ABSURDO: EM CÂNDIDO MENDES CARNE É TRANSPORTADA EM CARROÇA SEM HIGIENE

FotorCreated

Mazinho, prefeito de Cândido Mendes

A carne bovina comercializada no município de Cândido Mendes, chega à mesa da população local sem qualquer condição de higiene. A cidade não conta com um abatedouro e os animais são mortos ao ar livre em pleno mangue. e em seguida são transportados em uma carroça até o mercado público.
Conforme o flagrante, a carne é transportada protegida apenas por uma lona exposta a moscas sem nenhum tipo de respeito às normas de vigilância e legislação sanitária.
O descaso administrativo que Cândido Mendes vem vivendo na gestão do prefeito José Ribamar Leite de Araújo, mais conhecido como ‘Mazinho’, não é mais surpresa pra ninguém. O pior de tudo é que o governo municipal sabe do problema e não toma nenhuma atitude para resolver.
Vale lembrar que, a carne obtida sem a devida inspeção veterinária e em más condições de higiene, pode se transformar num vetor de doenças e infecções alimentares.
Enquanto isso só resta aguardar o Ministério Público e a Vigilância Sanitária manifestarem-se…

Fonte: Blog do Maycon Alves

3 comentários em: “ABSURDO: EM CÂNDIDO MENDES CARNE É TRANSPORTADA EM CARROÇA SEM HIGIENE

  1. O cidadão que faz este comentário não tem a mínima ideia do que acontece na nossa querida Codó. Com raríssimas exceções, a carne que consumimos, seja ela de boi, porco, bode . carneiro e frangos, sem falar nas vísceras, são transportados de todas as formas imagináveis e inimagináveis. Carroça, carro de mão, carroceria de camionete e caminhão e raríssimos casos em veiculo apropriado. Outra coisa a carne não é resfriada coo manda a lei e é manuseada da forma mais imunda possível. O mercado do peixe que fica no mesmo setor é outra imundice. Grande novidade o que foi falado. Para melhorar ainda mais temos o riacho água fria que passa por dentro do mercado e é um esgoto e lixeiro que vai para ali no Rio Itapecuru. Em resumo o nosso mercado é uma nojeira só, Em qualquer lugar civilizado ele já estaria fechado. Vá conhecer o que sujeira e de onde vem a sua comida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *