DEPUTADO FEDERAL MÁRIO DE OLIVEIRA RENUNCIA O MANDATO NA CÃMARA

Ele é suspeito de crime de responsabilidade, formação de quadrilha, crime contra a Lei de Licitações, estelionato, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e crime contra a ordem tributária, além de ter um processo de homicídio arquivado.

images

O deputado federal Mário de Oliveira (PSC-MG) renunciou ao mandato parlamentar ontem, em documento enviado à presidência da Câmara. Alvo de investigações, ele é suspeito de crime de responsabilidade, formação de quadrilha, crime contra a Lei de Licitações, estelionato, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e crime contra a ordem tributária, além de ter um processo de homicídio arquivado. Com a saída do cargo, Oliveira perde o foro privilegiado e os casos sairão do Supremo Tribunal Federal (STF) para a Justiça comum.
A justificativa oficial alegada para a renúncia foi problema de saúde. “Cheguei à conclusão de que não dá mais para conciliar a atividade parlamentar com o tratamento de saúde”, disse Oliveira, acrescentando que sofreu um enfarte no ano passado. O ex-parlamentar disse ainda que não acompanha os processos contra ele na Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *