AULAS NAS REDES PÚBLICA E PRIVADA NO MARANHÃO SÓ VOLTARÃO EM JUNHO

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), desistiu de deixar aos estabelecimentos privados de ensino e aos prefeitos a decisão sobre retomada, ou não, das aulas em maio (saiba mais).

O comunista anunciou hoje (1º), em coletiva no Palácio dos Leões, que os alunos só voltarão às escolas – tanto na rede pública, estadual e municipal, quanto na privada – no mês de junho, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19)

Um novo decreto será editado com a determinação, no domingo (3), uma vez que a medida atualmente em vigor cessa no dia 12 deste mês.

Na segunda-feira (27) ele havia afirmado que decidiria apenas sobre a rede estadual. “Eu confio e preciso da parceria dos prefeitos e prefeitas. Eles têm as suas responsabilidades, as suas atribuições. É um processo que anuncio agora para que cada um reflita, é uma decisão das comunidades escolares, professores, gestores. No que se refere à rede estadual não temos previsão de retorno. Muito provavelmente esse prazo do dia 12 de maio será estendido na medida em que nós temos a necessidade de funcionamento conjunto da rede estadual. Eu não posso ter vários calendários escolares na mesma rede”, declarou.

E também pediu diálogo entre pais e escolas privadas. “No que se refere à rede privada, peço que pais e escolas dialoguem entre si, porque não é uma decisão que caiba exclusivamente ao governador”, completou.

Agora, no entanto, um novo decreto disciplinará todos os estabelecimentos.

Fonte: Gilberto Léda

3 comentários em: “AULAS NAS REDES PÚBLICA E PRIVADA NO MARANHÃO SÓ VOLTARÃO EM JUNHO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *