A DIFERENÇA ENTRE O PROCESSO DE JACKSON LAGO E O DE ROSEANA SARNEY

Roseana-e-Jackson[1]

Ex-Governador Jackson e atual Governadora Roseana

Desde que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, emitiu parecer pela cassação da governadora Roseana Sarney (PMDB) e do vice-governador Washington Oliveira (PT) membros da oposição repetem como um mantra: as provas que levaram à cassação de Jackson Lago (PDT) são muito menos robustas que as anexadas ao processo da peemedebista.

E por que, então, dois anos e quatro meses depois de eleito Jackson estava cassado e Roseana ainda aguarda julgamento pelo TSE quase três anos após eleita?

A diferença não é a robustez das provas, meus caros, mas a importância que cada um dos grupos deu (ou dá) aos processos.

No caso do pedetista, os aliados – principalmente Aziz Santos – o fizeram crer que o processo de cassação não passava de um devaneio de Chiquinho Escórcio. O resultado todos conhecem.

Já o grupo ligado à governadora Roseana atua fortemente na defesa da peemedebista, usando todos os meios legais à disposição para garantir o mandato, desde que a ação foi protocolada na Justiça Eleitoral.

É que o garante à governadora que, mesmo que o caso venha a ser julgado no Pleno do TSE, isso só ocorra muito perto do fim do mandato, ou mesmo após ele. Principalmente porque no ano que vem a Justiça Eleitoral já começa a se concentrar justamente no processo eleitoral.

 

Um comentário em: “A DIFERENÇA ENTRE O PROCESSO DE JACKSON LAGO E O DE ROSEANA SARNEY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *