AMBULÂNCIA ATOLA COM PACIENTE DENTRO E CAUSA “AGONIA” EM CAJAZEIRAS, ZONA RURAL DE CODÓ

Leitores do BLOG DO DE SÁ, na comunidade Cajazeiras que fica a 83 km da sede de Codó enviaram à nossa redação um vídeo que mostra uma ambulância atolada na estrada vicinal que liga Cajazeiras a muitos outros povoados da região. De acordo com o vídeo enviado e narrado por um morador da região, são os moradores dos povoados Mato Grosso e Lagoa do Leme são os mais prejudicados por conta das chuvas.

PAGANDO 50 REAIS PARA DESATOLAR CARROS

Os moradores denunciam ainda que, todos os dias eles desatolam carros no local citado e em muitos outros por conta da precariedade da estrada e com isso eles pagam R$ 50,00 (cinquenta reais) ao dono de um trator para desatolar os carros. “A pessoa não vai deixar o carro atolado a vida toda, se entra por um lado atola, se entra pelo outro atola, o prefeito passou aqui nesses dois dias, mas o carro do prefeito é traçado e não tem como ficar, mas os carros daqui não tem tração não”, disse o morador.

                                                                ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO:

EM PARCERIA COM A UNIMED, CLINICA CODOENSE RAD IMAGEM REALIZA EVENTO EM PRAÇA PÚBLICA

A conceituada clínica Codoense Rad Imagem realizou no último final de semana, mais precisamente no sábado, um evento voltado para o público de todas as idades. O trabalho foi realizado em parceria com a UNIMED de Teresina e contou com a participação de várias pessoas na praça São Sebastião.  O evento denominado “SAÚDE EM AÇÃO” teve também aulão de zumba com orientações nutricionais e orientações de riscos à saúde. “Nosso intuito é orientar as pessoas sobre os riscos que todos nós corremos no dia-a-dia, pois precisamos informar os cidadãos; e a praça São Sebastião foi o local escolhido para essa ação”, frisou Amarildo Filho.

 

 

POR DIONÍSIO GOMES: A FARSA DO CONCURSO PÚBLICO DE CODÓ

Dionísio Gomes

“Todos nós já repensamos a vida profissional em algum momento, seja por insatisfação, por insegurança, por buscar novos objetivos ou, simplesmente, por querer algo melhor. Alguns pensam em mudar de área, de país, e outros enxergam uma possibilidade real, porém distante de ser alcançada: a sonhada carreira pública! Há também aqueles que sempre tiveram os concursos públicos como primeira opção, e não se veem diferentes disso. É um objetivo de vida! E por que a carreira pública chama tanto nossa atenção? Os motivos são sempre os mesmos: estabilidade de emprego, salários diferenciados, benefícios oferecidos e oportunidade de ascensão social. Em Codó é visto que tudo isto, não passa de uma farsa do governo municipal.

O concurso público da Prefeitura de Codó – Ma é uma verdadeira farsa, pois está sendo proposta a realização do mesmo em consequência de uma cobrança do Ministério Público e que o mesmo tem que cumprir o acordo que foi realizado ainda no ano de 2017, quando assinou o Termo de Ajustamento e Conduta (TAC), e o mesmo não foi cumprido na data estabelecida 31/12/2017.

A farsa é vista quando notamos as maracutaias do velho oligarca Francisco Nagib, este estabeleceu um número mínimo de 124 vagas, e ainda alega que esta é a carência que há no município, é obvio que a cidade está carente de profissionais em todas as áreas, desde zeladoras a médicos. Mais uma vez o gestor municipal tem uma atitude desonesta e falível.

Codó vive hoje um dos seus piores momentos quando se falam em administração pública, economia, e geração de empregos, pois a população codoense vive um momento intenso de desigualdade social, e esta ocorre mediante uma educação de má qualidade, a má distribuição de renda, má administração dos recursos, falta de investimento nas áreas sociais, culturais, saúde e educação, a falta de oportunidade de trabalhos, e isto é o que leva a população sofrer sérias consequências, como a pobreza, a miséria, aumento da taxa de desemprego, diferentes classes sociais, aumento dos índices de violência e criminalidade.

É visto em imagens que foram divulgadas em alguns grupos da cidade, uma tabela especificando o número de vagas por cargo, e são 100% insuficiente para suprir a necessidade em Codó – Ma. Não foi aberta nenhuma vaga para pessoas de nível fundamental, e somente um cargo para pessoas de nível médio”.

EM ALDEIAS ALTAS, POLICIAIS MILITARES SÃO PRESOS POR INTEGRAR GRUPO DE EXTERMÍNIO

Cinco policiais militares foram presos durante a Operação Balaiada, deflagrada pela Superintendência Estadual de Homicídios, Delegacias Regionais de Caxias e Timon, com apoio da Polícia Militar e Centro Tático Aéreo na manhã desta terça-feira (30).

Além dos PMs, dois homens também foram detidos.

A ação ocorreu em Caxias e Aldeias Altas, onde foram cumpridos mandados de prisão temporária e busca e apreensão expedidos pela Primeira Vara da Comarca de São Luís-MA.

Os policiais são apontados como como integrantes de grupos organizado que cometia homicídios e outros delitos penais na região de Caxias e Aldeias Altas.

As investigações seguem na Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Fonte: Neto Ferreira

AS ASNEIRAS DO DEPUTADO DUARTE JÚNIOR NA ASSEMBLÉIA

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) reagiu nesta segunda-feira (29) ao ataque proferido no fim de semana pelo também deputado Duarte Júnior (PCdoB) contra blogs.

Durante participação em evento organizado pelo Instituto Maranhense de Defesa do Consumidor (Imadec), o comunista pediu aos que assistiam a sua palestra que não lessem blogs (reveja).

Em sua manifestação sobre o caso, Wellington fez questão de afirmar que a liberdade de imprensa é fundamental para o bom funcionamento da democracia e que, para a existência de uma sociedade mais justa, necessita possuir livre manifestação, “assim como possuir o direito básico da informação”.

O parlamentar lembra o surgimento de blogs independentes no país abriu uma nova fronteira do jornalismo, uma vez que a informação estava concentrada nas mãos dos grandes veículos de comunicação tradicionais: jornais impressos, emissoras de televisão e rádio.

Já fui muito hostilizado, prejudicado e até vítima de inverdades, mas nunca processei os profissionais da imprensa. Entendo que o uso da Justiça tem sido uma forma de tentar amedrontar os profissionais da imprensa. Não vivemos numa ditadura e muito menos num estado exceção, onde tentam implantar a ‘república do pensamento único’, com demagogia e hipocrisia. ”, declarou Wellington.

Na opinião do deputado estadual somente respeita a liberdade da livre manifestação e até mesmo a atuação de profissionais como os blogueiros, aquele que possui espírito republicano.

Nada disso

Em nota encaminhada ao blog do jornalista Marco D’Eça, Duarte Júnior disse que não foi bem aquilo o que declarou, que foi usado “um trecho isolado” da sua palestra e que ele sempre defendeu “a imprensa livre”.

Informo que, durante palestra, com o tema Educação e Democracia em tempos de crise, no XI Congresso Nacional de Direito, realizado pelo IMADEC, fiz uma reflexão sobre a necessidade de buscarmos informações mais profundas sobre determinado assunto e não nos basearmos somente por notícias com títulos sensacionalistas e deturpadas. Também ponderei a postura de profissionais que se permitem manipular em prol da fabricação duvidosa da opinião pública. Utilizar um trecho isolado do meu discurso para comprometer a essência da minha afirmação é também reprovável, pois defendi e defendo ainda a imprensa livre, independente e comprometida com a objetividade e realidade dos fatos”, afirmou o comunista.

Fonte: Gilberto Léda

HOMEM É PRESO NA ZONA RURAL DE SÃO LUÍS POR MANTER A FAMÍLIA EM CÁRCERE PRIVADO

A Polícia Militar do Maranhão prendeu nesse domingo (28), Leonardo Costa Teixeira de 33 anos, por manter a esposa e os filhos em cárcere privado no bairro Mata da Itapera, na zona rural de São Luís. A prisão foi feita após uma denúncia anônima.

O homem estava mantendo a esposa e seus filhos por alguns dias na residência onde o casal vivia. Ao chegar ao local e constatar o cárcere, os policiais entraram em negociação com o homem que se negou a liberar os reféns.

De acordo com a PM, após a esposa ter começado a gritar por socorro os policiais decidiram invadir o local. Leonardo resistiu a prisão, mas conseguiu ser imobilizado pelos policiais. Em seguida, ele foi encaminhado à Delegacia Especial da Mulher, no bairro do Jaracati em São Luís.

Fonte: Neto Ferreira

NETO EVANGELISTA É OFICIALIZADO COMO PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE SÃO LUÍS PELO DEMOCRATAS

O Democratas oficializou o deputado estadual Neto Evangelista como pré-candidato a prefeito de São Luís para as eleições de 2020. O ato aconteceu nesta sexta-feira 26, durante a convenção estadual da legenda.

Apesar do PCdoB e do PDT terem outros nomes para a disputa, participaram do evento o governador Flávio Dino e o senador Weverton Rocha. Também a senadora Eliziane Gama (Cidadania) e o presidente nacional do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto.

“Eu não sigo nem com a nova política ou com a velha. Eu sigo com a boa política. Queremos discutir São Luís com o Democratas. E, nesta convenção, eu conclamo todos os democratas de São Luís para se unir conosco e vamos discutir São Luís. Tenho certeza que o DEM vai dar uma grande contribuição para a nossa capital e para todo o Maranhão”, declarou Neto Evangelista.

Recentemente, ele foi eleito presidente da Executiva Municipal do DEM em São Luís.

Fonte: Atual7

ATENÇÃO CONTRIBUINTE: SAIBA COMO VAI FUNCIONAR A CEMAR NO FERIADO DO TRABALHADOR

Durante o feriado desta quarta-feira (01), Dia do Trabalho, as agências de atendimento presenciais e os postos de coletas seletiva do Ecocemar não funcionarão em todo o Estado, retornando as atividades normais no dia seguinte, quinta-feira (02). A Central de Atendimento da Cemar estará funcionando normalmente pelo número 116, com ligação gratuita.

Por isso, aproveite o feriado para fazer coleta seletiva e guarde seus resíduos para gerar desconto na fatura de energia pelo projeto Ecocemar.

Todos os canais de atendimento foram pensados em facilitar a vida dos consumidores de energia elétrica para que tenham mais comodidade e satisfação quando precisarem dos serviços da Cemar. Nesse feriado, quem precisar de atendimento, além da Central de Atendimento 116, pode buscar atendimento também pelo Chat de atendimento, no site www.cemar116.com.br.

 Assessoria de Imprensa Cemar

PREFEITO DE LAGO DO JUNCO É CONDENADO À PERDA DO CARGO POR OMITIR R$ 4,8 MILHÕES EM GASTOS

O juiz Marcelo Farias, da 1ª Vara de Lago da Pedra, condenou o prefeito de Lago do Junco, Osmar Fonseca dos Santos, pela prática de atos previstos na Lei de Improbidade Administrativa (nº 8.429/92), no julgamento de Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Estadual. Da sentença do juiz cabe apelação ao Tribunal de Justiça do Maranhão.

O prefeito foi penalizado com a perda do cargo; suspensão dos direitos políticos por cinco anos; pagamento de multa civil de 100 vezes o valor da sua remuneração e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, por três anos.

O gestor foi acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de deixar de atender, “de forma deliberada”, diversos pedidos de informações em 11 processos administrativos que apuraram supostas irregularidades na aplicação de verbas públicas, o que representa “omissão ao dever legal de prestar informações e afronta aos princípios da publicidade e moralidade associados à gestão pública”.

No decorrer do inquérito civil, o MPE requisitou as informações ao gestor em janeiro e fevereiro de 2017, entrou com a ação em março do mesmo ano e ele foi citado pessoalmente no mês seguinte. Mas somente depois da audiência de instrução, em 28.11.2017, após nova requisição, é que juntou aos autos os extratos bancários.

A pedido do MPE, foi determinada uma perícia sobre movimentações financeiras, pelo Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil do Estado do Maranhão, e requisitados dados bancários do período de 1º.01 a 31.12.2016 ao Banco Central. O laudo pericial apontou operações bancárias suspeitas que totalizam R$ 4.814.487,16 na movimentação financeira do Município de Lago do Junco, no exercício de 2016.

Nas contas do FUNDEB foram feitas transferências de R$ 2.669.700,00 para outra conta do Município de Lago do Junco, valor que corresponde a 21,74 % de toda a verba do fundo recebida no ano. De acordo com a sentença, tais transferências ocorreram em desrespeito ao artigo 2º, § 1º do Decreto nº 7.507/2011, que dispõe sobre a movimentação de recursos federais transferidos a Estados, Distrito Federal e Municípios.

Do Fundo Municipal de Saúde foram realizadas transferências no total de R$ 884.536,51 para outras contas de Lago do Junco. Já do Fundo Municipal de Assistência Social as transferências foram no valor de R$ 132.120,55 para outras contas do município.

A empresa “W L Empreendimentos e Locações” teria recebido R$ 1.078.486,35 durante o ano de 2016, da conta do FUNDEB do Município de Lago do Junco, sem contrato correspondente, em ano eleitoral. As empresas “M. F. Sales Macedo – ME” e “M. A. S. de Sousa” teriam recebido, do Fundo de Assistência Social do Município, o valor de R$ 49.643,75.

GAECO FAZ BUSCAS E MIRA EX-PREFEITO E EMPRESA ACUSADOS DE FRAUDE DE R$ 1,4 MILHÃO

Ex-prefeito de Itapecuru Mirim

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado e a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) realizaram na manhã desta segunda-feira, 29, uma operação conjunta para cumprir doze mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos documentos, computadores, telefones celulares.

A ação aconteceu simultaneamente nas cidades de Itapecuru-Mirim, Matões do Norte, Pirapemas, Bacabal e São Luís. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal do Termo Judiciário de São Luís da Comarca da Ilha, em atendimento ao pedido do Ministério Público.

O Procedimento Investigatório Criminal apurou que o Município de Itapecuru-Mirim realizou procedimentos licitatórios irregulares para a contratação de serviços de montagem e desmontagem de estrutura, iluminação de palco, gerador e contratação de bandas musicais para as festividades do Carnaval do ano de 2016. A licitação teria sido feita para beneficiar a empresa Jaime R. da Costa – ME. As ilegalidades foram cometidas na gestão do ex-prefeito Magno Rogério Siqueira Amorim.

As investigações apuraram que o Pregão Presencial nº 021/2016, realizado pelo município de Itapecuru-Mirim foi conduzido em desacordo com o que regem o Decreto Federal nº 3.555/00, a Lei Federal nº 10.520/2002 e a Lei Federal nº 8.666/93.

Foram identificadas a inexistência de comprovantes de publicação do aviso de licitação, do comprovante de publicação do resultado do pregão e dos comprovantes de publicação do extrato do contrato, evidenciando o direcionamento do processo licitatório para que a empresa fosse vencedora.

Foi constatado, ainda, que os serviços foram executados pela empresa M. Peixoto de Alencar, embora a empresa a empresa Jaime R. da Costa tenha sido contratada pelo Município. O ex-gestor contratou diretamente a empresa M. Peixoto de Alencar pelo valor de R$ 60 mil. Mas o valor do contrato licitado era de R$ 1.408.300,00.

Fonte: Neto Ferreira