” CAMILO É UM DEPUTADO DO BLEFE” REVELA EX-SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE CODÓ

index

Dep. Camilo Figueiredo

Perdoe-me a sinceridade, mas Camilo é um blefe político! Hoje tive esta inequívoca convicção. Sua trajetória política desde 1994, não foi acrescida de uma sólida ação em favor de nossa cidade. Não faço referencias aos finais de semana em locais impróprios para sua representação parlamentar – não que eu seja preconceituoso ou, algo semelhante, mas, ele deveria ter uma atuação mais madura e contundente do ponto de vista social e não agir com demagogia e firulas marcada pelo populismo execrável, tentando, assim, demonstrar ser simpático para com o povo. Mas… o ponto central que desejo exprimir para confirmar minha tese, origina-se a partir da convocação para a “caminhada da vitória”. Espere um pouco… mas de que vitória ele faz menção? Testemunhei hoje, 12/09/2014, às 18h00, sua caminhada-carreata – diria miniata -, o quanto ele já não desperta tanto frenesi na comunidade codoense e, especialmente, em seu particular
reduto. Ali – em meio a uma reduzida presença de cabos eleitorais completamente desalentados – encontrava-se o velho e condenado líder Biné Figueiredo comandando uma ‘moqueca’ de pessoas. O semblante era de pura desolação!
De per si, visivelmente, percebia-se a nostalgia penetrando alma adentro num tom severo de angustia e preocupação. Essa facção política conservadora ainda não se deu conta de que já se tornou obsoleta politicamente? A primorosa ausência do deputado Camilo no que tange sua atuação durante 20 longos anos – exatos 7300 dias no impávido assento assembleiano – importou na quebra de confiança de seu eleitorado, não porque deixou de visitar sua cidade natal, mas, pelo fator prevalente da irresponsabilidade de não ter envidado esforços para alocar verbas ao município independentemente do governo que estivesse à frente do Executivo Municipal. Neste sentido, dar-lhe-ei dois exemplos para demonstrar que quando um homem público que tem compromisso e responsabilidade com seu mandato ele procura ajudar: a) ainda no governo de Ricardo Archer ele foi agraciado com emendas parlamentar do ex-deputado federal Roberto Rocha – PSDB á época; b) e,
agora, recentemente, o governo Zito Rolim foi contemplado com uma emenda parlamentar do ex-deputado federal Ricardo Archer, para reformar o HGM. Ficarei apenas nesses dois exemplos. Note que, a resolução de destinar uma parte de uma emenda parlamentar não constitui prejuízo para o homem público, ao contrário, rende-lhe dividendos políticos; a sociedade passa a conhecer sua ação e o vê com respeito e admiração. Processo esse que nunca lhe passou por sua míope massa cinzenta. Quanto prejuízo e desperdício com jogatina, isso sim, é um lastro lamentável e inesquecível como ato prodigioso enquanto profícuo deputado deste torrão. Devo arrematar: símbolo da inercia e da inoperância.
Mas, o que é mais deprimente é ouvir uma tagarelice desconexa, sem ‘pé e nem cabeça’, é uma fala sem noção, sem prumo, sem um porto, apenas na nau ao sabor do vento. Este comportamento enfadonho e repetitivo é fruto da incapacidade reflexiva de proporcionar um mandato voltado para a comunidade, forjado na discussão de temas relevantes e necessários; sua fala beira a tolice e compreende a inercia do atraso e do conformismo acentuado. Nesse período – de 20 anos de mandato, e olha que tenho 25 anos de militância neste município e conheço cada palmo de terreno, cada voz, cada político e sua forma de pensar e agir – procurei entender sua relação com o povo e constatei que, efetivamente, o nobre deputado não contribuiu significativamente como deveria ter contribuído, na verdade, deveria ter assumido a paternidade deste torrão e, hoje, ser uma espécie de amortecedor para superar e preencher o vazio ante as crises de lideranças em
nossa cidade; entretanto, perdeste o bonde da história e não saíste do lugar, tornaste um verdadeiro ‘samba do crioulo doido’. A tua atitude em querer associar algum tipo de trabalho sob o manto da prefeitura é demais, excessivamente, demais, perdoe-me a redundância! Tal discurso não influencia e não consegue sensibilizar mais o eleitorado codoense mesmo o mais incauto.
Querer transformar em voto querelas é o cumulo! O melhor caminho é refinar seu discurso alienado e apresentar um conjunto de alternativas para o próximo mandato – aliás, acho muito difícil sua recondução, devido ao percentual elevado da coligação. O povo já não suporta ouvir ‘abobrinhas’, ‘briguinhas paroquias e fúteis’; quer ouvir e saber de propostas propositivas que possibilite a transformação de nossa cidade e modifique a condição socioeconômica de nosso povo e de nosso estado.
Um verdadeiro homem público deve atuar com imparcialidade, colocar o seu mandato a serviço da comunidade, eleger prioridades e instituir um cronograma de ação capaz de comprometer as tradicionais formas de fazer política. A labuta de um deputado por um espaço político é gigantesca e, maior ainda, é sua compreensão mediante as necessidades prementes de um povo faminto de justiça social.
Nossa cidade teima em eleger gênero de péssima qualidade. E vós sois uma ‘mercadoria produzida no Paraguai’. Sua medíocre atuação e postura parlamentar originou uma ojeriza fantástica de um povo simples que, agora, entendeu o profundo vazio que fora a cadeira concedida a você nessas duas décadas de inoperância e irrelevância.
Fiquei alguns minutos querendo saber a fatia eleitoral abocanhada por você nessas duas décadas de não trabalho e decidi adentrar no TRE-MA, para localizar sua votação em todas as eleições, desde a primeira, e me surpreendi com o desperdício de votos dados a um parasita, conforme descrição abaixo:
Ano   Partido     Número      Votação     %     Coligação
1994  PFL   2510118.793      1,44  -*
1998  PSD   4123613.756      0,792PMDB/PFL/PSD
2002  PSD   4123626.734      1,106PSD/PSC/PSDC/PV/PMDB
2006  PDT   1258037.488      1,319Sem Coligação
2010  PDT   1258030.073      -*    Sem Coligação
FONTE: www.tre-ma.jus.br
Diante disso, permita-me dizer-lhe:
ü     Não pretendo ponderar sobre os números frios e onerosos para nossa cidade, mas apenas evocar o cidadão e cidadã eleitor/a para reavaliar seu valioso voto e convergi-lo para outra tendência menos abjeta e menos omissa;
ü     Indiscutivelmente, chegou ao fim, o ciclo da inoperância, da infantilidade, da imprecisão política e da incompetência administrativa;
ü     Sua singularidade é manifesta tão somente em ‘ajuda cultural minguada’ a um e a outro promotor de atividades como se tal gesto caracterizasse uma nobre ação e revelasse o espírito elevado do deputado. Tal prática é desonesta intelectualmente.
O fato de concorrer ao 6º mandato não o credencia como um homem público sério e ético, e não o isenta de máculas notáveis que poderiam ter sido evitadas, já que és um legitimo representante da abastada elite econômica e política. Contudo, o teu passado é horroroso e fétido, além de ter como marca a leviandade incomensurável basta olharmos a sua fala quando da apreensão da famosa carga do Km 17. Quem não se recorda? Ali, vimos o quanto vós sóis asqueroso e brutalmente mentiroso! Não, Codó não carece mais de homens com esse perfil negativo. Volte para o seio de sua família e deixe a política para quem gosta de trabalhar.

Por Jacinto Júnior

11 comentários em: “” CAMILO É UM DEPUTADO DO BLEFE” REVELA EX-SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE CODÓ

  1. José Murilo Duailibe Salem disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.
    15 de setembro de 2014 às 10:08
    BINÉ, CONTINUA SENDO O MAIOR LÍDER POLÍTICO DE CODÓ. OS ADVERSÁRIOS, MAGOADOS COMO SEMPRE, TÊM QUE ENGOLIR A VERDADE. SE ENGASGAR, BEBA SUCO DE ABÓBORA. MS VAMOS FALAR DOS DESVIOS, DAS CURVAS DOS RECURSOS PÚBLICOS. LEIAM ABAIXO:
    Deu no D.O.

    Publicado em 15/09/2014 às 06:00 por Garrone
    Só dá ela – Em Codó, uma única empresa fechou nada menos do que nove contratos com a Prefeitura. A D.B. Produtos de Informática Ltda. vai receber um total de R$ 4.207.061,00 (quatro milhões, duzentos e sete mil e sessenta e um reais) para fornecer diversos produtos, mas nenhum exatamente de informática, como se poderia imaginar pelo nome da firma.

    Só dá ela em miúdos – São cinco contratos para fornecimento de móveis de escritório para diversas secretarias municipais de Codó, o maior deles por meio do Fundo de Manutenção da Educação Básica, que chega a R$ 1.998.100,00 (um milhão, novecentos e noventa e oito mil e cem reais). A outra leva de contratos prevê fornecimento de equipamentos de refrigeração, fogões e bebedouros industriais e ventiladores. Parte dos documentos foi assinada em 10 de fevereiro e outra, em 23 de abril. Todos com validade até 31 de dezembro deste ano.

    Bingo! – Ainda uma vez Codó, dessa vez com um único contrato que vale por quase nove! A J. Gonçalves dos Santos Filho & Cia Ltda. venceu o pregão presencial para fornecimento de material elétrico, hidráulico e ferragens realizado pela Prefeitura e vai levar, numa só tacada, a bagatela de R$ 3.528.421,54 (três milhões, quinhentos e vinte e oito mil, quatrocentos e vinte e um reais e cinquenta e quatro centavos). O documento foi assinado em 10 de março e vale até o último dia deste ano.
    AGORA, DÁ PARA PERCEBER MAIS UMA VEZ, QUE O PARAIBANO E O PERNAMBUCANO ENTENDEM DO RISCADO. O PERNAMBUCANO DISSERA QUE, VÃO DAR PROCESSOS, MAS TEM DEFESAS E LEVA ANOS ATÉ PRESCREVER, CITANDO O SEU CASO EM SÃO LOURENÇO DA MATA-PE. ASSIM, O NOSSO VAI ESCORREGANDO DEVAGARINHO. OS CONTRATOS SÃO DE MARÇO/2014, PUBLICADO EM SETEMBRO/2014 PARA NÃO CHAMAR MUITA ATENÇÃO

  2. PERDOE-ME A SINCERIDADE, MAS JACINTO JUNIOR FOI E CONTINUA SENDO O MAIOR “”BLEFE”” COMO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO NO PERÍODO 2009/20012. PARA CONFIRMAÇÃO DA AFIRMAÇÃO, BASTA REVER OS NOTICIÁRIOS NOS BLOGS, PRINCIPALMENTE “”BLOG DO ACÉLIO””, ÉPOCA MAIS DESORGANIZADA DE UMA ADMINISTRAÇÃO EDUCACIONAL. ALÉM DO QUE, COMPACTUOU COM OS DESMANDOS E DESCASOS NO SETOR. TENHO EM MÃOS, REPORTAGENS E FOTOS DAS ESCOLAS DA ZONA RURAL, VERDADEIROS ABRIGOS DE CAPRINOS E OVINOS E QUE SERVIAM PARA AS AULAS ÀS POBRES E HUMILDES CRIANCINHAS DO NOSSO MUNICÍPIO. NA ÉPOCA DO DENOMINADO PROFESSOR JACINTO JÚNIOR, A MERENDA ESCOLAR TINHA DATAS PRÉ ESTABELECIDAS. ÉPOCA DA SAFRA DE MANGA, OS ALUNOS COMIAM MANGA VERDE COM SAL. MAS, PARA CORROBORAR COM AS MINHAS PALAVRAS, A DISTRIBUIDORA SENECA LTDA, NA TEMPO DO DENOMINADO PROFESSOR JACINTO JÚNIOR, CELEBROU UM CONTRATO NO VALOR DE R$4.708.420,00 + R$ 3.476.000,00 COM A M.C. TEIXEIRA COMÉRCIO+ R$4.989.173,80 COM M.A.MONTEIRO DE SOUSA, TODOS OS VALORES DESTINADOS À COMPRA DA MERENDA ESCOLAR. TAMBÉM, TENHO UM DOCUMENTO, ASSINADO PELO PRESIDENTE DO CONSELHO E DOS DEMAIS CONSELHEIROS DA EDUCAÇÃO,REFERINDO-SE A ILEGALIDADE NA COMPRA DE MATERIAL PARA O ESCRITÓRIO DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO,NO VALOR DE R$2.743.212,87
    + R$489.226,30 REFERENTE A MATERIAL DE LIMPEZA PARA A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO.OS CONTRATOS FIRMADOS FEREM A LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO, ARTIGO 35 LETRA A) E O PARÁGRAFO ÚNICO. ESSE DOCUMENTO DATA DE 26/08/2010 TEMPO DO DENOMINADO PROFESSOR JACINTO JÚNIOR.
    ENTÃO PROFESSOR, QUEM É O “”BLEFE””.?? QUEM ESTÁ NOSTÁLGICO, COM A PENETRAÇÃO ALMA ADENTRO É O DENOMINADO PROFESSOR, JACINTO JÚNIOR, QUE A TODO O CUSTO VOLTA A QUERER SERVIR O HOMEM QUE O DEMITIU. AGORA, MESTRE DOS MESTRES, ALOCAR VERBAS DE EMENDAS PARA CODÓ, NA GESTÃO ROLMzito, É ALIMENTAR A GANÂNCIA EXISTENTE. DIZEM QUE O RICARDO ARCHER, QUANDO ASSUMIU A VAGA DE DEPUTADO FEDERAL, CONSEGUIU UMA EMENDA DE R$1.200.000,00 PARA REFORMA DO HGM. PERGUNTO, QUAL REFORMAR.?? FOI PINTADO UMA LATERAL E POUCAS CERÂMICAS APLICADAS E OS “”REAIS””, ESTÃO NA UTI DO BOLSO.?? MEU CARO, DENOMINADO PROFESSOR JACINTO JÚNIOR, PEÇA DESCULPAS AO PAIS, AOS ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL, PELA TUA INCOMPETÊNCIA NA GESTÃO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. O ROLIMzito TEVE RAZÃO EM DEMITI-LO. VOU GUARDAR O TEU COMENTÁRIO PARA UMA RESPOSTA COM DADOS MAIS ABRANGENTES. FIQUE COM DEUS, APLACARÁ O TEU ESTADO DESNORTEADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *