MAIS DE QUATRO MIL VEÍCULOS SÃO ROUBADOS POR ANO NO MARANHÃO

De acordo com o relatório do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, mais de quatro mil veículos entre carros e motocicletas, são roubados por ano no Maranhão. Segundo o relatório, os dados apontam uma diminuição no número de casos registrados.

Em 2017, cerca de 4.447 mil veículos foram roubados e 3.130 furtados. No ano seguinte, o estado obteve 4.093 roubos e 2.980 furtos. Apesar da diminuição dos números, ainda há um grande registro de casos que preocupa autoridades em segurança.

Segundo o delegado Fernando Guedes, da Delegacia de Roubos e Furtos do Maranhão, mais de 100 mandados de prisões por roubo ou furto já foram expedidos somente este ano no estado e de cada dez veículos que são roubados ou furtados no Maranhão, sete são motocicletas. Em São Luís, de janeiro a setembro deste ano já foram recuperados cerca de 750 veículos.

A gente tem notado principalmente em várias operações que a gente vem deflagrando, como forma de coibir e reprimir esse tipo de ilícito aqui em São Luís, onde só esse ano em operações conjuntas com a Delegacia de Roubos e Furtos nós já demos cumprimentos de mais de 100 mandados de prisões”, disse o delegado.

O delegado Fernando Guedes explica que a maioria dos casos que são registrados acontecem principalmente em momentos de descuido dos condutores, principalmente nas chegadas e saídas de residências ou estabelecimentos comerciais. Por isso, ele alerta sobre a atenção redobrada e caso vire uma vítima de um desses crimes, que procure imediatamente uma delegacia de polícia.

Grande parte dos roubos que acontecem são muitas vezes com pessoas que estão entrando ou saindo de suas residências, já que estão desatentas com o que está acontecendo ao redor de sua casa e com isso, o elemento se aproveita para subtrair o veículo. Então a gente sempre alerta que tomem cuidado ao entrar ou sair de casa e se por ventura, infelizmente, vierem a ser vítimas desse crime que procurem imediatamente o plantão da Polícia Civil e procedam com o boletim de ocorrência para que a gente possa dar continuidade a investigação, conseguir recuperar o veículo, identificar os suspeitos e prendê-los”, finalizou.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *