AINDA SE RECUPERANDO DA COLUNA E PAPAI PELA SEGUNDA VEZ,VEREADOR PASTOR MAX DESTACA A SAÚDE DE CODÓ

unnamed

Max Tony

Depois de passado o susto da crise de coluna que levou o vereador Pastor Max
a internação, o atuante legislador codoense voltou a Casa do Povo e dedicou seu
pronunciamento para falar sobre a sua saúde a saúde dos codoenses.
“Primeiramente queria agradecer ao Dr. Digeorge, que me atendeu a priori, no
momento mais angustiante de minha crise. Também agradeço a equipe da UPA, em
nome do Dr. Stênio, Dr. Wellington e Dr. Paulo, que demonstraram, não só a mim, mas
a todos os pacientes que chagavam necessitando de atendimento na UPA os grandes
profissionais que são”.
Papai mais uma vez

O vereador também não poderia, e não deixou, de mencionar o feliz episódio de sua
paternidade, sendo papai mais uma vez de uma menina também. “Minha esposa a
12 dias atrás deu a lua a minha filha no Hospital Geral Municipal – HGM, e eu não
poderia deixar de registrar os meus agradecimentos a toda a equipe da obstetria,
principalmente ao Dr. Osnir pela história de vida e o profissional responsável e
dedicado que é. Foi o Dr. Osnir que fez parto cesário em minha mãe quando ela
me teve na casa de saúde ha exatos 36 anos atrás e agora também fez o parto da
minha filha, olha como a história nos reserva gratas surpresas”, disse o parlamentar
emocionado.
Max destacou a eficiência do Sistema Único de Saúde (SUS), pelo qual foi atendido,
e os serviços da UPA e do HGM, do qual precisou duas vezes nas últimas semanas.
“Todas as vezes que preciso de serviços médicos eu procuro é a UPA, o HGM. E
não como vereador, mas sim como cidadão, como qualquer outro. Não me utilizo
das regalias do cargo. Se for para esperar eu espero. Se for para fazer qualquer
procedimento faço, a não ser que não realize aqui no município”, explicou.

Olhar Brasil em Codó

Vereador Max também destacou os programas de saúde do governo federal que
tem obtido grande êxito em Codó, como o Projeto Olhar Brasil, que propõe atuar
na identificação e na correção de problemas de visão em alunos matriculados na
rede pública de ensino da Educação Básica, prioritariamente, em alunos do ensino
fundamental de 1o ao 9o ano, em alunos alfabetizandos cadastrados no Programa Brasil
Alfabetizado e na população com idade igual ou acima de 60 anos.
O objetivo desse projeto é, principalmente, reduzir as taxas de evasão decorrentes de
dificuldades visuais e garantir melhor qualidade de vida destes cidadãos. De acordo com
o edil, em Codó Já foram realizadas até agora cerca 535 consultas só de alunos do PBA
e EJA, e no dia 10 passado foram entregues 408 óculos destas consultas. Os alunos do
ensino fundamental serão atendidos pelo PSE. Já foram feitas até agora mais de 22.000
consultas no ensino fundamental. Já atendemos o distrito de Cajazeiras e km 17.

Em defesa dos valores da família

Em suas palavras o vereador ainda manifestou repúdio as correntes de pensamento que
pedem pela legalização da maconha e do aborto, além de manifestar a vontade pela
continua luta pelos valores familiares. Max Finalizou agradecendo e parabenizando
a amiga e professora Socorro Guilhon, pela realização do I Ciclo de Palestras
Multidisciplinar sobre a Síndrome de Williams e parabenizando o Prefeito Zito pela
inauguração da Escola do Maçalino e do Posto de Saúde da Boa Vista do Procóprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *