APROVADOS EM SELETIVO DO GOVERNO DO ESTADO ATÉ HOJE ESPERAM SER CHAMADOS POR FLÁVIO DINO

indice

Flávio Dino

O governo desastroso de Flávio Dino a cada dia fica pior. A esperança de dias melhores no “governo da mudança” de Dino está indo para o ralo. Tantas promessas e tantas expectativas dos maranhenses que foram plantadas pelo comunista, ficaram de fato só nas promessas. Os aprovados no seletivo, feito pelo Estado no dia 03 de Abril deste ano para todas áreas da saúde, até hoje esperam ser chamados para o trabalho, mas até agora nada. As esperanças de isso acontecer já são remotas por parte dos aprovados.

A EMPRESA EMSERH TAMBÉM NÃO DIZ NADA AOS APROVADOS.

A empresa EMSERH, que é a responsável para cuidar das unidades de saúde do Estado, também não tem dado uma explicação aos aprovados no seletivo, ou seja, os aprovados não sabem a quem recorrer diante de tanta falta de respeito por parte do governo Flávio Dino.

Desde maio, quando foi publicado no diário oficial, os aprovados esperam ser chamados. Por conta disso, alguns já até pensam entrar na justiça para terem seus direitos respeitados. O pior de tudo é que ninguém da secretaria de saúde, ou mesmo da secretaria de comunicação do Estado, tem dado uma resposta aos aprovados, e muito menos uma nota sobre as matérias que são publicadas pelos blogs do Estado. LAMENTÁVEL esse “governo da mudança”.

15 comentários em: “APROVADOS EM SELETIVO DO GOVERNO DO ESTADO ATÉ HOJE ESPERAM SER CHAMADOS POR FLÁVIO DINO

  1. Desde já, Blogueiro Leandro de Sá. quero te parabenizar por essa matéria está sendo veiculado neste blog, pois até agora nesta cidade de Codó – MA. Nunca tinha visto nenhum blog publicar essa demanda, que muito nos incomoda pela falta de respeito, por parte dos governo Flavio Dino. Já que não estamos pedindo um favor a ele. Espero que outros canais de comunicação da cidade de Codó também contribuam para a divulgação dessa demanda. Bem como, os nossos supostos representantes vereadores desta cidade, que em muitas configurações se apresentam como nossos fieis representantes, mas o que não resta dúvida é são Fortes Cabos eleitoras desse governador e, é por cause deles que não somos convocados,porque eles não param de lotar os nossos hospitais de contratos, impedindo assim que seja utilizado o banco de vagas oficial que governo deveria reconhecer. Leandro de Sá, gostaria que você procurasse o legislativo desse município para dar uma posição satisfatória a todos nós. Obrigado pela força. E que outros blogs e comportem como uma mídia imparcial.

  2. Primeiramente gostaria de lhe agradecer e lhe parabenizar pela coragem q vc teve de fazer essa postagem, amigo blogueiro. Eu e alguns colegas ja havíamos feito apelo para outros blogueiros falar sobre este assunto, mas estes não tiveram coragem. Muito revoltante o q está acontecendo com nós aprovados neste seletivo se não era pra ter seletivado nestes hospitais pra q fazer um seletivo? Arrecadação de dinheiro? Propaganda ??? Espero q o governador Flávio Dino nos der uma satisfação.

  3. Parabens pelo conteudo do blog e pela noticia sobre os aprovados no concurso da EMSERH , sou um dos aprovados no concurso , viajei mais de 200 km par fazer a prova em codo e passei, a falta de respeito com os aprovados é tanta que quem nao fez o seletivo foi convocado na surdina por padrinhos politicos e estao em exercicio. FALTA DE RESPITO DO FLAVIO DINO COM OS APROVADOS DO SELETIVO EMSERH 2016! parabens pelo post e continue nos mantendo atualizados De Sá.

  4. Parabéns. Obrigado pelo apoio. Vamos lutar até ser convocado. Sou da cidade de Codó e fui aprovado no seletivo para dois cargos e ainda não fui convocado para nenhum. Mas, sei que a UPA de Codó tem pessoas trabalhando pro apadrinhamento político, ou seja, não fizeram o seletivo e estão ocupando nossas vagas que foram conquistadas com muito esforço e dedicação. Eu,por exemplo, fiz duas provas no mesmo dia e fui aprovado nas duas, dessa forma, não é justo que pessoas que não as fizeram estejam trabalhando no meu lugar. Obrigado. Espero que os outros blogueiros de Codó também tomem essa iniciativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *