AGORA LASCOU: GOVERNO FLÁVIO DINO QUER CORTAR VERBAS DAS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR DO MARANHÃO NOS MESES DE NOVEMBRO E DEZEMBRO

flavidino2

Flávio Dino

O titular do Blog do de Sá teve acesso a uma informação de dentro do Comando Geral da Polícia, em São Luís. Por meio de uma fonte do alto escalão da PM na capital maranhense, ficamos sabendo que o governo Flávio Dino quer cortar todas as verbas que são enviadas pelo estado às unidades de policia militar e civil em todo o Estado do Maranhão. A alegação do governador é que, em meio a esta crise danada o estado precisa conter gastos para só assim melhorar a situação em todos os setores, e principalmente na segurança. Bom governador, até que tem alguns gastos que vossa excelência pode conter, mas conter os gastos da polícia, que são essenciais para combater a criminalidade, acredito não ser a melhor opção.

UM COLAPSO NA SEGURANÇA PÚBLICA.

Ou deu a louca no governador Flávio Dino, ou ele quer mesmo acabar de vez com a pouca segurança que ainda existe nesse estado. Vamos entender o contexto das coisas. O governador quer tirar o dinheiro que manda para as unidades de polícia de todo estado para manutenção de viaturas, combustível e outras manutenções básicas, que só mesmo quem é da área da segurança pública entende melhor do que qualquer outra pessoa. Portanto, o governo quer que os comandantes façam “milagre” com um número mínimo de policiais nas ruas, sem estrutura para trabalhar, e agora que quer os comandantes trabalhem apenas com uma migalha que o governo vai repassar no mês de outubro. E que esse dinheiro sirva não só para o mês de outubro, mas sim para novembro e dezembro.

E COMO VAI FICAR CASO ISSO ACONTEÇA?

Pelo visto, caso isso for mesmo acontecer, o povo do Maranhão inteiro está é ferrado com esta atitude inacreditável do governador Flávio Dino. E se isso acontecer como nossos amados policias militares vão exercer suas funções nas ruas? Eles vão ter combustível nas viaturas para ir atender as ocorrências? E se a viatura quebrar, como elas serão concertadas? Será que o governador vai querer que os policiais usem seus carros particulares para combater o crime? Eu não acredito. Eu me refiro aos militares porque é a polícia que está 24 horas nas ruas, mas a civil também será prejudicada, sendo que muito menos, pois os mesmos recursos que são repassados a policia militar são repassados a civil. A diferença é muito pouca, sendo que a civil não tem tanta demanda de ocorrência quando a militar, que vive 24 horas em um trabalho ostensivo. Espero que esta atitude não venha se concretizar, porque com isso só quem sofre é a população. Caso o governo Flávio Dino duvide desta postagem basta entrar em contato com o Blog que temos a documentação assinada pelo comandante geral a todos as companhias e batalhões de polícia do estado.Simples assim……

Um comentário em: “AGORA LASCOU: GOVERNO FLÁVIO DINO QUER CORTAR VERBAS DAS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR DO MARANHÃO NOS MESES DE NOVEMBRO E DEZEMBRO

  1. Caro Blogueiro, sei que você é de Codó, mas aqui em São Luis, temos como certo o corte no orçamento. A Polícia Militar sempre foi uma tropa da capital, tudo que se tem de recurso fica por aqui. Nossos colegas do interior ficam pedindo esmolas para trabalharem, em muitos casos quem ajuda são os prefeitos e prefeitas, em muitos casos com combustível e dão uma pontinha para comandantes, quando eles não recebem em cash o retorno é em forma de cargos para parentes e esposas. Aí eu pergunto: “Como vamos ter autonomia funcional? se quem manda na nossa Instituição são os prefeitos e vereadores que nos tranferem ao bel prazer deles e muitos comandantes ficam com o rabinho trancado. Uma vergonha desse governador! Na época de Roseana já era assim, mas ele disse que tudo iria mudar e não mudou nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *