ALÔ FLÁVIO DINO: FUNCIONÁRIOS DA UPA DE CODÓ E CIDADES DA REGIÃO ESTÃO PADECENDO

GEDSC DIGITAL CAMERA

O governador Flávio Dino está mais sujo do que “pau de galinheiro”, e a cada dia a coisa fica mais complicada para o comunista “Dino”. Se não bastasse ter sido citado na LAVA JATO, a cada dia aparecem mais e mais denúncias do governo, comandado por ele e sua corja, sendo um discípulo de Lula e sua quadrilha. Está difícil de Dino conseguir explicar sua inocência. Mesmo que explique, talvez já seja tarde demais.

FUNCIONÁRIOS DA SAÚDE ESTÃO PADECENDO.

 A UPA de Codó é exemplo da péssima condição da saúde no governo Flávio Dino. De acordo com informações colhidas pelo Blog, os funcionários estão desde janeiro viajando sem diárias. Quando viajam, chegam até a passar fome por conta de não terem sequer uma grana para comer. Os funcionários que precisam viajar sempre a trabalho não conseguem ter uma respostar sequer da empresa EMSERH, que cuida dos contratos com funcionários da Secretaria de Saúde do Estado.

SAIBA QUAIS SÃO AS CIDADES AFETADAS.

A EMSERH não tem dado o mínimo de atenção para quem está padecendo nos seus locais de trabalho. Na UPA de Codó, por exemplo, os funcionários não sabem mais a quem recorrer e sentem medo de procurar seus direitos, com medo de perder o emprego. No HGT, Hospital Geral de Timbiras, não é diferente. Por lá a coisa está preta e os funcionários também temem procurar os direitos. Em Caxias, Timon, Peritoró e Coroatá os funcionários também não estão recebendo suas diárias desde janeiro e nem previsão tem para voltarem a receber.

O mais estarrecedor é que todos esses municípios, com exceção de Caxias, os prefeitos são todos aliados do governador, inclusive a cidade de Codó. Ou esses prefeitos não fazem questão de ajudar, ou o governador gosta mesmo de maltratar aqueles que trabalham para salvar vidas. LAMENTÁVEL.

8 comentários em: “ALÔ FLÁVIO DINO: FUNCIONÁRIOS DA UPA DE CODÓ E CIDADES DA REGIÃO ESTÃO PADECENDO

  1. esse tal de dr casca grossa que nem coragem de mostrar a cara tem é um imbecil, vive a denegrir os outros nos blogs de Codó e quando não entende o texto apela para o “rebuscado”, rapaz se oriente e poste algo que se aproveite. Mostre a cara, diga quem é você para que possamos fazer um debate a altura, a covardia é típica de baixíssimo carater.

  2. O Globo: delação contra Flávio Dino foi para acalmar Sarney

    O colunista Jorge Bastos Moreno, do jornal O Globo, publicou neste fim de semana a razão pela qual a Procuradoria Geral da República decidiu levar adiante a acusação do delator José Carvalho Filho contra o governador Flávio Dino, mesmo com diversas contradições na acusação.

    Moreno conta que foi para evitar que a família Sarney alegasse ser perseguida pela Lava Jato.

    Rodrigo Janot é o procurador-geral da República e o responsável pelas investigações. O vice dele é Nicolau Dino, irmão de Flávio Dino. Embora os dois irmãos não tenham afinidade política, isso vinha sendo usado pelos Sarney para sustentar que haveria perseguição contra eles.

    A saída, então, foi levar a delação adiante, mesmo com todas as inconsistências.

    A nota do colunista do Globo, com título “Esperteza”, diz que “Janot deixa mesmo a Procuradoria em setembro. Sem compromisso com ninguém, quis deixar seu nome na História. Não perdoou nem o governador Flávio Dino, irmão do seu braço direito na PGR”.

    “Para calar a boca dos Sarney, que se dizem perseguidos pelo procurador por conta desse parentesco”, acrescenta o colunista.
    Blog Marrapá.

  3. Ahahahahahahaha. Toma mais uma pesquisa.

    Flávio Dino tem 59% de intenções de voto contra 26% de Roseana Sarney, aponta Exata
    18 de abril de 2017.

    Pesquisa realizada pelo Instituto Exata revela que se a eleição para governador fosse hoje o atual chefe do Executivo, Flávio Dino, venceria novamente no primeiro turno com 59% dos votos contra 26% que seriam dados à ex-governadora Roseana Sarney, também avaliada na sondagem.
    No levantamento, 10% disseram que anulariam voto ou votariam em branco; e 5% disseram não saber ou não querer responder.
    No mesmo levantamento do Instituto Exata, Roseana Sarney lidera a rejeição, com 47% de manifestações.

Deixe um comentário para dr.cascagrossa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *