UMA CONSELHEIRA TUTELAR DE PÉSSIMO EXEMPLO EM SANTA QUITÉRIA-MA

11222644_951773458220014_3742995217976183494_n-360x640

” A loira e seu amado Roberto”

De tudo pode acontecer vindo do município de Santa Quitéria do Maranhão, quando trata-se de fraude, corrupção, apropriação indevida de dinheiro público, são tantas as denúncias que o povo até esquece.
Agora, a bomba da vez é uma conselheira tutelar identificada como Alcionete Pedroza da Silva, conhecida também como “Loira do Roberto”. A servidora tem remuneração mensal de R$ 2.000,00 mil reais mensais, no entanto recebe indevidamente o benefício do Bolsa Família desde 2009, que de acordo com a lei é destinado para pessoas de baixa renda.
O mais grave ainda é que o marido da conselheira, Roberto Martins é coordenador do Programa Brasil Alfabetizado e tem salário fixo de R$ 3.000,00 mil reais.
A filha da conselheira, Ana Carolina Silva Martins, também é beneficiaria do Bolsa Família, além de ser nomeada na prefeitura como agente administrativo recebendo o valor de R$ 788,00.
A conselheira Alcionete também declara como sua dependente Sophia Silva Moreira, uma menor de idade que reside na cidade de Itapecuru-Mirim e que de acordo com informações nunca foi dependente da mesma.
Verificando os extratos da folha de pagamento da prefeitura de Santa Quitéria, a família da “Loira do Roberto”, tem renda mensal de R$ 5.000,00 mil reais, portanto não se encaixa nos padrões exigidos pelo Governo Federal para que se receba o benefício.
Ainda de acordo com os dados do portal da transparência ficou comprovado que a mulher recebe o beneficio há mais de sete anos, sendo que durante todo o seu mandato sempre se passou por “pobre” para receber a verba federal.
Apropriar-se indevidamente de dinheiro público principalmente de verba federal é um crime gravíssimo, dinheiro que teria que ser destinado a pessoas carentes.
É necessário que o Ministério Público tome medidas de urgência contra a corrupção que se instalou nessa cidade e principalmente contra a fraude no Bolsa Família.
A conselheira deverá perder de imediato o benefício, podendo ainda perder o registro de candidatura.

capture-20150903-202300-640x360

Veja o nome de Alcionete na relação

Fonte: Blog do Luis Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *