ALÔ MINISTÉRIO PÚBLICO: A COISA TÁ FEIA EM BARÃO DE GRAJAÚ, EMPRESA GANHA MAIS DE 1 MILHÃO PARA TRABALHAR SÓ 23 DIAS

O Ministério Público precisa fazer uma verdadeira varredura nos contratos assinados na prefeitura de Barão de Grajaú, comandada por Glaydson Resende. O blog Maramais do companheiro , Guilherme Mulato, recebeu varias denúncias de irregularidades, dentre elas, uma gravíssima, envolvendo recursos da Iluminação Pública da cidade.
De acordo com os dados constantes no Portal da Transparência, a empresa RFS – Rodolfo Freitas dos Santos, celebrou contrato com a prefeitura no dia 08 de fevereiro de 2018, com prazo para terminar no dia 03 de março de 2018, ou seja, apenas 23 dias de contrato.
Por esse curtíssimo período, a empresa, que seria do primo do prefeito, faturaria a fortuna de R$ 1 milhão, 363 mil reais, para gerir a Iluminação Pública de Barão de Grajaú.
A empresa vencedora da licitação em Barão de Grajaú é a mesma que venceu licitação e vai faturar mais de R$ 1 milhão para locação de veículos no município da Raposa, que coincidentemente é comandada pela esposa de Glaydson.
Além da fortuna paga por apenas 23 dias de serviço, outra informação ainda mais grave deve levar o Ministério Público a investigar e posteriormente acionar o prefeito por suposto ato de Improbidade Administrativa.

Quando a empresa RFS foi contratada para gestão da Iluminação Pública, o município já tinha contrato similar com a empresa Brito e Dias LTDA, com vigência até o dia 04 de abril de 2018.
Pelo contrato que durou seis meses, a empresa Brito e Dias, com sede em Matões do Norte, faturou R$ 1 milhão 563 mil reais, ou seja, quase o mesmo valor que a empresa RFS, com sede na periferia de Colinas, faturou em apenas 23 dias de trabalho.
A similitude do objeto dos contratos, firmados com empresas diferentes, por licitações diversas, dentro do mesmo período temporal, em tese, pode configurar fracionamento de licitação, o que pela legislação, incorre em ato de improbidade administrativa.

                                  Veja documentos abaixo:

Fonte: Maramais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *