DEPUTADOS ESTADUAIS VISITAM HOJE USINA TERMELÉTRICA DE SANTO ANTONIO DOS LOPES

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT), presidente da Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa, lidera uma comitiva de dez deputados estaduais, em visita hoje quinta-feira (15), ao Complexo de Produção de Gás, em Santo Antônio dos Lopes, da Empresa Eneva.

A visita foi agendada no dia 24 de abril do corrente, em uma reunião que discutiu a questão da exploração do gás natural no Maranhão e seus possíveis usos para benefício da população.

A visita dos deputados será muito proveitosa; vamos conhecer as instalações da termelétrica, sugerir que a produção do gás natural também seja utilizada no Maranhão, já que é toda enviada para fora do estado; nesse sentido, no ano passado me reuni com a direção da Eneva para discutir esse assunto e vamos aproveitar para averiguar se os valores dos royalty`s dos gás estão sendo pagos devidamente para cada município beneficiado”, disse Fábio.

RETOMANDO AS DISCUSSÕES

Fábio Macedo defende que parte da produção de gás natural do Complexo de Produção de Gás Parnaíba, nos municípios de Lima Campos, Capinzal do Norte e Santo Antônio dos Lopes, seja disponibilizada à rede de distribuição de combustíveis para ser utilizado por veículos automotores, que trafegam no estado.

Em 2018, ainda como vice-presidente da Assembleia, Macedo chegou a reunir-se com a direção da Eneva para discutir a viabilidade do projeto, assim como a Fiema. Agora, as discussões serão retomadas, visto que o Brasil é um dos grandes produtores mundiais de gás natural e o Maranhão precisa disponibilizar mais essa opção para a população, seguindo exemplos dos outros 17 estados que utilizam o gás, como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Alagoas, Sergipe, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Amazonas e Goiás.

A visita acontece agora no período da manhã desta quinta-feira (15).

Fonte: Carlinhos Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *