beneficiar agricultores familiares, comunidades e povos tradicionais. O evento aconteceu no sábado (9).

O CAR é uma ferramenta utilizada para auxiliar o processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais. O curso tem o objetivo de formar facilitadores para que imóveis rurais sejam inscritos no CAR dando início às ações do fomento do projeto “Sustentabilidade no Campo para a Agricultura Familiar do Maranhão”.

A capacitação teve duração de quatro dias, divididos em aulas teóricas e práticas. Como forma de treinamento e realização do cadastro, as aulas práticas foram realizadas em áreas quilombolas e assentamentos estaduais.

Segundo David Gonçalves, que ministrou o curso, o trabalho possibilita que os técnicos capacitados façam o levantamento de informações georreferenciadas do imóvel, com delimitação das Áreas de Proteção Permanente (APP), Reserva Legal (RL), remanescentes de vegetação nativa, área rural consolidada, área de interesse social e de utilidade pública.

Segundo o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, o objetivo do Sistema SAF (composto pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar – SAF, Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural – Agerp e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão – Iterma) é capacitar para transformar e atender as comunidades rurais do Estado.

“Com o Cadastro Ambiental Rural o produtor poderá ter acesso a diversos benefícios como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) Grupo “B”, que é uma linha de microcrédito rural voltada para produção e geração de renda das famílias agricultoras de mais baixa renda do meio rural. São atendidas famílias agricultoras, pescadoras, extrativistas, ribeirinhas, quilombolas e indígenas que desenvolvam atividades produtivas no meio rural”, afirmou o secretário.

A capacitação iniciou pelo município de Caxias e a partir desta terça-feira (12) até sábado (16), as capacitações serão no município de Viana, no Território de Campos e Lagos, abrangendo a Regional de Viana, Cajari, Pinheiro, Pedro do Rosário, Bacabal, Conceição do Lago Açu e Marajá do Sena.

 

POPULAÇÃO DE MAGALHÃES DE ALMEIDA INVADE HOSPITAL PARA TENTAR MATAR ACUSADO DE MORTE DE JOVEM

assassinato-magalhaes3

População

A população da cidade de Magalhães de Almeida, no Maranhão, a 252 Km de São Luís e  89,9 Km de Parnaíba-PI, invadiu o hospital do município para linchar um suspeito de assassinato. O caso ocorreu na manhã desta segunda-feira(11).

O indivíduo teria se ferido durante as agressões contra um jovem identificado como Antônio Maria, que acabou morrendo. Com o ferimento, o suspeito, identificado como Francisco Gabriel, foi levado para o hospital.

assassinato-magalhaes1

Confusão

Ao saber do assassinato, a população revoltada invadiu o local, quebrando portas, e arrastou o suposto assassino para a rua, onde jogaram pedras, cadeiras e madeiras contra o suspeito, que ficou em grave situação, correndo risco de morte. Francisco Gabriel ainda foi levado para o hospital da cidade de Chapadinha, mas terminou morrendo.

Segundo informações de populares, os familiares da vítima furaram os pneus da ambulância do hospital para evitar que o suspeito fosse encaminhado a hospitais em Parnaíba-PI e que ameaçaram de, se pegarem o rapaz, arrastarem o seu corpo pela cidade.

O motivo do assassinato de Antônio ainda não foi descoberto, mas pessoas próximas à vítima informaram que os dois rapazes brigavam há dois dias e que o suspeito já havia ameaçado de atear fogo na casa da vítima e que, se necessário, mataria até sua mãe.

Fonte: 180 Graus