ACUSADO DE TENTATIVA DE ASSALTO A BANCO HAVIA FUGIDO DA CADEIA COM ALVARÁ FALSO

NTC20140703093606

Foragidos

O delegado Thales Gomes, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado, relatou que um dos assaltantes presos após o sequestro no banco Santander, fugiu de uma penitenciária no Maranhão após apresentar alvará de soltura falso.

Os presos foram Edson Freitas Araújo, 40 anos, e Kleber Alves Gomes, 37 anos. Em entrevista, Thales disse que um dos acusados fez uma ação parecida no ano passado e na ocasião conseguiu roubar todo o dinheiro do banco. Em seguida foi novamente preso.

“Os dois eram foragidos da justiça do Maranhão. Um deles estava cumprindo pena que chegaria a 30 anos, mas saiu pela porta da frente da prisão após apresentar um falso alvará de soltura”, detalhou o delegado.

Os assaltantes foram presos numa ação conjunta entre as polícias do Piauí, representada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado, que utilizou um helicóptero do GTA na captura dos criminosos, PRF e policiais militares do 2º BPM de Caxias.

A dupla que tentou assaltar uma agência bancária no centro de Teresina na manhã desta quarta-feira (2), empreendeu fuga com três reféns, mas, foram localizados e presos nas proximidades do povoado Altos, em Caxias (MA). Um dos reféns era o gerente do banco e mais dois funcionários que foram libertados sem ferimentos.

Fonte: Direto da redação do NOCA/Cidade Verde

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *