Blog do de Sá -

FLÁVIO DINO ABANDONA A POLÍCIA MILITAR: EM TIMBIRAS PM,s ESTÃO SE ALIMENTANDO EM UM HOSPITAL DA CIDADE

723_flavio

Dino

Há cerca de uns três meses, policiais militares que trabalham na cidade de Timbiras estão sendo desrespeitados pelo governo Flávio Dino, e aqui queremos fazer uma ressalva: isso está acontecendo desde o governo desastroso do ex-prefeito Fabrízio do Foto, que deixou de fornecer alimentação aos policiais já que os municípios estão ajudando. O blog reconhece que o atual prefeito assumiu o município está semana passada, portanto, ainda não podemos cobrá-lo pelas desgraças deixadas pelo ex-prefeito e nem culpa-lo por isso. O blog recebeu esta denúncia esta semana e vê como um grande desrespeito com a PM, que faz de tudo para fazer um trabalho a contento e ainda é desrespeitada por políticos que não tem um pingo de respeito pelas instituições.

A ESPERANÇA É DR. ANTÔNIO BORBA.

Finalmente o município de Timbiras soube escolher um homem com perfil para administrar a cidade. Torcemos para que a situação dos policiais militares, que estão se alimentando no hospital do Estado, possa ser resolvida pelo atual prefeito, pois essa não é a forma de se tratar a policia militar, como se os policiais fossem algo descartável.  O blog está fazendo essa denúncia no sentido de que chegue ao conhecimento do prefeito e ele possa resolver mais esse abacaxi deixado por Fabrízio do Foto. Mas caso a situação não seja resolvida pelo novo prefeito, aqui estamos para cobrar em nome da sociedade Timbirense.

Categoria: Geral
  • Junior diz:

    Prezado Leandro, existe um equívoco. Não existe obrigação, seja do Governo Estadual, muito menos do Município de Timbiras, em pagar a alimentação do Policial.

    O salário deles é para cobrir suas despesas de alimentação.

    Porque então não se paga a alimentação do motorista, zelador, vigia, assistentes administrativos, que recebem salário muitíssimo inferior a um policial?

    Muito mais grave é a Prefeitura pagar estás despesas, pois lá é que os salários tem por base o salário mínimo, ou seja, no mínimo 4 vezes inferior ao de um Policial.

    Saudações de um leitor assíduo.

  • LEITOR diz:

    UM HOSPITAL QUE É DO GOVERNO DO ESTADO.

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*