A CADA DIA, FLÁVIO DINO SE TORNA “UM POÇO DE CONTRADIÇÃO”

Que o governador do Maranhão, Flávio Dino, é um poço de contradição e sempre utiliza dois pesos e duas medidas, isso não é mais segredo para absolutamente ninguém, mas dia após dia, ele segue se superando.

Visivelmente incomodado com o desempenho da gestão de Eduardo Braide na capital maranhense, principalmente pelo protagonismo na vacinação, o comunista tem encaminhado alguns recados sugerindo uma aproximação e a realização de parcerias institucionais com a Prefeitura de São Luís.

Se fosse somente isso, a atitude seria até digna de aplausos, mas o problema é que quem está transmitindo os recados, tem deixado claro que se Braide quiser a tal aproximação, ele que tome a iniciativa de procurar o Governo Flávio Dino. Ou seja, Flávio Dino quer que Braide faça com ele o que ele jamais fez com Bolsonaro.

Sendo assim, para Dino o raciocínio é o seguinte: se for para fazer parceria com o Governo Federal, é Bolsonaro quem tem que procurar o comunista. Já se for para fazer parcerias com a Prefeitura de São Luís, é o comunista que precisa ser procurado pelo prefeito.

Vale lembrar que o governador, que jura ser democrático, jamais teve a dignidade de reconhecer e parabenizar a vitória de Eduardo Braide diante do seu consórcio de candidatos nas eleições da capital em 2020, algo que ele cobrou de Bolsonaro sobre as eleições dos EUA. Bolsonaro, posteriormente, parabenizou Joe Biden, já Dino se recusou a fazer o mesmo com Braide.

Pense no tamanho da empáfia do comunista.

Fonte: Jorge Aragão

GOVERNO DO MARANHÃO REALIZA PROCEDIMENTO INÉDITO NO HOSPITAL REGIONAL DE CAXIAS

O Governo do Estado ofereceu um procedimento inédito no Hospital Regional de Caxias, Dr. Everaldo Ferreira Aragão. A cirurgia de cranioplastia, realizada na última semana na unidade, é um procedimento considerado de alta complexidade que consiste na restauração da parte de cima do osso do crânio, chamado de calota craniana, que é retirada em situações como AVC e traumas cranianos. A cirurgia beneficiou o paciente Jefferson de Araújo Barros, de 39 anos.

Jefferson de Araújo havia sofrido um acidente automobilístico, no município de Passagem Franca, há dois anos. Na época, por conta do traumatismo crânio encefálico, ele precisou fazer a remoção de parte da calota craniana.

O paciente pode ficar por um tempo sem a calota, mas o risco é que a parte sem osso deixa a região do cérebro desprotegida. Para restaurar a parte de cima do osso do crânio, o paciente buscou atendimento no Hospital Regional de Caxias”, contou o neurocirurgião do Hospital Regional de Caxias, Thiago Guimarães.

Para o procedimento, foi confeccionada uma prótese customizada em impressora 3D em parceria com o Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer. Essa tecnologia permite a reconstrução exata do fragmento ósseo, o que proporciona melhor resultado estético e funcional.

Essa prótese é encaminhada por uma empresa de São Paulo. Nós encaminhamos os exames de imagem, eles fizeram a prótese em 3D no tamanho exato em que o paciente precisava para recomposição do crânio. Foi a primeira intervenção realizada na unidade de Caxias e já temos outros procedimentos agendados”, explicou o diretor geral do hospital, Jefferson Franklin Almada Coutinho.

Para o paciente Jefferson de Araújo Barros, a cirurgia significa uma fase superada. “Eu andava muito triste, mas com essa cirurgia fiquei mais feliz, agradeço de coração toda a equipe, médicos, enfermeiros e todos que cuidaram de mim. Estou melhor, graças a Deus”, agradeceu o pedreiro Jefferson de Araújo Barros.

MORADORES DE GRAJAÚ CONTINUAM DENUNCIANDO ACIDENTES NA MA-003

Acidente ocorrido no dia 24 do mês de abril na cidade de Grajaú distante 567 Km da capital maranhense, levou a comoção a população grajauense após a morte de 3 pessoas, dentre elas uma criança de apenas dois anos.

Segundo informações o veículo invadiu a pista contrária batendo em duas motocicletas. A criança que ia junto da mãe foi arremessada vários metros de distância e morreu na hora, a mãe da criança e o motoboy que também foram atingidos não resistiram aos graves ferimentos.

Logo após o ocorrido, a condutora do veículo fugiu sem prestar socorro as vítimas que dependeram da ajuda de pessoas que passavam pelo local.

Através de alguns relatos, a polícia Civil suspeita de que a condutora do veículo havia ingerido bebida alcoólica. Pois, segundo informações foram retirados cascos de cerveja do veículo logo após o acidente.

O acidente que ocorreu na MA-003, trecho carente de iluminação pública e que já foi local de vários outros acidentes fatais. Por isso, torna-se imprescindível a ação imediata da prefeitura naquela localidade.

O caso ainda está sendo apurado pela polícia e a condutora do veículo Mobi branco ainda continua sem prestar depoimento à Justiça.

A manifestação ocorreu ontem(3) por volta das 17h30min na praça Antônio Feitosa e contou com o apoio e a presença da polícia militar, secretária de trânsito e outras autoridades, além do apoio de amigos e moradores que pediam por justiça pela morte do motoboy Robertinho e da Josy mamãe da Alice de 2 anos.

O investigador Amaury Araújo da Polícia Civil pede para quem tiver mais informações, imagens, vídeos ou depoimentos,  poderá contribuir com o trabalho de investigação e tudo será feito de forma sigilosa.

Fonte: Minuto Barra

APÓS CONFUSÃO POR CAUSA DE UMA BALANÇA, PM DE CODÓ PRENDE HOMEM COM 3 ESPINGARDAS E REVOLVER

Nesta quarta-feira (05), o 17º Batalhão de Polícia Militar foi acionado para atender uma ocorrência no centro da cidade. No local, populares haviam contido um indivíduo que estaria negociando uma balança , que teria sido furtada de um estabelecimento comercial no bairro Trizidela.

 Uma segunda pessoa envolveu-se na situação pois foi acusada de ter comprado o objeto pelo valor de R$ 30,00. A GU deslocou até a residência do segundo acusado, o homem negou a autoria da compra e permitiu que os militares adentrassem sua residência para uma revista. No local foram encontradas 03 espingardas, 01 revólver cal. 32 e munições de vários calibres.

 Os dois homens foram conduzidos e apresentados na Delegacia Regional de Codó com os materiais encontrados em poder dos mesmos.

 O Comandante do CPAI-4, Coronel QOPM Jurandy Braga parabenizou ação dos militares por retirarem de circulação mais 03 armas de fogo e recuperarem o material furtado. O comandante do 17º BPM, Tenente Coronel Johnny Alves, enalteceu a rápida ação policial e agradece mais uma vez a população de Codó pela contribuição com o trabalho da Polícia Militar.

 Com mais está apreensão, o 17º BPM completa 08 armas de fogo apreendidas durante os cinco primeiros dias do mês de maio.

 MATERIAL APREENDIDO

 01 REVÓLVER CAL. 32.

04 MUNIÇÕES CAL.32.

02 ESPINGARDAS CAL. 20.

13 MUNIÇÕES CAL. 20.

01 ESPINGARDA “BATE BUCHA” MUNICIADA.

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ

 

OPERAÇÃO “MADALENA” É REALIZADA PELA POLÍCIA DE IGARAPÉ GRANDE

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil, deflagrou ontem terça-feira (04/05) na cidade de Igarapé Grande/MA, por volta das 14h, a Operação Madalena que buscou combater o crime de tráfico de drogas na cidade.

Desde o início do mês de abril de 2021 uma investigação foi desencadeada para colher elementos informativos visando demonstrar a prática criminosa por parte de um indivíduo das iniciais M.I.S.

Nesta terça-feira, a Polícia Civil recebeu denúncias anônimas que M.I.S. acabara de negociar um violão que havia sido furtado de dentro de uma igreja na cidade de Pedreiras ainda no mês de fevereiro do corrente ano.

Imediatamente uma equipe foi ao local e localizou o objeto furtado, bem como 56 porções de uma substância semelhante a maconha, 42 pedras de uma substância semelhante a crack, 01 arma de fogo do tipo garruncha, 08 aparelhos celulares sem comprovação da origem, 01 tablet, 14 pássaros silvestres, além de diversos apetrechos utilizados para embalar entorpecentes.

A funcionária de M.I.S. estava no imóvel e foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Igarapé Grande para prestar declarações.

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ

CASAL MORRE CARBONIZADO APÓS CARRETA TOMBAR E PEGAR FOGO EM BREJO

Informações repassadas ao BLOG DO DE SÁ por leitores na cidade de Brejo, dão conta de que uma carreta BITREM se envolveu em um acidente na MA 034, no início da tarde desta quarta-feira (5). O acidente aconteceu entre os municípios de  Brejo e Santa Quitéria. Relatos de nosso informante revelam que, a carreta saiu da pista, tombou e pegou fogo. O motorista e uma mulher que o acompanhava morreram carbonizados.

CÉSAR PIRES COBRA INFORMAÇÕES CLARAS SOBRE AUXÍLIO EMERGENCIAL DA ÁREA DA CULTURA

A falta de transparência na aplicação dos recursos públicos por parte do governo Flávio Dino foi novamente criticada na sessão desta quarta-feira (05) pelo deputado César Pires. Em plenário, ele relatou que secretários estaduais têm dificultado a fiscalização do Legislativo ao sonegar informações solicitadas pelos deputados da oposição.

Um dos casos citados por César Pires foi a solicitação de informações por ele encaminhada ao secretário estadual de Cultura, Anderson Flávio Lindoso Santana, sobre o pagamento de auxílio emergencial a profissionais da área da cultura. “Ele enviou uma relação precária e com pouca transparência, de “trabalhadores da cultura aptos”, mas não afirma se eles receberam o auxílio. Ou seja, estão aptos, mas talvez não tenham recebido. É uma lista com 1.750 pessoas da grande ilha que, segundo ele, receberiam R$ 600,00 cada uma. Mas não informa o CPF delas, o que nos impede de saber se realmente são pessoas vinculadas à cultura”, ressaltou César Pires.

Em novo ofício, o deputado requereu que o secretário informe o CPF e o tipo de atividade cultural de cada uma das pessoas relacionadas como aptas a receberem o auxílio emergencial, para de fato garantir transparência e que os recursos sejam devidamente aplicados. “Pelo CPF, nós, a sociedade e os organismos de fiscalização podemos comprovar se o auxílio emergencial foi pago devidamente. Como é que eu vou identificar quem são essas pessoas e que atividades exercem?”, questionou César Pires.

Ele finalizou afirmando que a falta de transparência é própria do governo Flávio Dino, e lamentou que os cerca de R$ 1 milhão supostamente pagos aos 1.750 profissionais da área da cultura, em cotas únicas individuais de R$ 600,00, seja muito inferior aos valores gastos pelo governo Flávio Dino para fazer propaganda do auxílio emergencial.

Eu tenho certeza que o que gastou na propaganda no horário nobre para dizer que está dando auxílio emergencial para a área da cultura foi maior do que o que supostamente teria concedido a esses profissionais, listados como aptos a receber e não como efetivamente pagos”, concluiu César Pires.