AS DUAS FACES DA DEPUTADA FEDERAL, ELIZIANE GAMA

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) tem se esquivado para não opinar sobre a violenta agressão física do deputado estadual Cabo Campos (DEM) contra a esposa, Mayra José Brandão Marques Campos.
Gama se faz de desentendida pelo fato de preservar amizade há anos com o agressor, que foi enquadrado na Lei Maria da Penha.
Pré-candidata a senadora, Eliziane se esconde exatamente quando deveria mostrar a cara em defesa da mulher maranhense.
Lamentável a atitude da deputada federal que até ‘ontem’ fazia questão de defender as causas feministas no Congresso Nacional.
Estaria Eliziane à favor do amigo agressor e contra a mulher?

Fonte: Domingos Costa

 

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA APROVA FIM DO AUXÍLIO MORADIA A DEPUTADOS DO MARANHÃO

A Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) aprovou nesta quarta-feira (28), o Decreto Legislativo que põe fim ao auxílio-moradia concedido aos deputados estaduais maranhenses. A proposta havia sido publicada no último dia (22), no Diário Oficial da Casa.
O decreto de Nº 448 foi aprovado por unanimidade pelos deputados. O auxílio era de R$ 2.850,00 e o valor era destinado a despesas com moradia, em especial a parlamentares que tinham residência fora de São Luís. A proposta aprovada revoga as disposições do DL nº 448. “Fica revogado o Decreto Legislativo nº 448 que institui o benefício do auxílio-moradia aos deputados da Assembleia Legislativa e dispõe sobre sua concessão”, estabelece.
O projeto foi assinado pelo presidente da Casa, Othelino Neto do (PCdoB) e os membros da Mesa Diretora da Alema. Dentre eles, estão os deputados Fábio Macedo (PDT), Josimar de Maranhãozinho (PR), Adriano Sarney (PV), Levi Pontes (PCdoB), Stênio Rezende (DEM), Zé Inácio (PT) e Nina Melo (PMDB).

Fonte: Por G1 MA

POLÍTICOS E EMPRESÁRIOS DO MARANHÃO CAEM EM GOLPE PELO WHATSAPP

Políticos e empresários do Maranhão voltaram a ser vítimas, nas últimas semanas, de um golpe já “famoso” aplicado por criminosos via WhatsApp.
Os bandidos clonam o celular de um alvo qualquer e, de posse dos dados de contatos, acessam o aplicativo. Eles, então, enviam mensagens a amigos da vítima, pedindo o pagamento de algum débito por meio de transferência bancária.
E apontam como destino da transação uma conta bancária normalmente também invadida.
O golpe é sempre aplicado após o encerramento do expediente, de forma que fica mais verossímil a história de que o “amigo em apuros” está com dinheiro em mãos, ou estourou seu limite diário de transferências.
As duas mais recentes vítimas do golpe foram o ex-deputado Gastão Vieira (Pros) e o diretor da Cemar José Jorge Leite Soares.
Nesse caso, os hackers invadiram o celular do ex-parlamentrar, e pediram dinheiro ao executivo.
O deputado federal Cléber Verde (PRB) também já caiu nessa, assim como o ex-secretário de Indústria e Comércio Maurício Macedo e a chefe do Cerimonial da Prefeitura de São Luís, Cybele Lauande.
Mais esperto, o deputado Rogério Cafeteira (PSB) chegou a ser acionado da mesma forma, mas tentou confirmar com o “amigo” e acabou descobrindo que se tratava de um golpe.
Assim, só há uma coisa a se fazer para se proteger: se um amigo, ou mesmo um parente, lhe pedir dinheiro pelo WhatsApp, encontre uma forma de acioná-lo fora do aplicativo de mensagens para confirmar se o pedido é real.

Fonte: Gilberto Léda

 

EM COROATÁ, CABELEIREIRO É ENCONTRADO MORTO DENTRO DE SUA PRÓPRIA CASA

A polícia da cidade de Coroatá foi acionada na manhã desta quarta-feira (28) para atender uma ocorrência de um homicídio no bairro do Cajueiro, naquele município.
A vítima, foi identificada como sendo: Edivan, ele foi encontrado morto dentro do próprio quarto, com várias perfurações de arma branca. Edi, como gostava de ser chamado, era cabelereiro e muito conhecido no bairro.
Tanto a polícia Civil quanto a Militar estiveram no local e já iniciaram as investigações para tentar descobrir a identidade do autor do homicídio.

Com Informações: Coroatá Online

 

EM UMA AÇÃO AUDACIOSA E CINEMATOGRÁFICA, BANDIDOS EXPLODEM AGÊNCIAS BANCÁRIAS EM ALDEIAS ALTAS

Segundo informações preliminares na madrugada desta quarta-feira (28) um bando fortemente armado fez um arrastão na cidade de Aldeias Altas. O bando explodiu as agências do Banco do Brasil, Bradesco, Correios, além da Lotérica da cidade.

A pequena cidade viveu horas de terror. Foram muitos tiros e explosões que deixaram a população apavorada.

Além do barulho dos tiros em um dos áudios enviado a nossa redação, dar para ouvir os reféns repetindo uma única frase “Tem refém” “Tem refém” a mando dos assaltantes.

O bando deixou a cidade em uma camionete com os reféns, os mesmo foram liberados em uma estrada vicinal.

Segundo informações de moradores a PM de algumas cidades vizinhas foi acionada, mas não conseguiram chegar em Aldeias Altas, pois o bando espalhou pregos na estrada para furar os pneus das viaturas. A ação foi audaciosa e cinematográfica.

A vizinha Aldeias Altas viveu uma noite de pânico jamais vista.

Fonte: Irmão Inaldo