BANCO DO BRADESCO DE CODÓ NÃO RESPEITA AS LEIS MUNICIPAIS, DIZ VEREADOR MAX TONY

O Repórter Jair Ribeiro, esteve conversando com o vereador Max Tone para saber sobre a suspensão de consignados se servidores públicos nesse período de pandeia. De acordo com o vereador, os outros bancos já concordaram, menos o banco do Bradesco.

                                                            Assista ao vídeo abaixo:     

CHEGOU EM CODÓ UM NOVO CONCEITO EM SAÚDE, CLÍNICA SÃO PEDRO

A mudança faz parte da vida, pois estamos em constante evolução. Para acompanhar essa transformação contínua do ciclo da vida, a Clínica São Pedro  chegou em Codó com um  compromisso em proteger sua saúde e da sua família. Novos tempos requerem um novo olhar e uma nova forma de sentir o outro e saber reconhecer suas necessidades, principalmente as necessidades na área da saúde.

Estamos trabalhando para facilitar o acesso aos serviços de saúde aos codoenses, a Clínica São Pedro oferece no seu espaço a possibilidade de realizar consultas e exames em um só lugar. Assim, o cliente ganha mais agilidade e resolutividade no seu atendimento.  Teremos atendimento adulto e infantil. Nosso endereço é privilegiado, estamos na Rua Marques Rodrigues, ao lado do escritório de advocacia Sereno e Brandão.

 

DADOS DO CORONAVÍRUS CONTINUA ASSUSTANDO NO MARANHÃO, O ESTADO JÁ REGISTRA 90 MIL CASOS

De acordo com o  boletim da Secretaria de Estado de Saúde desta segunda-feira (06), nas  ultimas 24 horas, foram confirmados 548 novos casos de coronavírus no estado, 31 mortes e 610 curados. O Maranhão chegou a 90.251 casos confirmados do novo coronavírus, com 2.250 mortos pela doença e 69.615 curados em todo o estado e 18.386 casos ativos, que significa as pessoas em tratamento.

CÉSAR PIRES ELOGIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA POR ABRIR INVESTIGAÇÃO CONTRA JUIZ DE CAXIAS

O deputado César Pìres usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (7) para parabenizar o Tribunal de Justiça do Maranhão pela abertura de investigação contra o juiz Sidarta Gautama, da 1ª Vara Cível da comarca de Caxias. Denunciado pelo parlamentar em agosto do ano passado, o magistrado concedeu inúmeras liminares possibilitando a transferência irregular de alunos de faculdades privadas e estrangeiras para o curso de Medicina da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) em Caxias.

Contra Sidarta Gautama pesam acusações graves de irregularidades na concessão de liminares nas quais alunos que não passaram pelo tradicional processo seletivo da Universidade Estadual do Maranhão foram matriculados no Curso de Medicina da UEMA (Campus Caxias). Ele concedeu 17 decisões com o mesmo argumento: os estudantes que pediam transferência sofriam de doenças psicológicas e distância da família.

Naquela época, recebemos denúncias de professores e estudantes da Uema em Caxias, que nos relataram que a transferências de alunos por decisão judicial sobrecarregaram o curso de Medicina em todos os aspectos, tanto estrutural quanto em recursos humanos, prejudicando a qualidade do ensino”, lembrou César Pires.

O deputado ressaltou, ainda, que à época pediu providências que de imediato foram tomadas pelo então corregedor de Justiça, Marcelo Carvalho. “Agora parabenizo também o Tribunal de Justiça, por cortar na própria carne e abrir investigação para apurar a conduta do juiz”, enfatizou.

Falecimento – Outro assunto abordado por César Pires foi o falecimento do ex-prefeito de Poção de Pedras, Gildásio Ângelo, ocorrido segunda-feira (6). Ele destacou a trajetória política e de gestor do amigo que não resistiu às complicações decorrentes da Covid-19.

Gildásio foi um grande companheiro, amigo de longas datas, sempre presente nas nossas lutas eleitorais. Lamento profundamente sua perda, e declaro minha total solidariedade à sua família e amigos, principalmente os da nossa querida Poção de Pedras. O munícipio perdeu um grande líder e eu perdi um grande amigo”, finalizou.

(ASCOM)

 

O QUE É ISSO MEU CARO NAGIB, SECRETÁRIOS SEUS DETONANDO O EX-PREFEITO ZITO ROLIM?

Algumas coisas no governo do prefeito Francisco Nagib são difíceis de entender. Ultimamente alguns aliados do prefeito (especialmente alguns de seus secretários) vivem a descer a lenha no ex-prefeito Zito Rolim, a quem o atual prefeito Francisco Nagib diz ser aliado de primeira hora e de confiança do prefeito. Recentemente, no povoado Livramento, Zona Rural de Codó, o ex-secretário de Agricultura do prefeito Francisco Nagib não perdeu a oportunidade de partir pra cima de Zito Rolim. “O pobre, o agricultor não tinha vez no passado. Os tratores da prefeitura não serviam aos homens do campo, os homens e as mulheres pobres que cultivam uma linha, duas linhas, três linhas de chão para sua subsistência. Essas máquinas da prefeitura no passado só serviam para as pessoas ricas cortar a vegetação de suas terras e capim alimentar seus bois”, disse Araújo Neto.

O QUE É ISSO, MEU CARO NAGIB?

O codoense já não está mais entendo o comportamento de algumas pessoas, inclusive secretários do governo “Mais Avanço, Mais Conquistas” em relação ao deputado estadual Zito Rolim. Pelo que se percebe, o prefeito Francisco Nagib não anda muito satisfeito com o ex-prefeito Zito, até mesmo em suas entrevistas à imprensa, mais precisamente seu Sistema de Comunicação, existem momentos em que o prefeito passa a jogar “PIADAS” na gestão do agora deputado e ex-prefeito Zito Rolim.

NO PASSADO, MAIS QUE PASSADO?

Alguns de seus secretários passaram a frisar constantemente que no governo passado as coisas não funcionavam como de fato eram para funcionar. Ora meus caros leitores, mais que governo passado? O governo passado que os aliados do prefeito falam recai sobre Zito, seu principal aliado político que foi prefeito oito anos. Não dá para falar em governo passado e culpar os ex-prefeitos Biné e Ricardo Archer, afinal já saíram do governo há anos.

TÁ PEGANDO MAL, PREFEITO..

Ou o prefeito Francisco Nagib toma uma providência urgentemente, ou isso poderá causar um mal estar dos diabos entre o próprio prefeito e a família do deputado Zito Rolim, a quem Francisco Nagib deve inclusive a sua eleição ano de 2016.  Sem citar o nome do ex-prefeito Zito Rolim, o ex-secretário Araújo Neto deixou claro que não morre de amores por Zito Rolim, mas como já diz um velho amigo meu: UM PINGO PARA QUEM SABE LER É LETRA, dessa forma Araújo Neto deixou seu recado. Está na hora do prefeito Nagib tomar as rédeas do negócio e chamar na grande seus aliados e explicar que Zito Rolim precisa estar ao seu lado, caso contrário, a cova (politicamente falando) de Nagib será aberta em meados de novembro deste ano…

                                                          ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO:

“ELE É PERICULOSO PARA A SOCIEDADE” DIZ DESEMBARGADORA SOBRE JUIZ DE CAXIAS

Durante votação, na  quarta-feira 1º, que resultou em um dos dois processos administrativos disciplinares instaurados pelo Tribunal de Justiça do Maranhão contra o juiz Sidarta Gautama, a desembargadora Graça Duarte teceu duros comentários a respeito do titular da 1ª Vara da Comarca de Caxias.

Segundo a desembargadora, por ter sido aprovado no concurso para juiz, Sidarta Gautama deveria ter um comportamento condizente com o de um magistrado. Contudo, continuou, ele é “doente de caráter, tem o caráter deformado”, pois “para agir dessa maneira é inteligente, e usa a inteligência para o mal”.

O “dessa maneira”, a que Graça Duarte se referiu, foi explicado em seguida pela própria: “Desde que eu me entendo por desembargadora vejo processo em que o Dr. Sidarta faz parte com comportamento que não condiz com a magistratura”.

O comportamento que estava em julgamento, no caso, tratava-se de supostas irregularidades na concessão de liminares para a transferência de alunos de universidades particulares, nacionais e até do exterior, para o curso de Medicina da Uema (Universidade Estadual do Maranhão) em Caxias. Os pleitos foram atendidos pelo juiz apenas com base em atestados médicos, muitos deles assinados pelo mesmo profissional.

Contrastando a maioria esmagadora do pleno —e acompanhando os votos dos desembargadores João Santana, José Luiz Almeida e Jaime Araújo, que já haviam se manifestado sobre o pedido de providências—, ela defendeu que Sidarta Galtama deveria não apenas ser alvo de processo disciplinar, mas também afastado de suas funções de juiz.

Ele é um perigo. Ele é periculoso para a sociedade”, justificou.

Também votou pela instauração do PAD e pelo afastamento do juiz Sidarta Gautama o ex-presidente do TJ-MA, Joaquim Figueiredo, inclusive com compartilhamento dos autos com o Ministério Público.

Fonte: Atual7