JUSTIÇA SUSPENDE PROGRAMAÇÃO DA TV CIDADE DE CODÓ SOB PENA DE MULTA DE R$ 50.000,00

img-20160930-wa0749

Documento extraído do Blog do Acélio

A TV Cidade, afiliada da RECORD em Codó, que pertence à família Figueiredo, pegou pesado esta semana contra Francisco Nagib e seu pai, o industrial Francisco Carlos de Oliveira.

Quando a programação atingiu ao candidato, os advogados da coligação entraram com uma representação denunciando ao juiz a propaganda irregular e negativa  praticada contra alguém que está na disputa do pleito eleitoral, o que é proibido pela legislação.

O juiz Holídice Cantanhêde Barros, 69ª Zona Eleitoral, responsável pela propaganda, analisando as provas  apresentadas, atendeu ao pedido liminar dos advogados de Nagib e determinou duas situações contra a TV Cidade:

PRIMEIRA – Que deixem de divulgar qualquer coisa que seja desfavorável à Francisco Nagib.

“DEFIRO o pedido para conceder liminar e determinar aos representados TV CIDADE DE CODÓ Ltda. e Geruam (Jeroan) Almada para que se abstenham de divulgar  mensagens, informações e notícias desfavoráveis ao candidato  ‘Francisco Nagib’ de modo que configurem propaganda irregular por tratamento discriminatório, em desequilíbrio do pleito, sob pena de multa no valor de R$ 20.000,00 por cada irregularidade detectada, sem prejuízo da multa sancionatória que pode ser deferida ao final do processo, após análise do mérito desta representação”, diz o juiz na decisão liminar

SEGUNDA – Suspensão da programação da TV CIDADE por 24 horas.

“DEFIRO o pedido para determinar a suspensão normal da programação da emissora, conforme prevê artigo 56, da Lei 9.504/97, pelo prazo de 24h, a contar da notificação sob pena de multa diária no valor de R$ 30.000,00, além de responsabilização penal pelo delito de desobediência”, descreve o juiz em decisão proferida nesta sexta-feira, 30 de setembro.

TAMBÉM CONTA A RÁDIO MIRANTE

O mesmo juiz também DEFERIU pedidos dos advogados de Biné Figueiredo contra a rádio Mirante AM e contra o radialista Daniel Sousa por causa de ofensas proferidas contra o candidato do PSDB.

Daniel foi notificado na manhã de hoje para se defender. Também está proibido de falar de Biné sob pena de multa.

Fonte: Blog do Acélio

 

FLÁVIO DINO DIZ QUE ATAQUES EM SÃO LUIS TEM APOIO POLÍTICO

14488954_1087857161321692_755975857_o

Ataques

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou as redes sociais, nesta sexta­-feira (30), para comentar a onda de ataques que estão ocorrendo em São Luís. Para o gestor, os ataques têm “claros apoios políticos”. Em publicação, Dino afirmou que as facções criminosas “querem a volta da livre circulação de drogas, armas e celulares, por meio de regalias e privilégios”.

Apesar de não terem surtido efeito o trabalho de escolta dos ônibus, anunciado antes do boom de ataques que ocorre desde a noite de ontem, ele parabenizou as ações da polícia.

“Desde a semana passada, a nossa Polícia já evitou dezenas de ataques graves. Na noite de ontem, foram muitos criminosos mobilizados. A nossa Polícia efetuou 23 prisões e evitou dezenas de ataques. Agradeço ao empenho dos policiais”, escreveu.

Por causa dos ataques, haverá aumento no efetivo policial por meio de parceria entre as polícias Civil, Militar e o Exército Brasileiro, além da convocação de militares lotados em cargos administrativos e oficias que estariam de folga para cumprir jornada extra operacional remunerada. Ontem, Dino ainda solicitou ao governo federal o envio de mais tropas para o reforço do policiamento.

O aumento do efetivo policial nas ruas é garantido por meio da convocação de oficiais (tenentes, capitães, majores e coronéis) e praças (soldados, cabos, sargentos e subtenentes), incluindo militares de funções administrativas e aqueles que estariam de férias, para reforço do contingente policial que deverá atuar nas ruas no dia de votação.

dino

Print de Dino

De O Estado do Maranhão

 

COMÍCIO DE ENCERRAMENTO DE CAMPANHA DE VILSON ANDRADE EM GONÇALVES DIAS, CONFIRMA O QUE DIZ PESQUISA

img-20160930-wa0033

Vilson no meio do povo

Mais de 8 mil pessoas participaram do comício de encerramento da campanha de Vilson Andrade (PC do B), na cidade de Gonçalves Dias na noite desta quinta-feira (29).

Na semana passada foi divulgada uma pesquisa na cidade pelo Instituto Zava onde mostra o atual prefeito e candidato a reeleição na frente do candidato da oposição Toinho da Patioba do (PSDB). Veja fotografias abaixo sobre o grande comício de ontem:

img-20160930-wa0032

Pesquisa

img-20160930-wa0002

Multidão

img-20160930-wa0031

Multidão

img-20160930-wa0004

Multidão

CGU DE OLHO EM ANA DO GÁS E DE SEU MARIDO, EM SANTO ANTONIO DOS LOPES

agem

Eunélio e Ana

Somente nos anos de 2015 e 2016 o Município de Santo Antônio dos Lopes foi contemplado com o total de R$ 4.300.000,00 (quatro Milhões e trezentos mil reais), para a recuperação de estradas vicinais, que pela tabela da Caixa Econômica Federal seria suficiente para recuperar 130 km de estradas. Veja a liberação dos recursos abaixo:

Segundo informações colhidas, esses teria sido utilizando recursos, principalmente os das estradas vicinais, que o Prefeito EUNÉLIO e sua a mulher ANA DO GÁS teriam comprado a casa do ex Deputado TATÁ MILHOMEM no valor de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) no Bairro do Calhau, que se encontra registrada no nome do THIAGO, no Cartório de Registro de imóveis do Nonato em São Luís. Nesse mesmo Cartório também esta registrado o Escritório que eles compraram no Edifício Office Tower no Bairro do Renascença em São Luís, registrado em nome da irmã da ANA DO GÁS, que é esposa JUNIOR DO PETROLEO.

As informações apresentadas hoje são facilmente encontradas nos relatórios das 02 auditorias realizadas pela C.G.U em Santo Antônio dos Lopes, são apenas um aperitivo, amanhã diremos como foi que ele gastou R$ 1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil reais) que eram destinados para aquisição de móveis e equipamentos hospitalares do Município.

tabela-1

Valores

Fonte: Blog do Caio Hostílio

EM ARTIGO, ADVOGADO DE TIMON FALA SOBRE “ARREPENDIMENTO DE VOTAR EM FLÁVIO DINO”

igor-igreja

Igor Igreja, advogado

Peço desculpas aos maranhenses. Se  arrependimento matasse…

Lembro que de toda a esperança que não só eu, mas milhões de maranhense colocaram no projeto de mudança apresentado pelo então candidato a governado Flávio Dino na eleição de 2014.

De Norte a Sul, de Leste a Oeste do Maranhão a “onda vermelha” embalava sonhos de dias melhores, projetos de emancipação socioeconômicos, liberdade e mais justiça para um estado que já não aguentava mais o domínio político de um grupo que por quase meio século mandava e desmandava nos destinos do nosso estado.

Lembro ainda do discurso histórico de posse quando o primeiro governador comunista da história do país afirmou: “Leões, agora vocês não vão mais rugir para o povo (…) Vocês estão despidos dos brasões da oligarquia”. Balela!

Pode parecer exagero da minha parte, mas a sensação que passa é que nunca os ‘Leões” rugiram tão ruidosa e perversamente como neste quase dois anos de poder comunista no Maranhão. Basta ver a postura do governador e do seu principal homem, o secretário de (des) Articulação Política e Comunicação, jornalista Márcio Jerry.

Na pasta da (des) Articulação Política age como um bode brabo em loja de louças, perseguindo adversários políticos, atentando jornalistas e blogueiros não alinhados ao projeto de poder dos Leões, afugentando aliados, cooptando pessoas de alma fraca e abusando de poder político para favorecer os da “panelinha”.

Já na pastas da Comunicação age como um Joseph Goebbels, mentindo e mentindo, tantas mentiras quanto forem possíveis até virarem verdade aos olhos do povo. Nada de novo na área de Comunicação do Governo do Estado a não ser a forma discricionária como veículos e profissionais são tratados de forma deselegante de como usam alguns blogueiros para atacar a honra e dignidade de adversários desse poder comunista que assola o estado.

Mas, não existiria Márcio Jerry se não existisse Flávio Dino. É como se quisermos entender Joseph Goebbels sem entender Adolf Hitler. Ambos são face da mesma moeda!

Sinto-me decepcionado, angustiado e, sobretudo, indignado por saber que o meu voto serviu para implantar práticas de uma ideologia autoritária no estado que nem no auge da oligarquia Sarney, quiçá do vitorinismo, se viu por estas terras onde canta o sabiá.

Conforta-me saber que nunca é tarde para reparar erros.

E 2018 está chegando para eu prestar conta com a minha consciência quanto ao erro que cometi em 2014 votando num déspota esclarecido.

Peço desculpas aos maranhenses pelo voto em Flávio Dino e Márcio Jerry.

Por: Igor Igreja 

 

PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO MARANHÃO ELOGIA TRABALHO DE BLOGUEIROS NA COBERTURA DAS ELEIÇÕES

tre

Lourival Serejo, desembargador

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, fez na quinta (28) um elogio público à conduta de blogueiros na cobertura das eleições municipais deste ano.

Durante coletiva realizada na sede do TRE-MA, ele agradeceu o apoio da imprensa e destacou, especificamente, o trabalho dos titulares de blogs, que, para ele, “prestaram serviço” à população.

“Nossos agradecimentos à imprensa do Maranhão, que nestas eleições prestou uma contribuição muito grande para nós. Não tivemos reclamações. Inclusive os blogueiros se comportaram de forma que não ensejou nenhum pedido de ações contra eles e nem prestaram desserviço fazendo alarde de informações que causassem alguma polêmica e desconforto na Justiça Eleitoral”, disse.

É isso aí…

Fonte: Zaidan de Sousa

 

FLÁVIO DINO E SUAS PERSEGUIÇÕES COM A POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO

dino

Flávio Dino

Segundo o denunciante, a transferência do Major Cutrim de Colinas para Fortuna é uma forma de rebaixamento do oficial e que se trata de uma retaliação, visto que o major não quis seguir as orientações eleitorais do governo que aí está. Leia abaixo a denúncia feita ao blog do companheiro Caio Hostílio:

Caio,

A última investida do comando geral da PM/MA foi a transferência do Major Cutrim para a cidade de Fortuna.  Até o início da tarde de hoje(28) O oficial comandava a  1 CI/PM de Colinas a notícia pegou o comandante de surpresa,  já que sem algum motivo que justificasse a transferência, o oficial foi enviado de forma compulsória para uma cidade onde há apenas um destacamento com poucos policiais e desta forma o então comandante ver esta arbitrária decisão como uma forma de rebaixamento de posto e de função.  Tudo leva a crer com base nos modus operandis do governador que trata-se de retaliação.  Pois o oficial não demonstrou nenhuma satisfação em trabalhar em prol dos candidatos apoiados pelo governador. DITADURA A VISTA

Fonte: Blog do Caio Hostílio