RELATÓRIO APONTA QUE CAXIAS ESTÁ ENTRE OS MUNICÍPIOS MAIS VIOLENTOS DO ESTADO

relatório

Gráfico da pesquisa

O estudo tem como base o ano de 2012 e foi feito com dados retirados do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde.

Neste relatório o Maranhão aparece com oito cidades, entre as 500 mais violentas do País. Caxias aparece nesse estudo com 53,8 homicídios por grupo de 100 mil habitantes, o que coloca o município na 230ª posição do ranking nacional e o quarto lugar em nível de Estado.

Em 2012, o Brasil registrou recorde de 56 mil assassinatos. O município de Caracaraí, em Roraima, foi a cidade mais violenta do país.

No município roraimense de 19 mil habitantes, o índice atingiu 210 para cada 100 mil habitantes, um recorde, segundo o relatório Mapa da Violência, que vem sendo feito anualmente desde 1998.

O relatório foi divulgado no último dia 9 de julho

Fonte Portal Noca

 

CASA LOTÉRICA É ASSALTADA EM CODÓ NA TARDE DESTA SEGUNDA FEIRA (14)

images (1)

Imagem Ilustrativa

Agora, por volta das 16 horas, homens armados chegaram a uma loteria no centro de Codó e praticaram um assalto. Clientes e funcionários ficaram em pânico no momento da ação dos assaltantes. De acordo com informações de pessoas que estavam na loteria, os dois homens chegaram em uma moto armados de um revolver 38 e anunciaram o assalto. A quantia levada por eles ainda não foi divulgada pela policia. Depois do assalto a policia de Codó fez buscas nas ruas próximas a casa lotérica e depois de um trabalho exemplar da policia militar de Codó os dois foram presos. A qualquer momento mais informações aqui no Blog do de Sá.

GOVERNO ROSEANA PAGA R$ 30 MIL POR MÊS PARA EDINHO LOBÃO EM ALUGUEL DE PRÉDIO QUE NÃO TEM SERVENTIA

lre

Roseana e Edinho

O deputado federal Simplício Araújo (SD-MA) entrou, na tarde desta sexta-feira (11), com representação no Tribunal Regional Eleitoral pedindo a contestação do registro da candidatura ao governo do Estado do senador Edinho Lobão Filho (PMDB), que disputa a sucessão de Roseana Sarney, filha do senador José Sarney.

O problema que levou o deputado a contestar a candidatura do filho ministro de Minas e Energia é que, desde março de 2014, uma empresa de propriedade de Edinho Lobão recebe R$ 30 mil por mês do governo do Estado. O pagamento seria para aluguel de imóvel onde funcionaria o atendimento a pacientes portadores de câncer. Porém, no local não há qualquer indício de funcionamento ambulatorial.

O prédio, um condomínio residencial localizado na Avenida São Luís Rei de França, na entrada para o bairro Parque Vitória, pertence à Difusora Incorporação, da qual Lobão Filho é proprietário, com 99,40% das ações. O governo do Estado e a Difusora têm contrato com validade de 12 meses para a locação deste prédio.

Por lei, ele não poderia estar à frente da empresa seis meses antes da assinatura do contrato. Além disso, o objetivo do contrato – atender pacientes com câncer – não está sendo cumprido.

Segundo o Portal da Transparência do Governo do Estado, o valor total do contrato é de R$ 360 mil, parcelado em 12 meses. Destas, já foram pagas 4 parcelas, totalizando o valor de R$ 120 mil. Quem assinou o contrato foi o pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad, cunhado de Roseana.

Para o deputado Simplício Araújo, o tratamento de câncer é sensível ao maranhense, que não possui hospital público para atendimento da doença. “É um absurdo que alguém, sendo senador da República, receba os recursos que ele já recebeu por um serviço que não está sendo oferecido. Ele não parece ter sensibilidade.”

“Sempre tive preocupação com pacientes de câncer pelo fato de não termos, no Maranhão, um centro de referência ao tratamento da doença”, afirma Simplício. “O morador do interior, das cidades de Pedreiras, Bacabal ou Caxias, acaba indo a Teresina em busca de tratamento. Muitas vezes, têm de vender tudo o que tem para conseguir pagar o tratamento.”

 

FILHO DE CAMILO DECLARA QUE TEM MAIS DINHEIRO DO QUE O PAI QUE JÁ É DEPUTADO A VINTE ANOS

10527887_755685524474875_1646346340682010826_n

Clique em cima

 

O deputado estadual Camilo Figueiredo – aquele que quase não aparece na Assembleia Legislativa do Maranhão, tem menos dinheiro que o seu filho, Camilo Figueiredo Filho.

Na declaração de bens dos dois, Camilo Filho aparece com R$ 4.033.517,00 e o pai deputado com apenas R$ 604.951,42. No limite de gastos de campanha, Camilo pai declarou que pretende gastar R$ 3.000.000,00 e o Filho R$ 2.000.000,00.

10464190_755685471141547_4341408868024224733_n

clique em cima

Ambos vão disputar o cargo de deputado estadual nestas eleições. O deputado vai para reeleição pelo PR e Camilo Filho pelo PCdoB.
O mais interessante é que o partido do pai é da base governista e o do filho é da oposição liderada por Flávio Dino. Veja abaixo a declaração de bens dos dois:

Fonte Blog do Luis Pablo

FLÁVIO DINO: UMA ESPERANÇA PARA O MARANHÃO

images (2)

Flávio Dino

O início da campanha chegou, e com ela vem na mente dos maranhenses a esperança de dias melhores, onde os maranhenses possam soltar da garganta um grito entalado a décadas. Esse grito de liberdade está preso na garganta dos homens, das mulheres e até mesmo das crianças dos mais diferentes lugares dos quatro cantos do Maranhão. Com a chegada da campanha o Maranhão está prestes a ter uma história escrita em sua página política: a história da mudança e da renovação. O maranhão precisa de políticos sérios que querem ver o crescimento do estado e não apenas uma meia dúzia que se dizem salvadores da pátria. Na verdade, de crescimento não se tem visto nada nos últimos anos. É fácil dizer que o Maranhão é um estado rico. Até é rico mesmo, mas não suficiente para a oligarquia perceber e fazer esse crescimento funcionar.

MUDANÇA.

As mudanças devem ser implementadas em todo o estado do Maranhão, mas para que as adequações se façam de forma sensata há que se pensar na necessidade de uma política de mudança, uma política que venha beneficiar a todos os maranhenses sem distinção. Fazer com que o jovem possa participar das ações do governo, os idosos possam ser assistidos de forma digna. Mas é preciso criar fatores que levem a isso. O maranhense não quer mais um governo que só existe em propaganda. O maranhense precisa de um governo que olhe para o povo.

RENOVAÇÃO.

O povo maranhense necessita de que novos rumos possam ser tomados em relação a política. Nosso povo não tem mais o que esperar daqueles que já estão no poder há quase 50 anos e pouco fizeram pelo estado. O nome de Flávio Dino está sendo bem avaliado pelos quatro cantos do maranhão. É com a renovação que a sociedade avança. O candidato ao governo, Flávio Dino, representa exatamente a classe trabalhadora, os mais necessitados, o jovem que está em busca de emprego e conhecimento.

 

 

POR JACINTO JÚNIOR: DEMOCRACIA E LIBERDADE O PODER DE MUDANÇA

10294348_306918329464987_7999389150286570278_n

Jacinto Júnior

A nossa história – de nosso Estado-Colônia e não Estado-Nação, quando deveria sê-lo – foi marcada pela aculturalização europeia. Lamentável. E o resultado desse processo de expropriação e exploração culminou na ideia de inferioridade. Mas, o mais impressionante disso, se revela em querelas fúteis e inúteis de sujeitos que se arvoram detentores de um vasto conhecimento empírico e cientifico; preocupando-se com outros que, a priori, não necessita demonstrar que já entende que o conhecimento é um espaço a ser conquistado com muita dedicação e estudo, e aquilo que é objeto de compreensão lhe confere a sua genialidade. A genialidade não consiste fundamentalmente numa grande descoberta sui generis, mas, basicamente pensar o diferente com liberdade e autonomia sem, contudo, estar atrelado a algum patife, bandido, vândalo, ou, ainda, a um burguês que se alimenta num prostíbulo decantando seu prazer em querer controlar a maioria da população por intermédio do capital sujo.

A atualidade nos reveste de diversas armas e a mais notável delas é a democracia, sendo a democracia o cerne de uma elementar mudança significativa numa dada sociedade, podemos afirmar que ela é a filha mais nobre da liberdade e a liberdade, por sua vez, nos confere o direito de autonomia enquanto sujeito histórico capaz de pensar com plena independência intelectual e satisfação sem pudor e/ou temor. A capacidade de pensar – para não adentrarmos na questão eminentemente filosófica, pois, estaremos mergulhando numa vasta complexidade do ato de pensar e conhecer, pelo jeito, essa não é minha intenção, ao contrário -, nos remete para algo concreto e visível e é por isso que procuramos desvendar os mistérios e enigmas do sistema social opressivo estruturado pela burguesia decadente. A decadência burguesa codoense se manifesta por sua incapacidade teórica, não há um único burguês com capacidade reflexiva para adornar a problemática social codoense numa perspectiva renovadora, mas, apenas emitem sons guturais, sem nenhum sentido. É como se vivêssemos na idade da pedra lascada. Não há entendimento daquilo que se proclama como proposta de mudança. Minha crítica, ao inverso, é como uma lâmina afiada que penetra e rasga o peito daqueles pobres infelizes burgueses que não são dialéticos, mas, simplesmente, retoma o gosto pela repetitividade lacônica dos elementos sociais, culturais e econômicos presentes que já não deveriam existir como obstáculos em nossas relações; no entanto, tais elementos são justificáveis para suas falas de dominação de classe permanente. A capacidade de refletir essa estrutura local conservadora constitui tarefa indispensável para o povo empreender seu próprio caminho permeada pela democracia popular e pela liberdade coletiva social. Se, o povo codoense pensar nessa linha de raciocínio, e acreditar em si, certamente, será o condutor de seu próprio destino, na verdade, o povo experimentará uma profunda experiência em que ditará o modus operandis de realizar suas ideias coletivistas.

A democracia é o elo intrínseco para construir uma nova sociedade, um novo homem, uma nova forma de pensar a política como exercício fundamental da cidadania. Não há outra forma equânime capaz de proporcionar tamanha alegoria transformadora para o conjunto da sociedade civil organizada. É na democracia que o povo deve se acostar e defender suas lutas sociais e políticas. Impossível realizar uma profunda transformação social e revolucionária fora da democracia. A democracia é a pedra angular da transformação tão desejada pela classe trabalhadora – no sentido de antagonismo, de luta de classes. Não acredito na possibilidade de mudança sob a óptica burguesa, pois, a sua conceituação democrática parte do principio de classe social e, para ela, a democracia só existe para si na medida em que serve a si mesma enquanto classe social dominadora. É inviável pensar uma sociedade democrática com a burguesia sendo sua matriz condutora.

O homem que pensa como um revolucionário, não pode dar o luxo de querer ser aclamado como burguês e pela burguesia – numa clara intenção de cooptá-lo -, ou, então, como apoiador da elite branca dominadora; ele por si mesmo se proclama como proletariado, aliás, é impossível ser burguês e pensar burguesamente, estabelecendo fortes e contundentes críticas aos infelizes e decadentes burgueses e seu sistema dominante.

A democracia fere somente aos que a abomina aos que a odeia aos que não a deseja aos que a despreza. Mas o seu encanto é tão fundo e seu laço é tão forte que não rompe diante das ações nefandas de seus inimigos (a elite dominante enquanto classe). Apesar de tudo a gente consegue identificar nas entrelinhas dos discursos pronunciados pelos representantes das elites brancas o seu inidôneo e indisfarçável ódio à sua existência fascinante. Ora, se de um lado, ouso afirmar que a democracia é ao mesmo tempo o pilar essencial para a consolidação de um regime hesitante, por outro, reafirmo que ela implode qualquer tentativa de movimento retrogrado e conservador.

Portanto, pensar a democracia numa perspectiva transformadora e revolucionária é ir de encontro ao seu conceito estático, amorfo, burguês. A democracia instiga a inevitável força da classe trabalhadora como obra de suas próprias mãos. Somente a classe trabalhadora será a responsável direta por sua emancipação e libertação da opressão dos capitalistas e do capitalismo.

Pensar a democracia como instrumento suficiente para aclamar por uma nova forma de exercer a política é colocar como prioridade a ética na política e estende-la como principio definidor de um processo participativo, amplo e revolucionário. Assim, teremos um corte frontal com o casuísmo conservador e aleijado que predomina a várias décadas em nossa comunidade. O nosso povo só será efetivamente um povo liberto do jugo liberal-burguês, quando estiver sob seu comando o poder político e para isso acontecer é necessário que haja intensas lutas e mobilizações. A burguesia já não consegue manter sob seu controle a classe trabalhadora e, por isso mesmo, tenta a todo custo manter uma relação de opressão e subordinação, fonte de todos os males.

 Por Jacinto Júnior

HOMEM MORRE ENVENENADO APÓS FLAGRAR ESPOSA COM AMANTE

1

Corpo da vítima sendo conduzido pelo IML

Na noite da última quinta-feira (10/07), um homem identificado por João Batista Vieira, de 41 anos, flagrou a sua esposa na cama com outro homem, ao chegar em sua residência na Baixa do Aragão no Bairro Dirceu Mendes Arcoverde, em Parnaíba.

Inconformado com a situação, João Batista resolveu tomar uma substância conhecida como “Chumbinho”, visando tirar a sua própria vida. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi acionada e esteve no local prestando os primeiros socorros a vítima e encaminhando-a em seguida para o Pronto Socorro do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – HEDA.

João Batista ficou internado no HEDA, mas não resistiu e veio a óbito durante a madrugada dessa sexta-feira (11/07) por volta das 2h. Dessa forma, uma equipe do Instituto Médico Legal foi acionada pela manhã de sexta-feira para realizar a remoção do corpo para o Posto Avançado do IML em Parnaíba, localizado no Bairro Frei Higino.

No Brasil, “Chumbinho” é um produto clandestino, irregularmente utilizado como raticida, tem este nome porque o produto não diluído tem a aparência de pequenas esferas de chumbo. Não possui registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), nem em nenhum outro órgão de governo. Pessoas ou animais que ingerem o chumbinho sentem fortes dores, anseiam vômitos e também perdem o sistema imunológico, além de prejudicar células e tecidos, podendo levar a morte, como no caso citado acima.

Por Kairo Amaral via Blog do Cabo Brito 

JOVEM QUE ESTAVA DESAPARECIDO É ENCONTRADO MORTO NA CIDADE DE TUNTUM

JO-VEM-DE-TUNTUM

Vagno

O Jovem Wagno Pereira de Sousa, de 26 anos, desaparecido há quatro dias foi encontrado na noite desse sábado (12/07), por volta das 20h00min nas proximidades do córrego Malícia, bairro Canto Bom, na cidade de Tuntum (MA), onde de acordo com informações de familiares, o corpo já se encontra em avançado estado de decomposição.

Um irmão da vítima fez o reconhecimento do corpo após reconhecer as roupas que ele usava no dia de seu desaparecimento, uma camisa verde escura, short preto e o boné que usava costumeiramente.

Wagno havia desaparecido na noite de terça-feira (08/07), por volta das 23h30min em companhia de dois jovens. A polícia esteve no local fazendo a perícia, mas não há informações concretas da verdadeira causa de sua morte, a família suspeita de assassinato.

Fonte: Blog do Lobão