ACUSADO DE FAZER PARTE DE UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA EM ANAJATUBA, DONO DA ESCUTEC SE “CONTAMINOU” EM CODÓ

Fernando Jr. quando foi preso

Se tratando de credibilidade já foi se época da empresa ESCUTEC do empresário Fernando Júnior esbravejar sua idoneidade, afinal não são poucos os processos que a referida empresa reponde na justiça do Maranhão. No  último dia (14), terça-feira passada, o próprio esteve na cidade de Codó para ele mesmo explicar dados de uma pesquisa que segundo o próprio prefeito Francisco Nagib teria sido feita pelo Jornal “O ESTADO DO MARANHÃO”. Porém, muitas coisas passaram despercebidas pelo codoense e talvez pelos aliados apaixonados do governo “Mais Avanço, Mais Conquistas”. Tais deslizes não passaram despercebidos pelo BLOG DO DE SÁ que não esteve presente, porém mesmo distante consegue está antenado na política e com mais precisão, a de Codó.

DESLIZES IMPERDOÁVEIS

Certamente envaidecido  por alguns do governo, o próprio prefeito Francisco Nagib, fez questão do dono da empresa que fez a pesquisa, explicar seus dados e rasgar elogios contestáveis ao governo municipal. No vídeo abaixo como nossos leitores podem assistir, o empresário Fernando Júnior colocou a credibilidade de sua empresa ESCUTEC em cheque: “Assim como eu vim trazer boas notícias hoje pro Francisco, pro seu Chiquinho, pro grupo de vocês, eu já fiz viagens aqui pra trazer más notícias. Mas hoje eu não tenho como pegar este microfone e não me deixar contaminar por este ambiente de grupo político , isso emociona. E digo a vocês pela minha experiência, eleição se ganha não com é pesquisa, não é com jurídico. Eleição se ganha é com trabalho e grupo.” Disse ele após tecer rasgados elogios ao prefeito.

QUEM É FERNANDO JÚNIOR?

Ele se chama  Antonio José  Fernando Júnior Batista Vieira, já foi inclusive preso pela Polícia Federal por conta de fraudes e saquear os cofres públicos da prefeitura de Anajatuba por meio de contratação de “empresas de fachada”.Fernando Júnior também responde processos por fraude em licitações realizadas naquele município por conta de licitações com carnaval daquela cidade. Para o Ministério Público, Fernando Júnior dono da empresa ESCUTEC pode ter sido membro de uma organização criminosa. Portanto, o empresário Fernando Júnior é uma pessoa que vive sempre próxima à cadeia.

DESLIZES DO GOVERNO E DA ESCUTEC

De acordo com dados, a pesquisa foi contratada pela empresa Gráfica Escolar SA e o JORNAL O ESTADO DO MARANHÃO e foi feita nos bairros: Centro, Codó Novo, Novajerusalém,Santa Filomena, Santo Antonio, São Benedito, São Francisco São Pedro, São Sebastião, Trizidela, povoados Cajazeiras e KM 17. Pois bem, Francisco Nagib e Zé Francisco não estariam inelegíveis? Porque tanta atenção em cima desses nomes já que o próprio prefeito já disse que não sairá candidato? Estaria ele empurrando com a barriga a situação, ou isso é para despistar aqueles que por ventura venham se aproximar e pedir algo? A pesquisa foi registrada na justiça eleitoral sob o número 07.597/2020 e ouviu 500 codoenses entre os dias 08 e 10 de janeiro de 2020. Na sua fala, o empresário investigado pela Polícia Federal Fernando Júnior foi bem claro que Francisco Nagib e José Francisco são inelegíveis. Como nossos leitores podem assistir no vídeo abaixo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *