RESPONDENDO A PROCESSOS ACUSADO DE ROUBAR A SAÚDE DO MARANHÃO, DR. MARIANO PRESO PELA PF CITA MARCELO TAVARES EM CARTA

O ex-chefe da Casa Civil do Governo do Maranhão e pré-candidato a deputado estadual, Marcelo Tavares (PSB), foi citado em carta escrita à mão pelo médico Mariano de Castro Silva, preso na Operação Pegadores da Polícia Federal.
Mariano, que é apontado como o operador do ‘esquemão da saúde’ no governo Flávio Dino (PCdoB), diz que pagou “exames até para familiar de Marcelo Tavares.”
Além de Tavares, o médico também cita outras pessoas que teriam sido beneficiadas no esquema, entre elas a assistente social Ana Lúcia, na época secretária adjunta da Secretaria de Saúde.
“AME (Assistência Médica Especializada) de Barra do Corda e os médicos da saúde profissional são pagos pela empresa do Alex [ex-namorado da Ana Lúcia – sec adjunta da SES]”, diz Mariano em um trecho da carta.
O médico também revelou que pagou caixão e translado a um membro nacional do PCdoB, partido do governador Flávio Dino, conforme revelou o Blog do comoanheiro Neto Ferreira.

                              Abaixo a carta-bomba do médico Mariano:

Fonte: Luís Pablo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *