POLÍCIA PRENDE ACUSADOS DE ROUBO MILIONÁRIO AO BANCO DE BACABAL

A Polícia Militar prendeu, na noite de segunda-feira (3), treze homens suspeitos de envolvimento com a quadrilha que assaltou o Banco do Brasil em 25 de novembro em Bacabal. Ainda segundo a polícia, três suspeitos morreram e três ficaram feridos durante a ação policial no município de Santa Luzia do Paruá.

De acordo com a polícia, os suspeitos estavam em uma carreta com parte do dinheiro roubado do banco de Bacabal e seguiam para Santa Luzia do Paruá, onde foram abordados pelos policiais. Inicialmente o motorista era tratado como vítima, mas após depoimento dos assaltantes, os policiais o colocaram como integrante do grupo criminoso.

Ainda segundo a polícia, houve troca de tiros na ação e os suspeitos afirmaram que iriam resgatar parte do bando que participou do ataque em Bacabal.

Durante a prisão, a polícia apreendeu armas e munições que estavam em poder dos criminosos, além de malotes com cédulas que os policiais acreditam pertencer à agência do Bando do Brasil de Bacabal. Não foi divulgado o valor recuperado. Foram apreendidas 11 fuzis, duas metralhadoras calibre .50 (artilharia anti-aérea), duas pistolas e coletes. Os policiais acreditam que este arsenal é alugado de outros bandidos.

Os presos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Zé Doca. Eles serão transferidos ainda nesta terça-feira (4) para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital.

Assalto em Bacabal

No último dia 25 de novembro uma quadrilha assaltou uma agência bancária na cidade de Bacabal. Na ocasião, a quadrilha trocou tiros com policiais, incendiou viaturas e pode ter conseguido roubar cerca de R$ 100 milhões do local. A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) acredita que o grupo criminoso que invadiu a cidade era composto por, pelo menos, 30 integrantes, e que alguns assaltantes ainda estão escondidos na região. A polícia segue com bloqueios em Bacabal e cidades vizinhas. pessoas foram flagradas recolhendo dinheiro. Entre elas, estava o policial

Ainda de acordo com a polícia, desse montante, R$ 3, 7 milhões já foram recuperados. Após a explosão do banco, pessoas foram flagradas recolhendo dinheiro. Entre elas, estava o policial militar do Piauí, André dos Anjos de Sousa, e um bombeiro militar da própria cidade de Bacabal, Luís Gustavo Lima Mendes. Na tarde do dia 27 de novembro, após prestar esclarecimentos o policial militar foi liberado e vai responder em liberdade.

Fonte: Neto Ferreira

PREFEITO DE AFONSO CUNHA NEGA ENVOLVIMENTO EM TENTATIVA DE ASSASSINATO CONTRA EX-PREFEITO

O prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Barcelar, emitiu uma nota de esclarecimentos onde nega ter sido o mentor do ataque contra o ex-gestor José Leane no último domingo (2).

Barcelar afirmar que as acusações são caluniosas e que levará o caso à justiça.

Leia:

1. Existe um problema antigo do ex-prefeito José Leane com o policial Graciliano, cujo atrito já dura 5 anos. No exercício da função de prefeito, Leane comprava combustível com ele para a prefeitura e ficou devendo cerca de R$ 300 mil reais. Como a venda era avulsa e sem contrato, ele acabou ficando no prejuízo e o ex-prefeito nunca pagou o que devia. O assunto é de conhecimento público e a cidade inteira sabe disso;

2. Na tarde deste domingo (02), ao retornar de um aniversário onde os dois participavam, houve essa cobrança que acabou gerando um clima animoso entre os dois. A presença da Polícia Militar no evento não era à toa, pois um taxista por nome Flávio já havia alertado tanto o ex-prefeito, quanto a própria PM que o policial estava revoltado com a situação e que poderia haver um desentendimento;

3. Ao falar que tranquei ele com meu carro, há uma má fé na afirmação, já que por está na frente em meu veículo com vidros fechados em decorrência da poeira não sabia o que estava ocorrendo atrás. Só me situei do acontecido quando um rapaz apelidado de Jiló chegou próximo ao carro, fez sinal para que eu encostasse, foi quando puxei o carro para que ele pudesse ultrapassar;

4. Na verdade o ex-prefeito está se aproveitando do fato para tirar a responsabilidade de si e jogar para mim que nada tenho haver com o episódio e muito menos com o histórico de dívidas feitas por ele;

5. Ao dizer em sua nota que a Polícia Militar não o ajudou ele falta com a verdade, pois a guarnição da PM não se manteve omissa, ao contrário, cumpriu o que era de sua competência fazer. Além de fazer a guarda do evento, a PM acompanhou a saída, conteve os ânimos e desde a hora do ocorrido fez a escolta do ex-prefeito até a saída da cidade;

6. Quem acusa cabe o ônus da prova. Estamos nos valendo da nossa assessoria jurídica para levar o caso à justiça com a versão do ocorrido para que o ex-prefeito prove as acusações que a mim foram impostas, sob pena de responder judicialmente por elas.

Arquimedes Bacelar
Prefeito

Fonte: Neto Ferreira

GANHOU, RECEBEU: VEJA OS GANHADORES DA 81° EXTRAÇÃO DO CODÓ FELIZ

LISTA DE GANHADORES DA 81ª EXTRAÇÃO DO CODÓ FELIZ

1º PRÊMIO – R$ 1.500,00 (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS)

NOME: ELIEL DIAS DANTAS

Nº DA CARTELA: 00677-74

ENDEREÇO: AVENIDA JOÃO RIBEIRO Nº 3513 B

BAIRRO: SÃO SEBASTIÃO

CIDADE: CODÓ – MA

VENDEDOR: CONCEIÇÃO CUNHA

2º PRÊMIO – R$ 1.500,00 (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS)

NOME: ANTÔNIA E ZÉ SILVA

Nº DA CARTELA: 08436-07

ENDEREÇO: AV. 01 Qd 05 CASA 13 MUTIRÃO

BAIRRO: SÃO FRANCISCO

CIDADE: CODÓ – MA

VENDEDOR: BANCA DA FABIANE

3º PRÊMIO – R$ 1.500,00 (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS)

NOME: LUIS CLAÚDIO SOUSA DIAS

Nº DA CARTELA: 14026-03

ENDEREÇO: POVOADO TUTURUBÁ CITI

BAIRRO: ZONA RURAL

CIDADE: CODÓ – MA

VENDEDOR: FRANCISCO DE ASSIS DA SILVA

4º PRÊMIO – R$ 1.500,00 (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS)

PRIMEIRO GANHADOR

NOME: MARIA DO SOCORRO CANTANHEIDE

Nº DA CARTELA: 05037-73

ENDEREÇO: RUA FRANCISCO BERNADINO Nº 1523

BAIRRO: CODÓ NOVO

CIDADE: CODÓ – MA

VENDEDOR: FRANCISCO DE ASSIS

SEGUNDO GANHADOR

NOME: GEICIANE E GABRIEL

Nº DA CARTELA: 20479-98

ENDEREÇO: POVOADO BACABINHA

BAIRRO: ZONA RURAL

CIDADE: CODÓ – MA

VENDEDOR: JESSIANE

5º PRÊMIO – R$ 13.000,00 (TREZE MIL REAIS)

NOME: VALDEMIR E VALDENIR

Nº DA CARTELA: 16911-05

ENDEREÇO: RUA SANTA ISABEL Nº 562

BAIRRO: SÃO VICENTE PALOTTE

CIDADE: CODÓ – MA

VENDEDOR: MARLI SANTOS

DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL DE CAXIAS DEFLAGRA OPERAÇÃO CONTRA PEDOFILIA

Foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (03), a operação “Marly Andel”, da Polícia Federal (PF), por meio da Delegacia de Caxias (MA), de combate à pedofilia e divulgação de pornografia infantil na internet. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão no município de Timon (MA), onde dois celulares foram apreendidos e serão periciados para saber se há arquivos contendo material pornográfico.

A operação foi batizada de “Marly Andel”, em alusão a anjo pequeno ou anjinho, em Tcheco. E,  faz referência ao nome de usuário utilizado pelo investigado, que fazia uso de um sobrenome tcheco para realizar upload de imagens pornográficas na internet.

As investigações correm em segredo, por esse motivo os nomes dos envolvidos ainda não podem ser divulgados. Ainda segundo a PF, os trabalhos de investigações continuam e não está descartada a possibilidade de uma segunda fase da operação, além da prisão de suspeitos.

Divulgar arquivos de pornografia infantil ou armazenar configura crime com punição de até seis anos de reclusão, prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Fonte: Sinal Verde

HOSPITAL MACRORREGIONAL E UPA DE COROATÁ ESTÃO AGONIZANDO

Quem precisa dos trabalhos oferecidos pela UPA de Coroatá e também do hospital Macrorregional-que no passado eram referências na saúde – hoje carece enfrentar maus tratos e até mesmo ter que voltar para casa sem ser atendido. Esse é o retrato da realidade atual no governo do Maranhão quando o assunto é saúde. Relatos de pessoas que já precisaram de atendimento e são mandadas voltar para casa.

CASO DE SEU RAIMUNDO DA SILVA

Um morador da zona rural de Coroatá, mais precisamente do povoado Conceição do Valério, estava internado na UPA de Coroatá há 21 dias, mas sem condições de mantê-lo por lá a unidade de Pronto Atendimento mandou o cidadão voltar pra casa. Seu Raimundo da Silva sofre de problemas cardíacos; ouça abaixo no vídeo os relatos de como tudo aconteceu na UPA da cidade de Coroatá.

MACRORREGIONAL DE MAL A PIOR

O Hospital Macrorregional de Coroatá que já foi modelo em todo o estado do Maranhão e agora acumula desrespeito e falta de amor ao próximo. Por lá, além dos pacientes não receberem  atendimento merecido falta de tudo um pouco. Falta medicamento, material de trabalho, limpeza adequada e falta o principal: respeito com os profissionais que trabalham naquela unidade de saúde. O BLOG DO DE SÁ tomou conhecimento que, os profissionais que lá trabalham estão com seus salários atrasados e quando procuram a secretaria estadual de saúde a resposta é sempre a mesma: “O estado está tentando resolver a situação”, e com isso os profissionais estão trabalhando por amor à profissão.

                                                         Assista ao vídeo abaixo:

EX-PREFEITO DE AFONSO CUNHA SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Na tarde do último domingo (2), um policial militar identificado como Graciliano tentou assassinar o ex-prefeito de Afonso Cunha, José Leane.

Segundo informações, os tiros foram feitos de uma pistola ponto 40 contra o carro de Leane.

Segundo áudios divulgado em grupos de WhatsApp pelo ex-gestor, o carro do atual prefeito Arquimedes Bacelar fechava a caminhonete do ex-prefeito numa estrada vicinal da localidade Capim, para que o PM, que pilotava uma moto com a pistola em punho se aproximasse para atirar.

Testemunhas contam que uma pessoa gritou que o ex-prefeito estava acompanhado de pessoas, inclusive idosas, mas o policial disparou diversos tiros, que por milagre não acertaram o ex-prefeito/ou os ocupantes do carro.

Em outro áudio, uma testemunha afirma que Arquimedes dava cobertura para o PM e sustenta que o prefeito deu fuga para o elemento em sua caminhonete.

Na noite deste domingo, o ex-prefeito José Leane divulgou um relato do atentado. Ele aponta o atual prefeito como mentor do ataque.

                                     Confira o teor do relato feito pelo ex-prefeito.

“Venho através desta denunciar a toda sociedade de Afonso Cunha, aos maranhenses em geral, e a quem mais possa interessar, o momento de terror vivido em nossa cidade, que hoje vive sob o signo da má administração, tendo retornado ao tempo obscuro das perseguições em que era comum atentar contra a vida dos opositores e rivais políticos.     

Hoje, eu, José Leane, ex-prefeito de Afonso Cunha, que por oito anos governei nossa amada cidade com respeito aos adversários e devotando carinho a todos, sofri um terrível ataque nas proximidades de nosso pacato município, quando retornava do povoado Capim, estando acompanhado por mais três pessoas. Ataque esse que foi engendrado pelo prefeito Arquimedes Bacelar, que hoje vestiu-se como algoz, e tendo apoio do policial militar Graciliano, que vi retirar uma pistola ao lado de uma viatura da polícia militar, sem que ninguém o impedisse, e usou propriedade do Estado do Maranhão, para atentar contra minha vida usando aparato que deveria ser para minha segurança. Fez isso enquanto Arquimedes Bacelar, usando seu carro, impedia meu carro de ultrapassar, fazendo de mim alvo fácil para aquele que atirava.

Felizmente o prefeito e seu comparsa falharam no seu objetivo, estou vivo e bem, embora pasmo. Não posso também deixar de contar que testemunhei ainda o prefeito fugir do local, dando cobertura  aquele que atirava contra mim dentro de seu carro. E mais tarde o levando segundo amigos, em seu próprio carro para fora do município.

Para aqueles que se preocupam, digo que estou bem. Em contato com autoridades policiais e judiciais, busco agora por Justiça. Não só para mim, mas para todos, porque temos o direito de ser oposição, de ser contrários, e de agir livremente. Se o prefeito Arquimedes Bacelar não aceita a oposição, que saia do cargo, porque a oposição sempre vai existir enquanto vivermos em um estado democrático de direito. O que não deve mais existir são os tiranos, aqueles que não aceitam a contrariedade, e que atentam contra a vida de seus opositores.”  disse o ex-prefeito, José Leane.

Fonte: Domingos Costa

VIGILANTES DO PARQUE AMBIENTAL DE CODÓ RESPONDEM AO BLOG E DIZEM QUE NÃO ESTÃO SENDO INVESTIGADOS

Um dos vigilantes do Parque Ambiental da cidade de Codó, entrou em contato com o BLOG DO DE SÁ para contestar matéria publicada aqui na segunda-feira passada, dia 26 de novembro. De acordo com J. Júnior, que trabalha como vigilante do parque, já houve sim casos nesse sentido, mas imediatamente o mesmo foi afastado da função que exerce no local. “Nossa função é proteger o patrimônio público e não fazer segurança de pessoas, essa função é da polícia militar”, declarou J. Júnior ao BLOG DO DE SÁ

EM TEMPOS.

Os vigilantes dizem ainda que, muitas pessoas passaram a olhar para eles com outros olhos. “Tem pessoas que vêm aqui fazer caminhada e ficam dizendo que estamos sendo investigados, isso não é verdade, teve problema sim mas a pessoa nem aqui trabalha mais”, completou J. Júnior

EM TEMPOS 2

O BLOG DO DE SÁ relata que, fez a matéria baseada em fatos ocorridos no local e que jamais teve intenção em dizer que vigilante A ou B cometeu algum crime lá pelo parque ambiental. Frisamos ainda que, a notícia publicada aqui foi de interesse público como todas elas que fazemos e as informações contidas na matéria do dia 26, foram repassadas ao BLOG por um policial militar que inclusive faz caminhada com frequência no referido parque.

PARECER CONCLUSIVO DO TRE RECOMENDA DESAPROVAÇÃO DE CONTAS DE FLÁVIO DINO

A área técnica do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão recomendou, em parecer conclusivo, que a prestação de contas do governador reeleito Flávio Dino (PCdoB) seja desaprovada. O documento foi emitido nesta sexta-feira 30, e ainda será analisado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) para elaboração de manifestação que será julgada pela Justiça Eleitoral até o dia 14 de dezembro.

De acordo com o documento obtido pelo site ATUAL7, análise na prestação de contas de Dino, abrangendo a arrecadação e aplicação de recursos utilizados na campanha relativas às eleições de 2018, detectou omissão de receitas e gastos eleitorais; e doações recebidas e gastos eleitorais realizados em data anterior à data inicial de entrega da prestação de contas parcial, mas não informadas à época, frustrando a execução tempestiva das medidas de controle concomitante, transparência e fiscalização — baixe a íntegra.

O parecer é assinado pelo técnico judiciário Rodrigo Mendonça do Amaral e pelo chefe substituto da Seção de Análise de Contas Eleitorais e Partidárias (SECEP), Manoel de Jesus Souza Júnior.

O relatório aponta, por exemplo, inconsistência em pelo menos 27 transferências a outros candidatos ou partidos políticos feitas pela campanha de Flávio Dino, mas não registrados pelos beneficiários em suas próprias prestações de contas. O deputado federal reeleito Rubens Pereira Júnior e o deputado estadual eleito Adelmo Soares, ambos do PCdoB, partido do governador, aparecem nessa relação. Cada um deles recebeu R$ 1,85 mil.

Também foram identificadas indícios de omissões de gastos eleitorais relativos às despesas constantes da prestação de contas do comunista e aquelas constantes da base de dados da Justiça Eleitoral, obtidas mediante circularização e/ou informações voluntárias de campanha e/ou confronto com notas fiscais eletrônicas de gastos eleitorais. Parte dessas supostas omissões, segundo o relatório, são em parte referentes aos serviços da Heringer Táxi Aéreo Ltda e, principalmente, do Posto Bacanga Ltda.

Além disso, os técnicos encontraram ainda despesas realizadas com uma empresa suspeita de ser fantasma.

O relator da prestação de contas é o juiz Júlio César Lima Praseres, que após manifestação do MPE/MA deve apresentar o voto e submeter o caso ao julgamento do plenário da Corte Eleitoral maranhense. Caso as contas do governador do Maranhão sejam desaprovadas, segundo especialistas em Direito Eleitoral consultados pelo ATUAL7, em tese, ele não poderá ser diplomado.

Fonte: Atual7