PREFEITURA DE CAPINZAL DO NORTE REVITALIZA PRAÇAS DO MUNICÍPIO

Prefeitura de Capinzal do Norte, através da Secretaria de Obras, reformou e revitalizou a “Praça Pública” do Povoado Santa Cruz e está reconstruindo a praça do Povoado Santa Rosa, ambas esquecidas há anos por gestões passadas.

No povoado Santa Cruz, a praça que fica em frente a UBS e é uma das primeiras que recebeu melhorias de um programa de reformas que deve chegar a todas as regiões da cidade. Determinação foi do prefeito André Portela.

Temos poucas áreas de lazer em nossa cidade e as que temos precisamos melhorar. Aos poucos vamos reformando e revitalizando esses locais que ficaram anos abandonados. Praça é lugar de família e vice-versa”, disse o gestor municipal. “Estamos muito felizes de entregar a reforma para essa comunidade, que tanto frequenta o local, utilizando a praça como opção de lazer“. Conclui André Portela.

O Secretário de Infraestrutura Carlos fontes conclui que: “É mais uma área recuperada e entregue à população com uma boa infraestrutura que vai servir bastante aos moradores do povoado. O que buscamos é isso, resgatar locais para proporcionar momentos de lazer com qualidade para o nosso povo”

Ascom: Prefeitura de Capinzal do Norte

PADRASTO QUE MATOU ENTEADO DE 9 MESES A GOLPES DE FAÇÃO EM GOV. EDISON LOBÃO CONFESSA DETALHES DO CRIME

Após ser preso, o acusado de assassinar a golpes de facão o enteado de nove meses, nessa segunda-feira (30), em Governador Edison Lobão, confessou a autoria do crime. Em depoimento à polícia, Francielson Gomes Pereira, de 18 anos, contou com frieza detalhes de como tudo aconteceu.
De acordo com o delegado regional, Eduardo Galvão, Francielson Gomes vinha tendo várias brigas com a mãe da criança, uma adolescente de apenas 15 anos, com quem vivia há cinco meses. A mãe do pequeno Ângelo Gabriel Sousa Borges já tinha o plano de abandonar Francielson de forma definitiva até o fim de mês.

Segundo relato da mãe à polícia, toda vez que se falava em separação, o suspeito ameaçava se suicidar. “Dessa vez, ao contrário da situação, ele praticou este crime bárbaro (contra a criança). Ele confessou. Disse que recebeu a criança da mãe no horário do almoço, ele conseguiu fazer a criança dormir um pouco numa rede. Teve um impulso, foi até outro quarto, se armou com um facão. Ao retornar, coloca a criança ainda dormindo em cima da cama e passa a golpeá-la”, conta o delegado.

Ainda segundo o depoimento, “a criança começa a chorar no primeiro golpe, e ele só para de golpeá-la já no chão, depois de ter a certeza de que a criança estava morta”, completa Galvão. O suspeito disse que foram pelo menos cinco golpes, mas a polícia acredita que foram mais golpes contra o pequeno.

Após matar a criança, Francielson Gomes disse que sentou na porta de casa e esperou a polícia chegar. A mãe que estava fora de casa por cerca de 20 minutos, ao chegar, e perceber que o lho estava morto, chamou a polícia. Ainda segundo o delegado, o suspeito não é, aparentemente, portador de necessidades especiais, não toma medicação controlada, não ingere bebida alcoólica, não usa drogas.

“Fez (cometeu o assassinato) como forma de evitar que a mãe fosse embora, ou para chamar a atenção, alguma coisa nesse sentido. Não há uma motivação específica para um gesto tão cruel. Mas se trata de um crime motivado pela possibilidade de a mãe deixá-lo”, ressaltou Eduardo Galvão, acrescentando que pelas investigações, a jovem também seria morta. “Além do facão usado do crime, a polícia encontrou um punhal, o qual o suspeito estava sentado em cima”.

Francielson Gomes permaneceu no local até a chegada da polícia, em seguida foi conduzido para a Delegacia Regional de Imperatriz, onde foi autuado por homicídio triplamente qualificado.
O caso chocou os moradores da pacata cidade de Governador Edison Lobão.

VEJA A RELAÇÃO DOS GANHADORES DA 64° EDIÇÃO DO CODÓ FELIZ

1º PRÊMIO – R$ 1.500,00 (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS)
NOME: IRANY PEREIRA BRITO E LYVÂNIA
Nº DA CARTELA: 06264-27
ENDEREÇO: RUA 18 Nº 712 KM 17
BAIRRO: ZONA RURAL
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: BANCA DA NILA

2º PRÊMIO – R$ 1.500,00 (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS)
NOME: CARLOS HENRIQUE SOUSA SILVA
Nº DA CARTELA: 14928-45
ENDEREÇO: TRAVESSA PADRE CÍCERO Nº 1010
BAIRRO: CODÓ NOVO
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: DOMINGAS

3º PRÊMIO – R$ 1.500,00 (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS)
NOME: VALDEMAR DA CUNHA ARAÚJO
Nº DA CARTELA: 00886-96
ENDEREÇO: RUA PROJETADA ESMIRIDIANO Nº 12A
BAIRRO: SÃO RAIMUNDO
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: VANESSA LEAL

4º PRÊMIO – UMA MOTO POP 110 0KM
PRIMEIRO GANHADOR
NOME: MARIA LENI DA CONCEIÇÃO
Nº DA CARTELA: 13458-93
ENDEREÇO: RUA PARÁ Qd.B3 CASA 6
BAIRRO: SANTA TEREZINHA
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: FRANCISCO DO PEIXE
SEGUNDO GANHADOR
NOME: MARIA MADALENA F. LIMA
Nº DA CARTELA: 26252-88
ENDEREÇO: RUA PEDRO ALVARES CABRAL Nº 1162
BAIRRO: SÃO FRANCISCO
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: MARIA LUZIA

5º PRÊMIO – UMA MOTO FAN 125 0KM
NOME: FRANCISCO SILVA DOS SANTOS
Nº DA CARTELA: 15538-14
ENDEREÇO: TRAVESSA 15 DE NOVEMBRO Nº 1005
BAIRRO: SANTO ANTÔNIO
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: IARLA VANESSA

GRAVE ACIDENTE DEIXA UM MORTO EM CAXIAS

Um grave acidente de trânsito envolvendo dois carros, sendo destes uma Hilux, foi registrado na manhã desta terça-feira (31) na BR-316, no município de Caxias. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e esteve no local prestando socorro às vítimas.
Segundo informações do SAMU, o caso ocorreu por volta das 6h30, próximo a rotatória do shopping. Quatro vítimas dos veículos foram encaminhadas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O motorista da Hilux não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito.
De acordo com a diretora do SAMU, Rita Paz, uma ultrapassagem perigosa pode ter sido a causa do acidente.

Fonte: João Lopes

PRICILLA SÁ RECEBE APOIOS IMPORTANTES PARA SUA CANDIDATURA A DEPUTADA FEDERAL

A jovem ex-deputada estadual, Pricilla Sá, do PMN, já está prontíssima para dar início à sua campanha; desta vez, ela vem como candidata a deputada federal e com mais bagagem e mais experiência. A jovem iniciou bem e está recebendo apoios importantes. A primeira dama do município de Tuntum, Daniella Tema, que é pré-candidata a deputada estadual já declarou apoio a Pricilla Sá. As duas se conhecem desde a infância, e são da mesma terra natal, Presidente Dutra.

DANIELLA TEMA

A jovem Daniella Tema é esposa do atual prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, e é um dos fortes que concorrem a uma vaga na Assembléia Legislativa do Estado do Maranhão. Em Tuntum, e em toda região, Daniella Tema está ganhando muitos adeptos para sua campanha, e com o apoio do marido, o experiente Cleomar Tema, as chances são bem maiores.

PRICILLA SÁ

Enquanto isso, a jovem Pricilla Sá, que já foi deputada estadual e tem experiência e muita influência na Região Central do Estado, filha do empresário Fernando Sá, a jovem é uma das promessas para as eleições deste ano, uma vez que a cidade de Presidente Dutra, precisa de um representante na Câmara Federal. Nas redes sociais, as duas amigas de longas datas, trocaram mensagens de respeito e amizade, e complementaram a união para um novo projeto político na região.

A ALEGRIA DE DUARTE JR. DUROU POUCO E AINDA SAIU COMO MENTIROSO

O ex-diretor do Procon-MA e candidato a deputado estadual Duarte Júnior passou por uma grande vergonha ao anunciar que recebeu o apoio do secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.
Duarte espalhou em todas as redes sociais que Camarão estava apoiando sua candidatura. “Com muito orgulho, tive a honra de receber o apoio do querido amigo/irmão e Secretário de Educação Felipe Camarão à minha pré-candidatura a Deputado Estadual”, escreveu o ex-diretor do Procon.
A felicidade de Duarte Jr. não demorou nem meia hora.
O secretário Felipe Camarão desmentiu publicamente Duarte. Em seu Facebook, Camarão disse que por conta da sua “posição como secretário de Estado da Educação, eu me abstenho de apoiar somente um ou outro candidato.”
Que vexame!

                                      Veja abaixo o que disse Felipe Camarão:

Fonte: Luís Pablo

BRAIDE ABANDONA MAURA JORGE E ESTÁ PRÓXIMO DE FECHAR COM ROBERTO ROCHA

Azedou e terminou em divórcio a relação política entre o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) e a ex-prefeita Maura Jorge, pré-candidata ao governo pelo PSL, partido do deputado federal Jair Bolsonaro, candidato a Presidência da República.
Até a semana passada, a união dos dois políticos era tida como certa. Braide abdicou do projeto de disputar o comando do Palácio dos Leões e iria apoiar a ex-prefeita.
No entanto, problemas relacionadas à construção das chapas proporcionais resultou no cancelamento da união.
PSL, PMN e PHS toparam se coligar para os cargos de deputado estadual e deputado federal.
Porém, Podemos e o PSC, dos deputados federais Aluísio Mendes e Luana Costa, respectivamente, exigiram a formação de um chapão.
Maura até tentou convencer Eduardo Braide a aceitar a proposta. Mas não obteve sucesso e viu o então aliado partir para frente em busca de um novo caminho.
Maura Jorge, atualmente, conta apenas com o apoio do PRTB, do advogado Márcio Coutinho.
Eduardo Braide, nos últimos dias, se aproximou do PSDB de Roberto Rocha.
As conversações entre os dois políticos, de acordo com informações obtidas pelo editor do Blog , estão bem adiantadas.
Braide deverá candidatar-se para Câmara Federal e tem tudo para declarar apoio ao projeto Roberto Rocha governador, que também deverá receber as adesões do Podemos e PHS.
O PMN realiza sua convenção na próxima sexta-feira (03), a partir das 9h, no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa.
Rocha oficializará sua candidatura no sábado (04), também a partir das 9h, na casa de shows Batuque Brasil.
Maura Jorge e o seu PSL farão convenção no mesmo dia e horário, no Espaço Renascença.

Fonte: Antônio Martins

DEFENSORIA GARANTE, NA JUSTIÇA, PARTICIPAÇÃO DE ESTADANTES EM COLAÇÃO DE GRAU

A Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA), por meio do Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon), conseguiu garantir, na Justiça, a participação de um grupo de alunos do curso de Engenharia Civil da Faculdade Pitágoras, antiga Faculdade Atenas Maranhense (Fama), na cerimônia de colação de grau. Os estudantes haviam concluído as atividades curriculares, mas seus nomes não constavam na lista de formandos.
Ao buscar a assistência da Defensoria, os alunos informaram que concluíram o último período em junho deste ano. Eles deveriam participar da colação de grau que está marcada para hoje, dia 30 de julho, mas estavam impossibilitados.
De acordo com os estudantes, a instituição de ensino não ofereceu determinadas disciplinas durante o curso. Por isso, foram orientados pelo coordenador do curso a realizarem disciplinas equivalentes.
Os estudantes cursaram as referidas cadeiras e obtiveram a aprovação. No entanto, ao finalizarem todas as atividades do seu curso, notaram que nos seus históricos escolares ainda constavam como pendentes as disciplinas originárias, como se elas não tivessem sido substituídas pelas disciplinas equivalentes, como haviam sido orientados. Os alunos chegaram a buscar uma solução junto à instituição, mas nenhuma providência foi adotada.

Tutela

Acionado pelo grupo de estudantes, o Nudecon buscou resolver a demanda administrativamente, junto aos representantes legais da faculdade, mas não obteve sucesso. Diante da urgência para solucionar o caso, não houve outra alternativa senão a busca pela tutela jurisdicional.
A Justiça acolheu, na última quinta-feira (26), o pedido de tutela provisória impetrado pelo Nudecon, determinando que a instituição autorize a participação dos estudantes na colação de grau.
A participação dos alunos terá caráter simbólico, a fim de evitar prejuízos aos alunos, e suas pendências junto à faculdade para conclusão do curso deverão ser discutidas em audiência de conciliação designada para o dia 11 de setembro.

Ações

De acordo com os defensores públicos Gustavo Leite Ferreira e Luís Otávio Rodrigues de Moraes Filho, do Nudecon, a Faculdade Pitágoras concentra a maioria das reclamações que chegam ao Nudecon referentes a Instituições de Ensino Superior (IES). Diversas medidas coletivas já foram adotadas pela Defensoria e, inclusive, por outros órgãos de defesa do consumidor, mas as reclamações contra a empresa persistem.

Ainda em 2016, a Defensoria Pública ingressou com uma Ação Civil Pública referente ao problema de negativa a colação de grau. Somente após o ajuizamento da ação coletiva a faculdade apresentou proposta de acordo para a resolução do problema.
Em 2014, a Defensoria já havia acionado coletivamente a empresa por prática abusiva na cobrança indevida efetuada contra alunos que cursavam disciplinas especiais. Mais uma vez a situação somente foi solucionada após o ajuizamento de ação, quando a empresa se comprometeu a restituir os valores cobrados indevidamente e a não mais efetuar tais cobranças.
O Núcleo de Defesa do Consumidor atende causas de natureza consumerista, tais como referentes à energia elétrica, educação particular e fornecimento de água. O Nudecon localiza-se na Avenida Marechal Castelo Branco, n. 720-C, São Francisco, e funciona de segunda a sexta-feira no horário das 8h às 17h.

MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE QUEBRA DE SIGILO BANCÁRIO DO PREFEITO DE CÂNDIDO MENDES E MAIS DOIS ADVOGADOS

A iluminação pública precária de dois povoados de Cândido Mendes motivou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a requerer, em Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, a indisponibilidade dos bens e quebra de sigilos bancário e fiscal dos envolvidos nas irregularidades até o limite de R$ 148.320,00. O valor refere-se ao contrato firmado pelo Município com a empresa ICB Services.
Além do Município e da empresa, a lista de requeridos inclui o prefeito Mazinho Leite, a assessora jurídica da prefeitura, Edna Maria Andrade, e o advogado Igor Lima Castelo Branco, responsável pela empresa.

A ação, ajuizada em 18 de junho, foi formulada pelo promotor de justiça Marcio Antonio Alves de Oliveira, a partir de um abaixo-assinado encaminhado pelos moradores dos povoados de Barão de Tromaí e São José dos Portugueses ao MPMA, em 23 de agosto de 2017.
O MPMA constatou a precariedade da iluminação nos dois locais e verificou, ainda, irregularidades no procedimento licitatório realizado, em 2017, para contratação deste serviço.
Também foi observado que a advogada Edna Maria Andrade possui forte influência na administração municipal. Assessora jurídica da Prefeitura, ela é apontada como principal beneficiária de diversos contratos com o Município, sendo considerada “prefeita de fato”. O Ministério Público também constatou que ela atua de forma velada, por meio de empresas de fachada e em nome de “laranjas”.

Ré em outra Ação Civil Pública do MPMA, a assessora jurídica já foi acionada por nepotismo por manter cinco parentes em um cargo inexistente na estrutura do Município.
A sede da ICB Services é localizada em São Luís e não em Cândido Mendes. O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) verificou que a sede informada é somente uma área de matagal.

Segundo um funcionário da empresa, a manutenção da rede de iluminação é de responsabilidade do prefeito e da advogada Edna Maria Andrade. O funcionário encaminha a lista de materiais necessários à advogada e os materiais são entregues a ele.

Em abril deste ano, em reunião com o MPMA, representantes da Prefeitura informaram que a precariedade dos serviços de iluminação nos dois povoados eram decorrentes do fato de o funcionário da Prefeitura diretamente responsável pelos serviços estar acidentado.
Além da indisponibilidade dos bens, o MPMA requer a condenação dos réus ao ressarcimento integral do valor de R$ 148.320,00; à perda da função pública e à suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos.

Outras penalidades requeridas são o pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, mesmo que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.
O Ministério Público também solicita a condenação dos réus ao pagamento conjunto de danos morais de R$ 200 mil, a serem transferidos ao Fundo Estadual de Defesa dos Direitos Difusos.

Fonte: Gilberto Léda