EM COROATÁ, PREFEITURA É NOTIFICADA E PODERÁ DEMITIR 318 SERVIDORES, POR ACUMULO DE CARGO

Luis Filho, prefeito


A Prefeitura Municipal de Coroatá, em atendimento a pedido do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), referente à acumulação irregular de cargos, informa que o prefeito de Coroatá, Luís da Amovelar Filho, terá uma missão não muito boa nos próximos dias ou meses. Terá ele, Amovelar Filho, que tomar uma atitude e se comprovado acumulo de cargo terá que demitir todas as pessoas que acumulam cargos, ou seja existem servidores que tem portarias em outros municípios e  estado. A decisão do TCE mexeu com as estruturas da prefeitura de Coroatá que poderá demitir exatos: 318 servidores municipais, a prefeitura vai notificar todos os servidores e depois vai analisar a situação de cada servidor e tem 90 dias para isso. Só lembrando que não é uma questão política e sim uma imposição da constituição federal e outros municípios também serão notificados.

              CONFIRA ABAIXO A RELAÇÃO COMPLETA: 

 

 

COMISSÕES PERMANENTES DA CÂMARA DE CODÓ JÁ ESTÃO DEFINIDAS

Esta semana ficaram definidas as Comissões Permanentes da Câmara Municipal de Codó. Os membros titulares e suplentes da comissão, assim como presidentes e vices já foram definidos. O vereador Pastor Max ficou na presidência da Comissão de Constituição, Legislação, Redação Final e Administração Pública, uma das principais do parlamento. Após o primeiro momento, de escolha democrática das Comissões, foi apreciada uma pauta com 14 projetos dentre ele o Projeto que tratam sobre o concurso público e matérias como a unificação das matrículas de professores.

A reunião durou cerca de duas horas e foram deliberados vários Projetos de Lei que estavam desde o fim do ano passado engavetados, pela necessidade da formação das comissões. Existiam Projetos a serem deliberados esperando as comissões desde 2018. Conseguimos avançar bastante. Outros projetos serão apreciados no decorrer da semana. É um avanço, pois há tempos estamos cobrando a definição dessas comissões para podermos avançar com os trabalhos, e nenhum Projeto de Lei tramita na Casa sem antes passar pelas comissões”, explicou o vereador Pastor Max.

O vereador Pastor Max deu entrada no Projeto de Lei que cria a Semana Municipal de Ciência,  Tecnologia e Inovação, que irá fomentar a pesquisa e o desenvolvimento cientifico, se tornando uma política pública do município. “As Comissões Permanentes são órgãos técnicos da Câmara, e que servem para análise dos projetos e discussão das temáticas pertinentes a cada comissão”, concluiu Max.

Ascom

“MINHA INTENÇÃO É CONTRIBUIR” DIZ CÉSAR PIRES AO DECLARAR PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE CODÓ

O titular deste blog entrou em contato com o deputado estadual César Pires (PV) para checar a informação, divulgada em blogs da região, de que ele é pré-candidato a prefeito do município de Codó. O parlamentar admitiu que pretende colocar-se à disposição dos codoenses.

Sou mais um nome à disposição do povo de Codó. Minha intenção não é desqualificar nenhum outro, mas oferecer minha experiência como gestor público e parlamentar aos meus conterrâneos, considerando todos os benefícios que já levei para a minha cidade, e os laços que nos unem”, declarou César Pires.

O deputado tem a seu favor a vasta experiência na área da educação, com muitas obras em Codó – como a construção da escola Raimundo Pinheiro Pires e a implantação do campus da UEMA. Além de ter, por meio da sua atuação parlamentar, viabilizado outras importantes obras para o município, como a ponte do Codozinho, a aquisição de equipamentos agrícolas e a pavimentação de vias públicas.

Minha intenção é contribuir, de forma positiva, com o debate político em nossa terra. É preciso buscar soluções para os muitos problemas enfrentados pelos codoenses, colocando o desenvolvimento do município acima das divergências políticas. Este é o nosso sentimento”, declarou César Pires.

DEP. ADELMO SOARES VIRA AS COSTAS PARA EX-VEREADOR CODOENSE PEDRO BELO, ENTENDA PORQUÊ

O deputado estadual Adelmo Soares, PC do B, virou as costas para o ex-vereador codoense Pedro Belo. Belo foi quem apoiou com seu grupo político o então candidato Adelmo Soares e saiu em algumas casas em Codó e conseguiu pouco mais de 1.500 votos, o BLOG DO DE SÁ não obteve o números exatos de votos que o deputado teve na cidade de Codó. Pedro Belo foi um defensor de unhas e dentes na campanha do comunista e agora não está recebendo o que de fato merece por parte do parlamentar.

DEIXANDO PEDRO BELO A VER NAVIOS

Agora, o ex-vereador Pedro Belo está perdendo quase todos os seus cargos no estado na cidade de Codó e o deputado Adelmo Soares é incapaz de intervir junto ao governador Flávio Dino e pedir para que o governo deixe de tirar as vagas de emprego de Pedro Belo em Codó. Flávio Dino está deixando seu aliado das antigas sem prestígio e sem moral. “Quando ele é indagado por algumas pessoas ele fica sem saber o que dizer De Sá, fico é com pena dele, esse governador tá sendo muito desleal a Pedro Belo, e esse deputado que ele apoiou em Codó tá sendo pior ainda”, disse uma fonte ao BLOG DO DE SÁ na noite desta segunda-feira (20)

JOSIMAR DE MARANHÃOZINHO CHAMA JEFFERSON PORTELA DE PREPOTENTE E DIZ QUE FOI PERSEGUIDO POR ELE

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PR) chamou o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, de prepotente em nota divulgada após vir à tona a segunda “carta-bomba” escrita pelo delegado Ney Anderson, ex-chefe do Departamento de Combate ao Crime Organizado, órgão ligado à Seic, onde diz que o parlamentar foi alvo de investigação da SSP (releia).

Em sua defesa, Maranhãozinho acusou Portela de não medir consequências quando o objetivo “é atingir seus desafetos políticos” e criticou a operação Jenga, na qual classificou como “suspeita”, devido ao tom político apresentado em questão.

O deputado revelou, ainda, que ele e integrantes do PR sempre sofreram perseguições políticas por parte da Secretaria de Segurança Pública e detalhou ações policiais suspeitas e abusivas durante as eleições municipais de 2016 a candidatos nos quais estava apoiando.

“Todas as ações orquestradas pela Secretaria de Segurança do Estado não resultaram em nenhuma prova que desabonasse a conduta dos candidatos e do deputado federal Josimar Maranhãozinho, que vem sendo perseguido já por um bom tempo. O parlamentar enfatiza que é da base aliada do governo, mas o que garante a sua tranquilidade é sua conduta idônea e coerente junto a justiça e ao povo maranhense”, disse Josimar.

Entenda o caso

O ex-chefe do DCCO, Ney Anderson Gaspar, divulgou duas cartas contendo “nitroglicerina pura”, que foram publicadas com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, onde ele revela pedidos de Jefferson Portela para investigar desembargadores do Tribunal de Justiça e o deputado Josimar de Maranhãozinho (leia também)</strong>

Além disso, Portela teria mandado espionar familiares de magistrados e blindar o superintendente de Articulação da Baixada, Penaldon Jorge, no inquérito policial da Operação Jenga – que investigava crimes de agiotagem e tinha como alvos empresários e políticos.

O titular da SSP também barrou o pedido de reabertura do caso Décio Sá e desejava prender o ex-deputado Alberto Franco.

Ao ver seu nome em meio às denúncias, o auxiliar de Flávio Dino resolveu se manifestar em entrevista concedida ao Blog. Na conversa, ele rebateu todas as acusações e classificou as cartas como mentirosas e criminosas (reveja aqui).

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, José Joaquim Figueiredo, pediu rigor nas investigações das denúncias que, a princípio vieram à tona durante o depoimento do ex-delegado Tiago Bardal à 2 ª Vara Criminal de São Luís e, em seguida, reforçadas por Gaspar (relembre aqui e aqui)

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Maranhão também requer uma apuração das acusações rigorosas (veja aqui).

                                                                            Leia a nota abaixo:

“Segundo foi noticiado no Blog do Neto Ferreira, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, delegado Jefferson Portela, mandou que fosse aberta uma investigação contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PR). A operação denominada de “Jenga” é altamente suspeita, devido ao tom político como foi apresentada.

As perseguições ao grupo político e ao PR, de forma específica, não é de hoje. Nas eleições de 2016, vários fatos estranhos ocorreram envolvendo justamente pessoas ligadas ao parlamentar e ao PR sendo que absolutamente nada foi comprovado.

O caso mais grave ocorreu com o então candidato a prefeito pelo PR em Centro Novo do Maranhão, Ney Passinho. Em uma abordagem arbitrária, a polícia prendeu o candidato, que se encontrava apenas com R$ 25,00 (vinte e cinco reais) no bolso e ainda assim foi preso, suspeito de compra de votos. O fato aconteceu na véspera da eleição.

Em Maracaçumé, no mesmo ano, o também candidato Tio Gal teve um comício interrompido pela polícia. Em Cândido Mendes, o candidato Facinho também foi perseguido. Em Maranhãozinho, também teve represálias. Em Zé Doca, ações violentas contra o grupo da, hoje prefeita Josinha Cunha, também foram registradas, inclusive com invasão da rádio Alvorada e agressão ao locutor Constantino, por parte do grupo ligado à oposição, sem que a polícia se manifestasse ou tomasse alguma atitude; o que causou bastante estranheza e que hoje pode ser explicado.

Todas as ações orquestradas pela Secretaria de Segurança do Estado não resultaram em nenhuma prova que desabonasse a conduta dos candidatos e do deputado federal Josimar Maranhãozinho, que vem sendo perseguido já por um bom tempo. O parlamentar enfatiza que é da base aliada do governo, mas o que garante a sua tranquilidade é sua conduta idônea e coerente junto a justiça e ao povo maranhense.

Portela é tido como um homem prepotente e que não mede consequências quando o objetivo de atingir seus desafetos políticos. Na investigação contra Maranhãozinho nada foi constatado e o parlamentar se diz tranquilo quanto a sua vida pública.

É bom ficar atento, pois informações plantadas e caluniosas devem ser o próximo passo de quem, a qualquer custo deseja inibir o crescimento político do deputado federal mais bem votado das últimas eleições.

Deputado Federal Josimar de Maranhãozinho

Fonte: Neto Ferreira

ZITO ROLIM DEIXA MUITOS ALIADOS “ZANGADOS” APÓS COLOCAR IRMÃ DE LEONEL FILHO NA ASSEMBLÉIA

Leonel e Luciane

O ex-prefeito de Codó e agora deputado estadual Zito Rolim agraciou a irmã do vereador Leonel Filho com um emprego, e daqueles bem bacanas para: Luciane Maria Bayma Araújo Silva, ela agora é a mais nova assessora parlamentar de Zito Rolim na Assembléia. A atitude do deputado deixou muitos aliados seus meio chateados, para não dizer revoltados, já que a família do vereador Leonal Filho tem inúmeros empregos no governo “Mais Avanço, Mais Conquistas” do prefeito de Codó Francisco Nagib que é aliado de Zito Rolim. Para os aliados, Zito Rolim está cobrindo uns e descobrindo outros, ou seja, aliados que sempre deram uma mão amiga e até mesmo o corpo todo para ajudar em campanhas eleitorais e não recebem o que devem e o que merecem, enquanto outros que  já têm muito e é cada vez ganhando mais. Bom, caros leitores, são essas benesses que fazem da política um instrumento de admiração para uns e ódio para outros, mas afinal de contas não se pode beneficiar todos, isso é lógico, mas  beneficiar uns por demais é no mínimo achar que os demais são idiotas e marionetes de campanhas eleitorais. SIMPLES ASSIM….

EMPRESÁRIO EDIMAR FRANCO PODE ESTÁ SENDO USADO COMO “MASSA DE MANOBRA” POR ALIADOS DE FLÁVIO DINO EM COROATÁ

Edimar e Simplício

O título desta matéria nos remete a histórias do passado que a política fez na cidade de Coroatá. Uma delas, e talvez a mais recente na memória do Coroataense, é a do ex-prefeito Luís da Amovelar, que de empresário bem sucedido passou a ser um condenado pela justiça a devolver mais de 18 milhões subtraídos dos cofres públicos e o fez ficar inelegível e também começou a fracassar das pernas, quer dizer de bolso mesmo, onde suas empresas passaram a cair numa decadência sem explicação. Seria a política que o fez dar sinais de decadência na vida empresarial? Dizem que a política torna o sujeito bem de condições financeiras da noite para o dia, mas também é capaz de surrupiar seus próprios bens de forma impressionante.

EDIMAR FRANCO E UMA DECISÃO DUVIDOSA

Edimar Franco é um empresário bem sucedido na cidade de Coroatá e considerado o homem mais rico da cidade atualmente, o conceituado empresário é dono de postos de combustíveis, hotéis, loja de carro, fazendas, empresa de material de construção, de material agropecuário e outros empreendimentos. Com tanto crescimento graças ao seu trabalho e dedicação de seus familiares e colaboradores na vida empresarial, Edimar Franco quer agora demandar para o lado da política, certamente sem analisar a vida de outros homens bem sucedidos com seus negócios que fracassaram da noite para o dia por conta da política, como é o caso do ex-prefeito Luís da Amovelar. Teria coragem Edimar Franco de colocar seu patrimônio em risco por conta da política?

SENDO USADO COMO MASSA DE MANOBRA

Sem perceber, pelo fato de não ter o faro político e sim empresarial, o bem sucedido Edimar Franco pode estar sendo usado como massa de manobra por aliados do governador Flávio Dino. Homem de confiança de Flávio Dino em Coroatá, o líder político Ciba é um dos responsáveis pela negociação de partidos políticos, inclusive o próprio PC do B para que Edimar Franco filie-se e saia candidato a prefeito nas eleições do ano que vem com o total apoio de Flávio Dino. Outro partido oferecido a Edimar Franco, está sendo o SOLIDARIEDADE do secretário de estado Simplício Araújo.

MAS POR QUE QUEREM EDIMAR FRANCO CANDIDATO?

O govenador Flávio Dino e alguns aliados dele na cidade de Coroatá a exemplo do ex-vereador Ciba, não estão mais muito satisfeitos com o atual prefeito Luís da Amovelar Filho, Flávio Dino apoiaria uma terceira via na cidade de Coroatá inclusive levando todos os aliados de Amovelar que tem cargo no estado, a exemplo da vereadora Lurdinha, Cássio e outros que mamam nas tetas do governo do estado e atualmente estão com o grupo Amovelar. Seria Edimar Franco o candidato de Flávio Dino em Coroatá.

TEMENDO RICARDO MURAD.

Líder político nato e com eleitores fiéis, o ex-deputado Ricard Murad é um forte pré-candidato a prefeito em Coroatá. Temendo uma aliança entre Ricardo Murad e Edimar Franco, o governo do estado já tenta separar essa possível aliança oferecendo toda a estrutura do estado pra que Edimar Franco saia candidato a prefeito já que seu nome também é um dos nomes mais comentados na cidade. Edimar Franco é um dos amigos próximos de Ricardo Murad, os dois tem negócios e comungam de uma amizade de muitos anos. Estaria Edimar Franco disposto a se desfazer dessa amizade e sair candidato a prefeito apoiado por Flávio Dino? Ou ele faria aquela velha prática que na política não existe amizade? Bom, pelo andar da carruagem a política de Coroatá será efervesceste no ano que vem..

CÂMARA DE VEREADORES DE PRESIDENTE DUTRA VIROU UMA “CASA DE LAVAR ROUPA SUJA”

A Câmara de Vereadores da cidade de Presidente Dutra, atualmente que tem a frente o vereador Ronaldo Melo como presidente, está cada dia demonstrando ao povo que por lá está se tornando um local onde vereadores resolveram lavar suas roupas sujas, levar para tribuna seus podres e mostrar quem são seus desafetos na política.

BINÉ SOARES E RAIMUNDINHO DA AUDIOLAR

O vereador Biné Soares levou para tribuna da sessão de ontem à noite (20), a polêmica de um terreno  onde está sendo construído o prédio do IFMA naquela cidade. Biné Soares utilizou um termo encontrado por ele e quer que  o município de Presidente Dutra desaproprie o terreno e faça a doação para o IFMA. Pedindo uma parte, os vereadores aliados do atual prefeito como: André Jardins, Lucena e demais vereadores da base do prefeito resolveram descer a lenha em Raimundinho da Audiolar, dono do terreno.

O PRESIDENTE ACUSANDO

O Presidente da casa, Ronaldo  Melo, resolveu fazer acusações ao vereador Mano, alegando que o mesmo está praticando badernas na casa levando emissora para criar factoides para colocar a população de Presidente Dutra contra a administração. O vereador Mano, não pode usar a palavra porque foi interrompido pelo presidente que deu a sessão por encerrada.

RAIMUNDINHO VAI DOAR O TERRENO

O empresário Raimundinho da Audiolar, pretende doar o terreno onde está sendo construído o prédio do IFMA para a própria instituição e não para a prefeitura como desejam os vereadores  aliados  do prefeito. O BLOG DO DE SÁ teve conhecimento que a doação do terreno vai acontecer dentro dos próximos dias.

A CÂMARA VIRANDO UMA CASA DE FUXICO

Portanto, caros leitores,  a casa legislativa de Presidente Dutra está se tornando mais uma casa de fuxico e intrigas políticas. Enquanto a cidade está carente de benefícios por parte do governo municipal e os vereadores, principalmente os aliados do prefeito não olham para isso, a Câmara virou um local de lavagem de roupa suja e perseguição contra o empresário Raimundinho da Audiolar. Nem mesmo a presença dos alunos do IEMA deixaram os vereadores menos nervosos e mesmo assim mostraram seus despreparos perante ao alunado que pode presenciar como os parlamentares de Presidente Dutra se tratam durante as sessões. FOI UM PÉSSIMO EXEMPLO

MARCANDO 220 NO VELOCÍMETRO, COROLLA PARTE AO MEIO EM GRAVE ACIDENTE EM TIMON

Equipes da PRF, do SAMU e dos bombeiros participaram do atendimento de um grave acidente ocorrido na tarde desta segunda-feira (20), no km 606,4 da BR-316, próximo a cidade de Timon/MA. Uma pessoa foi socorrida pelo SAMU, mas morreu em Teresina/PI.

Por volta das 15h40, um automóvel Toyota/ Corolla trafegava sentido decrescente da rodovia BR-316, de Teresina para Caxias/MA, quando o condutor do mesmo, um rapaz de 23 anos, perdeu o controle do veículo, derrapou e colidiu violentamente a lateral do Corolla na frente de uma carreta bitrem, que trafegava no sentido contrário. A vítima foi levada para um hospital na capital piauiense, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos. Ele morava em Caxias e havia se deslocado a Teresina para buscar o veículo que estaria em uma revisão. A carreta saiu da pista e tombou após a colisão. Ela transportava grandes rolos de papel.

Um usuário da BR informou a um dos policiais que o Corolla poderia ter sido tocado por um outro veículo, o que teria provocado a perda de controle do passeio. O condutor da carreta, por outro lado, não viu nenhum outro veículo se envolver no acidente.

Pista bloqueada

Os policiais fecharam a rodovia por mais de uma hora para retirada de pedaços dos veículos e limpeza do local. O Corolla, de acordo com declarações de um dos policiais rodoviários federais, se quebrou em mais de quinze pedaços. A rodovia foi liberada para a circulação de veículos as 18h10.

O Instituto Médico Legal também foi acionado e esteve no local.

ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO:

Fonte: PRF