BOMBA: CGU DIZ QUE DESVIO NA SAÚDE BANCOU CAMPANHAS DA FILHA E MULHER DE RICARDO MURAD

andrea-murad-ricardo-murad-teresa-murad-e1447958708915-1024x567

Trio

Auditoria especial realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU), no Maranhão, com solicitação da Polícia Federal, identificou supostos desvios de recursos da Secretaria de Estado da Saúde, por meio da terceirização da gestão hospitalar da rede pública estadual.
O relatório obtido pelo Blog do Neto Ferreira embasou a operação Sermão aos Peixes, deflagrada na tarde da segunda-feira (16) e manhã desta terça-feira (17), que levou para cadeia donos de empresas e políticos, além de condução coercitiva -modalidade de prisão -, busca e apreensão na casa do ex-secretário de Saúde.
A análise feita no período de 2010 a 2013 apontaram que verbas superfaturadas recebidas pelas empresas bancou campanhas de vereadores; prefeita de Coroatá, Tereza Murad e da filha deputada estadual Andrea Murad, sobrinha da ex-governadora Roseana Sarney. Andréa é filha de Ricardo Murad.

A auditoria verificou que a Empresa Litucera Limpeza e Engenharia Ltda., fez doação de quase um milhão de reais exclusivamente a candidatos em Coroatá. R$ 200 mil em nome de Andrea Trovão Murad Barros referente a campanha de deputado Estadual, eleição de 2014; R$ 200 mil para o Diretório do PMDB do Maranhão, referente a eleição de 2012; R$ 186 mil em nome de Maria Tereza Trovão Murad, referente à campanha de Prefeito na eleição do ano de 2012; e R$ 382 mil para 60 candidatos a vereador de Coroatá, referente a eleição de 2012.

“Andrea Trovão Murad Barros e Tereza Trovão Murad são filha e cônjuge, respectivamente do Secretário de Saúde do Estado do Maranhão no período objeto dos exames (2010 a 2013) Ricardo Murad, e que o município de Coroatá – único do Maranhão cujos candidatos receberam doação da LITUCERA – é o principal reduto eleitoral dele e que sua esposa é prefeita atualmente“, diz o relatorio

Associado a esse quadro de doações exclusivas a familiares e aos candidatos do município do ex-secretário, a prestação de serviços na unidades de saúde do Maranhão contratadas por Institutos com suporte nos Contratos de Gestão e Termos de Parceria celebrados com Governo do Estado do Maranhão se deu com superfaturamento de R$ 4.617.426,56 para a Litucera, conforme análise.
Situação equivalente, porém em proporções menores, A empresa Tempo Engenharia e Arquitetura Ltda., também aparece na auditoria como financiadora de campanhas no valor de R$ 154.000,00 (cento e cinquenta e quatro mil reais) exclusivamente a candidatos do Município de Coroatá, sendo R$ 84.000,00 para Andrea Murad e outros R$ 70.000,00 (setenta mil reais) divididos entre seis candidatos a vereador (veja a tabela abaixo).
As doações são apontadas pela origem de recursos desviados através de superfaturamento nos pagamentos da Tempo Engenharia e Arquitetura em razão do pagamento por serviços não prestados.

CGU-Encaminhamento

cgu

Doações-original-011

cgu

Doações-original-031

cgu

Fonte: Neto Ferreira

3 comentários em: “BOMBA: CGU DIZ QUE DESVIO NA SAÚDE BANCOU CAMPANHAS DA FILHA E MULHER DE RICARDO MURAD

  1. Em quanto isso as unidades de saúdes faltam materiais,medicamentos e até mesmo alimentação,como no caso do socorrao,que foi feito campanha para arrecadar alimentos, isso é uma falta de vergonha, os seres humanos são tratados como animais,muitas pessoas morrendo por falta de atendimento digno,pq saúde é direito de todos e é obrigação do estado oferecer o mínimo de estrutura para que as pessoas tenham onde recorrer. Que seja feita a justiça e que nós procuremos valer nossos direitos que são muitos, mas não sabemos da metade.

  2. Em quanto isso as unidades de saúdes faltam materiais,medicamentos e até mesmo alimentação,como no caso do socorro,que foi feito campanha para arrecadar alimentos, isso é uma falta de vergonha, os seres humanos são tratados como animais,muitas pessoas morrendo por falta de atendimento digno,pq saúde é direito de todos e é obrigação do estado oferecer o mínimo de estrutura para que as pessoas tenham onde recorrer. Que seja feita a justiça e que nós procuremos valer nossos direitos que são muitos, mas não sabemos da metade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *