FLÁVIO DINO INCENTIVA AGLOMERAÇÃO POLÍTICA, MAS CANCELA RÉVEILLON PARA EVITAR AGLOMERAÇÃO

O Governo do Maranhão oficializou o cancelamento da tradicional festa da virada, no Réveillon, e de qualquer evento de final de ano que envolva grande aglomeração de pessoas.

A informação foi confirmada em nota encaminhada ao G1 Maranhão. Segundo o Executivo estadual, o objetivo é preservar a saúde da população e dos artistas. Também estão cancelados para este ano os shows natalinos na região central de São Luís.

Apesar do cancelamento das principais atrações, o governo disse que vai decorar alguns monumentos públicos com temas natalinos e garantir queimas de fogos em 22 pontos distribuídos por São Luís.

A decisão do governo pegou muita gente de surpresa na quinta-feira (26), sobretudo porque, um dia antes, o próprio governador Flávio Dino (PCdoB) estava incentivando uma grande aglomeração política, realizada na Praça Deodoro por apoiadores do candidato a prefeito de São Luís Duarte Júnior (Republicanos).

“Grande união para a qual convido todos e todas”, escreveu o comunista, ao postar foto do ato em seu Twitter (saiba mais).

O próximo passo é um segundo lockdown, pode apostar.

Fonte: Gilberto Léda, com informações do G1 Maranhão

AGIOTAS COLOMBIANOS SÃO PRESOS EM MIRANDA DO NORTE

A Polícia Civil de Miranda do Norte realizou uma operação na tarde da última quarta-feira (25), com o intuito de reprimir a prática do crime de agiotagem no município.

Após denúncias anônimas e investigações da Polícia Civil de Miranda do Norte foram executadas abordagens nos suspeitos e com eles encontrado agendas de anotações dos empréstimos ilegais, valores em espécie e cartões de cobrança desses empréstimos.

Ainda, segundo apuração da autoridade policial, os valores a serem emprestados tinham mediante cobranças diárias com juros de 30% ao mês, fatos estes que levaram à autuação em flagrante dos mesmos, que têm nacionalidade colombiana.

Fonte: Domingos Costa

PREFEITO DE MATA ROMA É INVESTIGADO POR MÁ APLICAÇÃO DE VERBAS DO FUNDEB

O prefeito de Mata Roma, Raimundo Ivaldo do Nascimento Silva, conhecido como Bode, está no bojo de um inquérito instaurado pela Procuradoria da República.

A investigação é relativa à possível malversação de recursos públicos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação/FUNDEB, repassados ao município de Mata Roma, nos exercícios financeiros de 2017 e 2018.

Segundo o documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira, o procedimento investigatório está sob a responsabilidade da procuradora da República, Carolina da Hora Mesquita Hohn.

O prefeito de Mata Roma tem 10 dias para se manifestar sobre as irregularidades apontadas e apresentar as documentações necessárias.

Fonte: Neto Ferreira

TRAGÉDIA EM SANTA INÊS: GRAVE ACIDENTE CAUSA MORTE DE GRÁCIDA E 4 FICAM FERIDOS

Uma colisão entre uma van e um carro de passeio causou a morte de grávida nessa quinta-feira (26) na BR-222 em Santa Inês. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 13h30 dessa quinta no Km 382.4 da BR 222.

De acordo com a PRF, a dinâmica do acidente indica que o condutor da van, que seguia sentido crescente da via (de Santa Inês para Santa Luzia), tentou realizar uma ultrapassagem em faixa contínua, quando colidiu frontalmente com o veículo de passeio.

Após o acidente, o condutor de van fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. No interior da van foram encontradas diversas latas de cerveja e um litro de uísque.

Ainda segundo os policiais rodoviários, no carro uma passageira identificada como Valcleia Carvalho da Silva, de 37 anos, natural de Santa Luzia, estava grávida e morreu no local. Outros quatro ocupantes do automóvel foram socorridos em estado grave. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Fonte: Neto Ferreira

“POVO DE SÃO LUÍS MOSTRARÁ A FLÁVIO DINO QUE TEM LIBERDADE PARA VOTAR” DIZ CÉSAR PIRES

Em forte discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado César Pires fez duras críticas à interferência do governador Flávio Dino nas eleições municipais deste ano, principalmente em São Luís.

“Bateu o desespero e o governador age como um suserano, determinando aos seus vassalos que tentem reprimir a liberdade dos servidores públicos nos órgãos estaduais, obrigando-os a adesivar carros e a fazer campanha para seus candidatos. Mas diante da força bruta do governante, o que vai prevalecer, diante das urnas, é a consciência dos eleitores”, enfatizou César Pires.

No quinto mandato parlamentar, o deputado que já foi líder do governo e da oposição na Assembleia afirmou que nunca viu nada igual às investidas do governador, mas ressaltou que os resultados das urnas mostram que sua interferência direta não tem sido positiva para os seus candidatos.

Mesmos com suas gravações agressivas, o governador não elegeu seus candidatos a prefeitos nos grandes redutos eleitorais do Maranhão, como Imperatriz, Caxias e Codó. E em São Luís não conseguiu manter nem unidade partidária do seu grupo. Ameaça seus asseclas, tenta amedrontar e reprimir quem se aventurar a ser contra ele. É triste ter um governo que vende a liberdade, que vende os métodos republicanos, e age dessa forma”, ressaltou o deputado.

César Pires também criticou a pressão do governo sobre o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, que resiste em se manifestar sobre a disputa eleitoral na capital. Lembrando que o candidato Eduardo Braide disse em um debate que o governo estadual pouco atuou em efetiva parceria com o município de São Luís, o deputado ressaltou que as obras em execução em São Luís estão sendo feitas com recursos da Caixa Econômica, e do Iphan.

Nunca vi na minha vida tanta repressão, tanta força bruta, tanta ação do Governo do Estado, para tentar bloquear a liberdade de expressão e de voto do funcionalismo público. Apanigua seu candidato de forma diferenciada, força as pessoas a tentarem votar nele, mas não vai conseguir. Será mais uma derrota acachapante do governador do Estado, aqui em São Luís”, afirmou César Pires.

O deputado concluiu seu discurso conclamando os servidores estaduais e toda a população a votar sem medo, para mostrar que o eleitor tem o poder de escolher seus candidatos de acordo com a sua consciência, sem ceder a pressões.

A reviravolta começou. O governador Flávio Dino perdeu em todos os redutos em que botou o dedo, e sofrerá uma derrota acachapante em São Luís. O povo de São Luís está vivo, e vai eleger Eduardo Braide. Vamos comemorar a vitória do 19, a vitória da liberdade”, concluiu César Pires.

Fonte: Gilberto Léda

PAI DO PREFEITO DE COROATÁ É CONDENADO POR NÃO PRESTAR CONTAS DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

Luis pai e Luis Filho

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) reprovou contas de gestores municipais determinando a devolução de valores que, somados, chegam à quantia de R$ 13,8 milhões, além das multas correspondentes. Todas as reprovações foram em primeiro julgamento, restando a possibilidade de recurso.

O processo envolvendo valores mais altos foi o 3505/2012, tomada de contas da Administração Direta do município de Montes Altos, exercício de 2011, tendo como responsável Valdivino Silva Rocha. Ausência de documentação relativa à despesa pública no exercício levou à imputação de um débito no valor de R$ 9,6 milhões, além de multa proporcional. A decisão contou com parecer favorável do Ministério Público de Contas (MPC).

No processo 3504/2012, o Pleno julgou irregulares, acolhendo na íntegra o parecer do MPC, as contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS) do município de Coroatá referentes ao exercício de 2011, de responsabilidade do então prefeito Luís Mendes Ferreira e do então Secretário Municipal de Saúde Luiz Marques Barbosa Junior.

Entre as irregularidades que inviabilizaram a aprovação das contas se destacam despesas realizadas sem o correspondente Empenho, ausência de notas fiscais e de comprovantes de pagamento. O prejuízo ao erário redundou em um débito de R$ 1,3 milhão, com multa no valor de R$ 51 mil.

O processo, 4009/2014 também envolveu recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS), só que desta vez do município de Paulino Neves, tendo como responsáveis Raimundo de Oliveira Filho (Prefeito) e Angélica Maria Barros de Santana Araújo (Secretária Municipal de Saúde). O débito de R$ 2,9 milhões corresponde a danos ao erário decorrente de despesas sem comprovação e irregularidades em processos licitatórios. A multa aplicada foi de 297 mil. A decisão acolheu parecer favorável do MPC.

BACHAREL EM DIREITO BALEADO EM CODÓ NÃO RESISTE E MORRE NO HOSPITAL HGM

O BLOG DO DE SÁ acabou de receber a informação por meio de uma fonte no Hospital Geral Municipal de Codó dando conta da morte do bacharel em direito Lauro Pontes. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Lauro, foi baleado pelo menos três vezes na porta de sua residência no final da manhã desta quinta-feira (26).  A polícia já esta fazendo buscas no sentido de prender o autor do crime.

 

EM CODÓ, BACHAREL EM DIREITO É BALEADO NA PORTA DE CASA AGORA POR VOLTA DE MEIO DIA

O bacharel em direito, Lauro Pontes, foi surpreendido por um homem armado na porta de sua residência no centro da cidade  agora por volta do meio dia desta quinta-feira (26).  Testemunhas dão conta de que ele estava chegando em casa quando foi surpreendido por um homem armado que disparou três vezes contra Lauro Pontes. Ainda de acordo com testemunhas, o suspeito estava vestido de jaqueta preta, uma outra pessoa esperava bem próximo ao local. Em instantes mais informações: