POLICIAL MILITAR MORRE DURANTE ASSALTO EM IMPERATRIZ

Um policial militar da turma do ano passado morreu na tarde de segunda-feira (23), em Imperatriz.

Wanderson Monteiro foi alvejado com um tiro na cabeça ao reagir a um assalto.

Ele estava de folga, trabalhando como segurança numa loja de eletrônicos, quando houve ação criminosa.

Imagens de um vídeo a que o Blog do Gilberto Léda teve acesso apontam que um bandido entrou antes e se posicionou nos fundos do estabelecimento, próximo ao balcão.

O segundo elemento entrou e anunciou o assalto, e Monteiro preparava-se para sacar sua arma quando foi surpreendido por trás. Ele foi atingido por um tiro no rosto e caiu. O atirador ainda levou sua arma.

Fonte: Neto Ferreira

COM “PENDURICALHOS”, 65% DOS JUÍZES GANHAM CIMA DO TETO DE R$ 39, 3 MIL

Foi na semana de sexta-feira 13, neste mês de setembro, que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu que o melhor era não dar chance ao azar. Apesar de a situação das contas públicas do País não ir bem, o órgão que controla o Poder Judiciário decidiu que era preciso cuidar melhor da saúde de seus magistrados e servidores e aprovou um auxílio que pode chegar a 10% do salário – um juiz no Brasil ficará muito próximo de ganhar o teto, que é de R$ 39,3 mil mensais. É mais do que o salário do presidente da República, de R$ 30.900,00.

Antes de sair criando novas despesas, o CNJ fez uma consulta a tribunais estaduais, federais e associações de juízes. Ouviu deles que o novo gasto era justificado. Uma das justificativas veio da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), que havia feito pesquisa mostrando que mais de 90% dos magistrados se dizem mais estressados do que no passado.

O CNJ operou em um dos poucos vácuos deixados pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019. Essa lei dá as bases para os gastos do governo e, por causa da crise fiscal, proibiu reajustes aos auxílios alimentação, moradia e assistência pré-escolar. O auxílio-saúde ficou de fora da vedação.

O dinheiro poderá ser usado para pagar médicos, hospitais, planos de saúde, dentista, psicólogo e até os remédios comprados na farmácia. Livre do teto remuneratório, o auxílio será mais um “penduricalho” a turbinar salários dos servidores e magistrados. Uma despesa criada pelo Judiciário para beneficiar o próprio Judiciário.

Pesquisa feita pela liderança do partido Novo na Câmara mostra que, mesmo após o fim do pagamento indiscriminado de auxílio-moradia, 65% dos magistrados no País estão recebendo acima do teto do funcionalismo em 2019. O porcentual já considera uma margem de R$ 1 mil, para excluir aqueles que passam do limite por auxílios menores, como o de alimentação. Na advocacia pública, que inclui advogados da União e procuradores federais, o porcentual é bem menor, de 15%.

Liminar para garantir benefício

O auxílio-moradia para todos os juízes foi obra de uma liminar concedida pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), em 2014. Seu fim só foi decretado após uma negociação dura que obrigou o governo Michel Temer a avalizar um reajuste de 16,38% para os magistrados, que gerou efeito cascata nos Estados, por elevar o teto de salários para todos os servidores.

O levantamento do Novo analisou mais de 200 mil contracheques, inclusive de juízes estaduais. O Poder Judiciário nos Estados é blindado de qualquer crise e não recebe um centavo a menos que o previsto no Orçamento, mesmo quando as receitas caem. Por lá, o porcentual de quem extrapola o teto estadual (R$ 35,5 mil) chega a 77%.

A pesquisa exclui os meses de janeiro e julho deste ano para evitar um resultado inflado por quem “furou” o teto com o terço de férias.

O economista Daniel Couri, diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado, diz que o problema dos “penduricalhos” é que, embora seja preciso uma lei para criá-los, o valor é decidido de forma administrativa. Ou seja, os próprios poderes podem escolher se merecem ou não um aumento.

“A LDO seria o lugar em que se poderia limitar de alguma forma essa autonomia”, diz Couri. Para ele, o impacto do novo auxílio-saúde aprovado pelo CNJ deve ser significativo e levará aos órgãos do Judiciário federal a ter de cortar gastos em outras áreas, já que a emenda do teto fixa um limite total para as despesas. Caberá a cada tribunal regulamentar o pagamento do benefício.

Fonte: O Estadão

JOSIMAR DE MARANHÃOZINHO, O HOMEM QUE “ATIRA” PRÁ TODOS OS LADOS

Pelo visto o deputado federal e presidente do PL no Maranhão, Josimar de Maranhãozinho, está disposto a repetir nas eleições de 2020, o que fez nas eleições estaduais de 2016, ou seja, “atirar” para todos os lados.

Em 2016, Josimar chegou a registrar foto com a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), mas uma semana depois, já estava no Palácio dos Leões fechando acordo para a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB). Ao que parece, a foto com Roseana serviu apenas para pressionar o comunista, que caiu na estratégia de Josimar.

Já para as eleições em 2020, em São Luís, o desejo de Josimar é fazer o PL emplacar o vice na chapa encabeçada pelo líder absoluto nas pesquisas, o deputado federal Eduardo Braide (PMN).

No entanto, como ainda não tem essa certeza, Josimar já se reuniu com o deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), onde lhe ofereceu a legenda para a disputa eleitoral em 2020.

Como Duarte não aceitou de pronto, Josimar não perdeu tempo e agora já até flerta uma aliança com o deputado federal Rubens Júnior (PCdoB). Nesse caso, a ideia seria indicar o vice de Rubens Júnior para as eleições de 2020.

Resta saber se a estratégia de 2018, de pressionar com fotos de outros encontros o alvo principal, que funcionou com Flávio Dino, irá funcionar com Eduardo Braide. É aguardar e conferir..

Fonte: Jorge Aragão

EM CAXIAS, PRF FLAGRA MOTORISTA COM DROGA NA CUECA

Um motorista de 37 anos foi flagrado com droga na cueca durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Caxias, na tarde de sábado (21).

Por volta das 13h10, uma equipe da PRF flagrou um carro efetuando uma ultrapassagem no km 545 da BR-316. A guarnição o acompanhou até o km 543, quando o abordou. Foram solicitados do condutor a documentação do veículo e a CNH, momento em que a polícia sentiu um forte odor característico de “maconha”.

Diante da suspeita, foi solicitado ao condutor e ao passageiro, de 30 anos, que desembarcassem do carro para ser feita uma revista pessoal e no veículo.

Na revista pessoal foi encontrada uma porção com substância análoga a “maconha” de aproximadamente 5 gramas envolta em uma película plástica que se encontrava dentro da cueca do condutor, que ainda tentou esconder para que a equipe policial não localizasse a droga. Perguntado se tinha mais droga, ele informou que não e indicou no veículo onde estava um kit contendo um dichavador, dois pacotes de papelotes e uma tesoura que era utilizado para fazer os cigarros.

Foi feita revista pessoal também no passageiro e no veículo, não sendo encontrado mais nada de irregular. Indagado sobre a posse da maconha, o condutor informou à PRF que a droga era sua, que havia a adquirido em São Luís pelo valor de R$ 15,00 e que o material era seu.

O motorista estava trafegando de Teresina com destino a São Luís, que trabalha em uma empresa com venda de ingressos para shows. O passageiro informou que trabalha junto com o condutor e que também estava consumindo a droga.

Fonte: Noca

VIGIA É PRESO EM VILA NOVA DOS MARTÍRIOS ACUSADO DE VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA SETE CRIANÇAS

A Polícia Militar prendeu no último sábado (21) um homem identificado como Claudemir por suspeita de violência sexual contra sete vítimas entre crianças e adolescentes no município Vila Nova dos Martírios, a 660 km de São Luís.

Segundo a polícia, Claudemir trabalhava como vigia em uma escola da rede municipal do município. O conteúdo pornográfico com as vítimas foi encontrado no celular do conduzido. De acordo com as primeiras informações, os crimes aconteciam em áreas de matagal.

A denúncia chegou aos policiais por meio do Conselho Tutelar. O homem foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Açailândia, que ficou responsável pela investigação do caso.

Fonte: Noca

TIRO DE GUERRA DE CODÓ REALIZA PLANTIO DE ÁRVORES NO PARQUE AMBIENTAL DA CIDADE

Seguindo o cronograma de atividade do Projeto Verde Brasil, o Tiro de Guerra realizou, na manhã desta sexta-feira (20), o plantio de mudas visando à recuperação do Parque Ambiental de Codó.

O Projeto Verde Brasil, lançado no dia 03 de setembro, é uma parceria do Tiro de Guerra 08-007 e a Prefeitura de Codó, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, e visa não só o combate a incêndios florestais pela brigada formada pelos atiradores como também o plantio de mudas de árvores e a conscientização da sociedade codoense.

O ato contou com a participação do prefeito Francisco Nagib, dos atiradores do Tiro de Guerra, alunos e professores do Instituto Federal e da rede municipal de ensino. Entre as mudas plantadas estão espécies como Jacarandá, Ipê Amarelo e Ipê Roso (Pau d’arco).

O Projeto Verde Brasil tem também um aspecto educativo de conscientização, ao estimular os jovens sobre a importância da preservação das áreas verdes. Esta parceria contribui ainda mais para a melhoria da qualidade de vida da população e para a sustentabilidade da cidade, por meio dos diversos benefícios trazidos pela arborização urbana.

Ascom/Tiro de Guerra

EM COELHO NETO, JUIZ ALEGA EXISTÊNCIA DE “FATOS GRAVÍSSIMOS” AO PEDIR EXONERAÇÃO DE SECRETÁRIO JUDICIAL

Algo muito estranho tem acontecido no âmbito da 1ª Vara de Justiça na Comarca de Coelho Neto, para que o juiz responsável pela mesma, excelentíssimo juiz de direito Paulo Roberto Brasil, seja obrigado a pedir a exoneração do seu Secretário Judicial, Marcelo Tourinho.

Ao fazer o pedido de exoneração, o juiz da comarca de Coelho Neto explica que apesar de não ser o período para exonerações no âmbito da justiça estadual, “a solicitação ocorre na presente data, em razão de verificação de fatos gravíssimos que justificam de imediata esta providencia”.

A exoneração de servidores no judiciário com tamanha urgência e com tal justificativa é algo raro de acontecer, e abre brechas para diversos tipos de especulação. Segundo informações repassadas ao BLOG DO D SÁ, existe hoje um inquérito policial aberto contra Marcelo Tourinho e também tramita no âmbito da Corregedoria de Justiça uma investigação sigilosa contra o mesmo.

Lembrando que Marcelo Tourinho é irmão do atual presidente da Câmara de Vereadores de Coelho Neto, Marcos Tourinho, e que recentemente ambos estiveram em São Luís, onde se reuniram com o genro da desembargadora Nelma Sarney, o deputado federal Edilázio Junior.Nesse angu tem caroço, muito coisa ainda vai surgir!

                                                             Veja os documentos abaixo: