CÂMARA DE TIMBIRAS APROVA CPI PARA INVESTIGAR POSSÍVEIS IRREGULARIDADES NA ADMINISTRAÇÃO DE FABRIZIO DO FOTO

cpi

Foto Portal Oitimba

A Câmara Municipal de Timbiras aprovou nesta segunda-feira (07) a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar possíveis irregularidades no governo do prefeito Fabrízio Araújo.

Numa sessão calma e sem muitas novidades em relação ao voto dos vereadores, a comissão parlamentar de inquérito foi votada e aprovada com os sete votos dos vereadores da oposição, algo já esperado praticamente por toda a população que acompanha os bastidores da política timbirense.

Os vereadores que dão sustentação ao governo Fabrízio: prof. Manoelzinho, Enéas Batista, Nozor Soares e o presidente Nato Sales, mantiveram o voto da sessão anterior e justificaram dizendo não haver provas suficientes para afastar o prefeito.

A composição da comissão que irá proceder às investigações ficou assim distribuída:

• Presidente: Vereador Zé Chagas
• Relator: Vereador Nenzin Barros
• Membro: Vereador Josimar Magalhães

A comissão terá um prazo de 90 dias para emitir um relatório contendo os resultados do que foi apurado neste período, pedindo ou não o afastamento, ou mesmo a cassação definitiva do prefeito Fabízio Araujo.

Ao final da sessão, aconteceu um fato curioso: centenas de populares ficaram por mais de 1 hora em frente à câmara municipal esperando a saída dos vereadores favoráveis ao prefeito e eles encurralados permaneceram no interior do prédio, só saindo após a dispersão da maioria.

Por Toussaint Frazão

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *