ACUSADOS DE EMBOSCADA À EQUIPE DO FANTÁSTICO SÃO PRESOS

1969405_762244197152341_7108785505909574051_n

Acusados de emboscada

Os três acusados de terem participado da emboscada à equipe da Rede Globo, no município de Anapurus, foram apresentados ontem a tarde a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, em São Luís. A informação foi confirmada pelo secretário Marcos Afonso.

No momento que eles se apresentaram, foi dado a voz de prisão e todos foram encaminhados à Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI).

Os acusados Jairo Lisboa de Sousa (Tesoureiro da Prefeitura de Anapurus), Manoel Francisco Monteles, conhecido como ‘Zominha’ e Agnaldo Henrique Alves, conhecido como ‘Risca Faca’, prestaram depoimento SPCI.

Todos são acusados de furtarem na última sexta-feira, dia 18, uma câmera e equipamentos de gravação dos repórteres do Programa do Fantástico, que estavam produzindo uma reportagem sobre obras superfaturadas nas prefeituras de Anapurus e de Mata Roma.

Os profissionais da emissora estavam almoçando em um posto de combustível quando foram rendidos por sete homens armados. O bando interceptou o carro dos repórteres e, à força, lhes tomou o equipamento.
No dia do roubo, apenas um policial militar foi preso em Anapurus, também suspeito de participação no crime. O PM foi identificado como Raimundo Silva Monteles, que é sobrinho da prefeita de Anapurus, Tina Monteles. Em depoimento, ele confirmou que esteve na cena do crime a convite do tesoureiro da Prefeitura Jairo Lisboa de Sousa.

Agora a polícia vai colher o depoimento dos acusados que foram presos ontem (25), para tentarem chegar nos outros envolvidos no crime. Há uma forte suspeita da participação do secretário de Finanças de Anapurus, Júlio César, que é irmão do ex-deputado Paulo Neto, esposo da prefeita de Mata Roma, Carmem Neto.

FONTE: Luís Pablo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *