BOMBA: FALTANDO 03 DIAS PARA DEIXAR O GOVERNO, NAGIB DENUNCIOU ZITO ROLIM NA JUSTIÇA FEDERAL

Por essa o deputado Zito Rolim (PDT) não esperava de seu próprio aliado, ex-prefeito Francisco Nagib, também do (PDT).  É sabido por muitos que, quando um prefeito assume o mandato precisa denunciar os desmandos de seu antecessor e também aquilo que não foi prestado contas para que não recaia no futuro sobre ele, ou seja, aquele que está assumindo o município. Sabe lá por quais motivos essa denúncia do ex-prefeito Francisco Nagib contra Zito Rolim se deu exatamente só no dia 27-12-2020 como mostram os documentos abaixo, ou seja, faltando apenas três dias pra ele deixar o governo “MAIS AVANÇO, MAIS CONQUISTAS”.

VAMOS AOS FATOS

Francisco Nagib fez a denúncia baseada no processo de número: 1006950-91.2020.4.01.3702, que diz que o município de Codó está inadimplente no Cadastro Único de Experiência para Transferências Voluntárias. A prefeitura de Codó  estava com o nome no CAUC que é responsável pela inserção de informações nos respectivos sistemas de registros e Codó estava impedido de receber recursos em alguns setores por conta de não prestação de contas de alguns convênios da época do governo Zito. A denúncia foi referente ao convênio de número: 602109/2009,  661220/2010 firmados com o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação.

O processo argumenta (como mostram os documentos abaixo adquiridos com exclusividade pelo BLOG DO DE SÁ que a inadimplência impossibilitou o município de receber recursos federais que beneficiariam a comunidade local e também causou graves prejuízos ao erário público.

NAGIB TIROU O DELE DA RETA E AGREGOU CPF DE ZITO.

O BLOG DO DE SÁ consultou um advogado especializado em contas públicas que nos relatou o seguinte: “De Sá, se o Francisco Nagib não faz essa denúncia, quem iria fazer era o atual prefeito José  Francisco, e se isso acontecesse, o Nagib também entrava no mesmo bojo porque  juridicamente falando, quem era pra já ter feito essa denúncia era o Nagib, mas como ele estava querendo eleger Zito, estava em silêncio”, disse o jurista.

NAGIB DENUNCIOU ZITO E ESQUECEU O QUE VEM PELA FRENTE

Segundo relatos de uma fonte do BLOG DO DE SÁ que trabalha na prefeitura de Codó, existem várias denuncias no mesmo sentido e até piores contra o ex-prefeito Francisco Nagib. São convênios feitos que podem tornar Nagib inelegível no futuro. “Ele denunciou o Zito mas esqueceu que ele também tem muita coisa errada, vamos aguardar e você será informado no futuro sobre isso”, disse uma fonte que trabalhou com o ex-prefeito Nagib.

O FOGO AMIGO DE NAGIB

Se o município estava inadimplente e não estava podendo receber determinados recursos, por que não ter denunciado isso antes, quando ele estava administrando o município? Queria Francisco Nagib fazer uma “GRAÇA” ao novo prefeito José Francisco? Quis Nagib tirar o dele da reta e botar para lascar com Zito Rolim? Ou seria uma forma de mostrar que fez um governo “TRANSPARENTE”? Resta saber se o novo prefeito Zé Francisco vai aliviar o “AVALANCHE” de coisas ruins que vão aparecer nos próximos meses e anos sobre Francisco Nagib. Nossos leitores podem observar que a data do dia 27-12-2020 foi exatamente um domingo e o juiz, Ivo Anselmo  Hohn Júnior, estava de plantão. Veja abaixo todos os documentos em relação a esta matéria.

 

 

8 comentários em: “BOMBA: FALTANDO 03 DIAS PARA DEIXAR O GOVERNO, NAGIB DENUNCIOU ZITO ROLIM NA JUSTIÇA FEDERAL

  1. Certo amigo Arlindo, não vou tá discutindo com você isso aqui porque acho desnecessário. Você é um homem que fala com conhecimento de causa, mas foi justamente isso que você disse que colocamos na matéria. Abaixo até republico seu pequeno texto. Obrigado pelos acessos meu amigo.

    “Não meu caro amigo, quando a Prefeitura tem alguma pendência na prestação de contas de algum convênio ela vai ter restrições na hora da liberação de recursos, diante disso a Prefeitura entrou com essa ação para liberar as restrições, isso não significa que o convênio esteja ok e que as contas estão corretas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *