EM TRIZIDELA DO VALE, POLÍCIA PRENDE PAI E FILHO ACUSADOS DE HOMICÍDIO EM BARRA DO CORDA

A Polícia Civil do Maranhão entre os dias 12 e 15 de agosto realizou simultaneamente em todo o interior do Estado a Operação Magni II, com objetivo de dar cumprimento à mandados de prisão. Ao todo, foram 260 conduções cumpridas em todo o estado.

A 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras conseguiu realizar o total de 18 prisões nesse período. Entre os conduzidos, estavam indivíduos acusados de homicídio, roubo, feminicídio, latrocínio, entre outros crimes.

Na tarde de ontem (19), em Trizidela do Vale, José Mariano da Silva e seu filho, Francisco Mariano da Silva, foram conduzidos. Os dois são acusados de prática de homicídio ocorrido em Barra do Corda, cidade na qual eles estavam foragidos.

Ainda no período da tarde, Klésio Silva Santos, conhecido como Tigrão, também foi preso durante a Operação Magni II. Ele tinha dois mandados de prisão, um deles para cumprimento da pena imposta no total de 5 anos. Tigrão responde por violência doméstica contra a mulher.

Fonte: Carlinhos Filho

VEJA QUEM FORAM OS GANHADORES DO CODÓ FELIZ DE DOMINGO

LISTA DOS GANHADORES
DA 116ª EXTRAÇÃO DO CODÓ FELIZ

1º PRÊMIO – R$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS)

NOME: MARIA LUCIA DIAS DA SILVA
Nº DA CARTELA: 16210-80
ENDEREÇO: RUA ALBERTINA BAYMA Nº 1631
BAIRRO: SANTO ANTÔNIO
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: FRANCISCA GOMES

2º PRÊMIO – R$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS)

NOME: DJALMA BORGES FONTES E SAMIRY A. SOUSA
Nº DA CARTELA: 13751-05
ENDEREÇO: POVOADO SANTA RITA DO MOISÉS
BAIRRO: ZONA RURAL
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: MARIA DE JESUS

3º PRÊMIO – R$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS)

NOME: RAIMUNDA HILDA VIEIRA DA SILVA
Nº DA CARTELA: 12215-75
ENDEREÇO: RUA RIO DE JANEIRO Nº 1604
BAIRRO: SÃO FRANCISCO
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: RAYANE ALVES

4º PRÊMIO – R$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS)

NOME: FLÁVIO MANOEL DA CONCEIÇÃO
Nº DA CARTELA: 19388-76
ENDEREÇO: RUA NOSSA SENHORA APARECIDA
BAIRRO: NOVA JERUSALÉM
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: SEBASTIANA

5º PRÊMIO – R$ 12.000,00 (DOZE MIL REAIS)

NOME: RAIMUNDO NONATO E IOLANDA
Nº DA CARTELA: 13399-98
ENDEREÇO: RUA SANTA LUZIA Nº 40
BAIRRO: CODÓ NOVO
CIDADE: CODÓ – MA
VENDEDOR: EVA FERREIRA

APÓS ESPERAR TANTO, PREFEITO DE AFONSO CUNHA COBRA FLÁVIO DINO PELO INSTRAGRAM

O prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Bacelar (PTB), encontrou uma forma pouco ortodoxa de cobrar promessa de campanha do governador Flávio Dino (PCdoB).

Numa postagem do comunista no Instagram, o petebista resolveu abrir o verbo em comentário e lembrar o governador de um compromisso pelo asfaltamento da cidade.

Segundo ele, o acordo foi firmado em São Luís, durante ato de filiação do vice-governador Carlos Brandão ao PRB, e com vários vereadores como testemunhas.

Arquimedes acrescentou que, por acreditar em Dino, buscou verbas para várias áreas, menos para a pavimentação de vias urbanas.

                                                                      Veja abaixo:

Fonte: Gilberto Léda

PSL DE PRESIDENTE DUTRA REALIZA ATO DE FILIAÇÃO PARTIDÁRIA

Na manhã de sábado (17), o presidente do PSL na cidade de Presidente Dutra, Rômulo Carvalho, realizou ato de filiação do partido, o ato aconteceu  Câmera Municipal de vereadores.  Dezenas de pessoas se mobilizaram e marcaram presença para filiar-se ao partido do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

Compareceram no ato de filiação partidária, o pré-candidato à prefeito de Presidente Dutra, representando o grupo de oposição, o empresário Raimundinho da Audiolar, o ex-vereador Ranieri, o suplente de vereador por três vezes Pedro Cabral.

Compareceram os prés-candidatos a vereadores Luciene Lima, Gisele Albuquerque, Fernando Sereno, os suplentes de vereador Zinaldo e Edino Melo.

Fonte: Cláudio Lima

NA PEQUENA PERITORÓ, CÂMARA DE VEREADORES VAI GASTAR QUASE R$ 70 MIL SÓ COM PUBLICIDADE

Com pouco mais de 15 habitantes e um parlamento minúsculo, a Câmara de Vereadores de Peritoró não está poupando gastos com mídia. Por meio de pesquisas, o BLOG DO DE SÁ tomou conhecimento que uma empresa de Bacabal ganhou uma boa licitação na Câmara de Vereadores da cidade de Peritoró. O presidente da casa destinou mais de R$  65 mil  só para custear o serviço de comunicação da casa legislativa e a empresa contemplada com essa licitação foi uma empresa da cidade de Bacabal que foi indicada por um aliado do presidente Naldo Lisboa.

 A empresa está fazendo  “Serviço de assessoria de comunicação,” para a Câmara de Peritotó vai gastar todo essa dinheirama só com sites e blogs da região. Pelo visto, os serviços da Câmara de vereadores de Peretiró terão bastante visibilidade na gestão do Presidente Naldo Lisboa.  Veja os valores e documentos abaixo:

EX-PREFEITO DE SÃO JOÃO DOS PATOS ESTÁ EM MAUS LENÇÓIS

Em Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa, o Ministério Público do Maranhão (MPMA) requereu, em 12 de agosto, a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito de São João dos Patos, Waldênio da Silva Souza (mais conhecido como Dr. Waldênio), e da empresa H.M.M Castro & CIA Ltda, de propriedade do empresário Hubert Castro.

O limite para a indisponibilidade é de R$ 227.317,00. O valor corresponde ao prejuízo aos cofres municipais, corrigido monetariamente a partir de janeiro de 2017.

O pedido, ajuizado pelo promotor de justiça Renato Ighor Viturino Aragão, foi motivado pela manutenção de uma emissora de TV, custeada com recursos municipais. Além disso, o contrato da H.M.M Castro & CIA Ltda com o Município foi firmado sem procedimento licitatório.

A ACP é baseada em uma denúncia feita, em maio de 2016, por vereadores do município. A denúncia relata que um ex-apresentador da TV Cidade de São João dos Patos (repetidora de sinal da TV Record), Wellington Raulino, afirmou que a emissora era propriedade do ex-prefeito e que foi comprada com recursos municipais.

Em janeiro de 2015, foram firmados dois contratos de prestação de serviços entre a H.M.M Castro & CIA Ltda e a Prefeitura Municipal de São João dos Patos, para prestação de serviços de manutenção da estação de retransmissão do sinal da TV Cidade de São João dos Patos, no valor total de R$ 7,9 mil mensais. Os contratos perduraram até o final de 2016.

O MPMA apurou que não existia nenhum procedimento licitatório para contratação da empresa. Entretanto, os repasses mensais eram realizados diretamente pelo ex-prefeito, que administrou o município de janeiro de 2013 a dezembro de 2016.

Despesas com hospedagem, alimentação, combustível, materiais de expediente e informática eram pagas com recursos públicos. O Município alugou, ainda, três carros para atender às necessidades do canal de TV.

A emissora funcionava no antigo prédio da Secretaria Municipal de Agricultura, cujo aluguel era pago pela administração municipal. A equipe de reportagem da TV ficava hospedada no Hotel Montesino, alimentava-se no restaurante Cheiro e Sabor e os veículos eram abastecidos no Posto Tropical, com notas de combustível fornecidas pela prefeitura.

O transmissor da TV ficava em um prédio público. As quatro antenas e a torre de transmissão usadas pela emissora também eram públicas.

Desta forma, todas as despesas eram custeadas pelo Poder Executivo Municipal.

As matérias locais veiculadas na emissora enalteciam virtudes do então prefeito e suas realizações e atacavam a imagem de adversários políticos.

“A mando do réu Waldênio da Silva Sousa, dois programas, ‘Balanço Geral’ e ‘Cidade Alerta’, exibiram reiteradamente matérias que, sob o pretexto de divulgar obras e realizações da administração, revelaram-se verdadeiros instrumentos de promoção pessoal”, afirma o promotor de justiça.

A H.M.M Castro & CIA Ltda recebeu dos cofres públicos R$ 189,6 mil, durante os anos de 2015 e 2016.

APÓS PRATICAR ESTELIONATO ALEGANDO QUE APOSENTAVA PESSOAS, HOMEM É PRESO EM LIMA CAMPOS

A Polícia Militar prendeu no sábado (17), um homem identificado como João José da Silva Gonzaga, acusado de aplicar diversos golpes (estelionato) na cidade de São Domingos do Maranhão  (MA) e Lima Campos. As informações foram confirmadas por meio de levantamento feito com as vítimas.

João se dizia ser funcionário do INSS, prometendo facilitar a aposentadoria de pessoas, em troca do pagamento de valores para esse fim. Durante suas abordagens, ele não apresentava documentos pessoais e informava um nome falso para os comerciantes.

O acusado foi conduzido para a 14ª Delegacia Regional de Pedreiras.

Em 2011, João foi preso pela Polícia Federal pela prática do mesmo crime na cidade de Pinheiro (MA). Ele arrecadava quantias junto a lavradores e pessoas idosas em povoados e cidade de municípios como Pedro do Rosário, Presidente Sarney, Santa Helena, Palmeirândia, com a promessa de conseguir facilidades na concessão de benefícios previdenciários junto ao INSS.

Mediante a apresentação de formulários supostamente oficiais de cadastro no INSS às vitimas, João José as convivência da viabilidade do negócio e arrecadava valores das vitimas que variavam, no total, entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00, que dizia serem necessários para custear despesas cartorárias, quando, na verdade, se apropriava dos mesmos e sumia.

Na ocasião, ele havia sido preso em Pinheiro e levado para o Fórum, onde varias vítimas foram ouvidas. Pela quantidade de pessoas lesadas pelo estelionatário na época, suspeitava-se que a quantia tomada das vítimas na região passava de meio milhão de reais.

Fonte: Carlinhos Filho

 

EM ARTIGO, SARNEY COMENTA DAS COLIGAÇÕES PARTIDÁRIAS

Na minha longa vida política testemunhei muitas mudanças. Mudanças de todo tipo: comecei com a votação em cédulas impressas com o nome do candidato e distribuídas entre os eleitores, que as levavam à mesa eleitoral, onde recebiam um envelope para colocar o voto. Era uma guerra entre cabos eleitorais para formar chapas, substituí-las por outras, o que motivava brigas e pancadarias entre candidatos e entre seus seguidores.

João Francisco Lisboa recuou um pouco mais e escreveu largamente sobre eleições na Antiguidade, desde o “palmômetro” até o “brigômetro“, as eleições a cacete.

Vi mudanças de legislação eleitoral às carradas, costumes parlamentares, maneira de escolha de candidatos; vi baixar o nível das candidaturas e corromper a vontade popular, usando como linha de frente o poder e o dinheiro.

Mas nada como agora, quando surgiu para mim uma novidade extraordinária: os partidos não escolhem os candidatos que têm votos, sob a argumentação de que tiram as possibilidades de eleição dos novatos. Tivemos até, na última eleição, um partido que não aceitava candidatos de eleição certa.

Isso sem dúvida é uma coisa que jamais pensei surgir na disputa eleitoral: os candidatos, para conseguirem entrar na chapa, não podem ser aqueles que tiveram sempre a preferência do povo e se elegeram, mas os que não têm votos e, somando os poucos votos dos novos, criam a possibilidade de o partido ter um ou dois eleitos, geralmente os detentores das direções partidárias.

Assim, a primeira qualidade para ser candidato é não ter votos nem possibilidade de se eleger. Fiquei sem saber qual era a lógica dessa conduta. Assim, a política não é mais a escolha por ideias, por trabalho, por tradição ou pela capacidade de liderar e por já ter sido testado pelas urnas. A experiência não é levada em consideração, nem o trabalho partidário, mas o que conta é não ter voto nem capacidade de angariá-lo. Hoje ganhou status de circulação geral a chamada barriga de aluguel, em que afinal uma barriga, o partido, serve para fazer crescer um filho que não é seu.

Soube, contudo, que a experiência de chapas dos sem-votos, na última eleição, também tornou os partidos que assim procederam em partidos sem representantes: não elegeram ninguém.

Os partidos transformaram-se em cartórios de registro de candidato e estão quase todos morrendo, como morrendo está a democracia representativa.

Como a próxima eleição é municipal, essa técnica está sendo costurada para ela, e ninguém está querendo coligação com partido que tenha vereador eleito. Na eleição passada, as chapas de deputado feitas assim resultaram num grande fracasso.

Essa regra de eleição sem voto nunca pensei que pudesse existir. Pois no Maranhão existe. Só se João Lisboa nascer de novo e escrever, em vez de “eleição na antiguidade”, “eleição na atualidade”…

POLÍCIA INVESTIGA MORTE DE IDOSO EM SÃO JOÃO DO SÓTER

Na manhã de sexta-feira (16), um idoso identificado como Raimundo de Sousa, de 61 anos, foi encontrado despido e morto em um banheiro no município de São João do Sóter. A Polícia Civil foi acionada.

A polícia trata o caso como um homicídio por esgorjamento (lesões produzidas por instrumentos perfurantes no pescoço).

Segundo apurado, a vítima morava sozinha próximo a um irmão, tinha um pequeno comércio no povoado Cipó e no fim de semana abateu dois animais bovinos. Raimundo foi encontrado morto no banheiro que fica no quintal há cerca de cinco metros da casa, sendo que o bolso da sua bermuda estava revirado.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal e após os procedimentos de rotina foi liberado para os familiares. 

As investigações continuam a fim de identificar a autoria do crime.

Fonte: Noca