CARRIAS DO NUTRILAR, O ANIVERSARIANTE DO DIA

O aniversariante desta quinta-feira (14(, é  meu amigo Carrias, que trabalha como representante dos produtos Nutrilar. A data será comemorada em grande estilo por amigos e familiares. Carrias, é uma das pessoas mais queridas da cidade de Codó, é dono de uma educação impecável. Sabe como ninguém preservar as boas amizades. Carrias também é dono de uma simplicidade que poucas pessoas sabem ter. Portanto, o BLOG DO DE SÁ não poderia deixar de homenagear este ilustre Codoense nesta data tão especial. Parabéns.

DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS DO PIAUÍ QUE MANTINHA CONTRATOS COM PREFEITURAS DO MA É ALVO DA PF

A Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh) divulgou nota agora há pouco garantindo que os preços dos materiais questionados pela Polícia Federal são legais e de acordo com os praticados no mercado.

A direção da Fundação informou ainda que colabora com as investigações e se coloca à disposição da PF.

Veja nota da Fepiserh

A Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh) informa que está colaborando e disponibilizando para os órgãos competentes todas as informações necessárias e documentos para qualquer tipo de investigação. 

Ressalta que, durante a pandemia do novo coronavírus, todos os contratos e procedimentos licitatórios foram transparentes e realizados com apoio de consultas ao Tribunal de Contas do Estado e seguindo as recomendações dos órgãos federais e estaduais como a Controladoria Geral do Estado para que todos os atos obedecessem as normas legais. 

A Fepiserh está segura e irá demonstrar ao final que todos os contratos e procedimentos se deram dentro da legalidade e que os preços são condizentes com o praticado no mercado, não havendo nenhum pagamento de produtos com valores acima da realidade do momento. 

A Fepiserh assegura a legalidade de suas ações se coloca à disposição para todos os esclarecimentos.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (14) operação que investiga fraude em licitação e desvio de recursos na compra de materiais de combate a Covid-19. São cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em quatro cidades do Piauí e Maranhão. Entre os itens com indícios de superfaturamento está o de máscaras faciais e testes rápidos para diagnóstico do novo coronavírus. Segundo a PF, os exames não estão conformes determina a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A operação é realizada em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU-PI). São supostas fraudes nos recursos federais repassados pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS). A investigação ‘Onzena’ mira em processos licitatórios e superfaturamento em contratos públicos firmados pela Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (Sesapi), entre outras instituições públicas, destinados ao combate do novo coronavírus. Os mandados estão sendo  cumpridos em Teresina, Picos, Bom Princípio e Timon (MA).

A PF cita que a empresa investigada teria realizado a venda a entes públicos de itens como máscara N95, máscara cirúrgica descartável, entre outros, em percentual de até 500% superior ao definido na nota técnica 05 da CGE como o praticado no mercado mesmo em período da pandemia. Ainda durante auditoria realizada pelo TCE na sede da Sesapi foi constatada aquisição de testes rápidos para detecção da Covid-19 classificados como “não conformes” pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A investigação teve início após ampla divulgação pela mídia local e trabalhos de auditoria realizados pelo TCE e CGU acerca de contratações superfaturadas realizadas pela Fepiserh, no valor de aproximadamente R$ 5,5 milhões, e Sesapi na ordem de R$ 30 milhões beneficiando uma empresa específica do Estado do Piauí”, informou a PF.

O objetivo do cumprimento das medidas judiciais é colher elementos de prova que confirmem a tese de superfaturamento em contratações públicas realizadas pela Fepiserh e Sesapi no intuito de favorecer empresas específicas, entre outras práticas criminosas.

Os investigados poderão responder, na medida de suas culpabilidades, pelos crimes de associação criminosa (art. 288 do CP), fraude a licitação (art.89 da lei 8.666/93) e desvio de recursos públicos (art. 312 do CP) cujas penas somadas podem chegar a 20 anos de reclusão.

A palavra “onzena” significa juros exorbitante/excessivo e faz referência aos contratos exorbitantes e superfaturados firmados entre entes públicos e empresa com forte atuação nos estados do Piauí e Maranhão.

                                                            ASSISTA AOS VÍDEOS ABAIXO:

Fonte: Portal Cidade Verde

EM CODÓ, VEREADORES ALIADOS DO ZÉ NÃO ESTÃO CONSEGUINDO DESPACHAR NEM MESMO UM CURRÍCULUM COM ELE

Como já falamos diversas vezes aqui no BLOG DO DE SÁ, ainda é cedo para tecer certas críticas contra o governo do novo prefeito de Codó, José Francisco. No entanto, existem coisas que estão acontecendo que obrigam a imprensa a se manifestar (falamos da imprensa escrita por meio dos blogs mais acessados da cidade. Os blogs que são, inclusive, fonte de informação para as TV’s e rádios da cidade).

VEREADORES ALIADOS NEM ATENDIDOS SÃO..

Ontem à tarde (13), o BLOG DO DE SÁ recebeu uma denúncia de um vereador da base aliada do prefeito José Francisco e quando falo da base aliada, refiro-me aos que acompanharam o prefeito durante a campanha, não aqueles que chegaram recentemente e nem um bom dia davam ao prefeito José Francisco Lima Neres. Acontece que encontrar o “MÉDICO AMIGO” e agora prefeito de Codó se tornou um DEUS NOS ACUDA. Os vereadores que suaram a camisa, foram às ruas na esperança de ver uma mudança no comando  da Terra dos Cocais, já estão se decepcionando e não é para menos. “De Sá, eu não consigo falar com esse homem, eu ligo ele não atende, mando mensagem ele não responde, vou na prefeitura não acho ele e quando chegamos lá encontramos logo na ante sala o filho dele que quer logo saber o que a gente vai conversar com o pai dele. Meu amigo,  eu estou triste e não quero me decepcionar com o Dr, ainda acredito demais nele”, disse o parlamentar

FALHA NA COMUNICAÇÃO.

É natural que o novo governo esteja querendo mostrar as mazelas que encontrou de seu antecessor Francisco Nagib, está certíssimo, é preciso que mostre e o codoense saiba desses detalhes. Porém, uma coisa a assessoria de comunicação do prefeito José Francisco ainda não se mostrou, estão esquecendo de exibir aquilo que já está sendo feito pelo município. Afinal, o Zé não tem feito nada nesses 14 dias? Não se reuniu com ninguém para deliberar assuntos importantes? É preciso mostrar as mazelas deixadas por Nagib, mas é necessário também mostrar aquilo que o prefeito por ventura esteja fazendo. Francisco Nagib não é mais prefeito e se algo de errado existiu, o tempo se encarregará de mostrar detalhadamente. Os codoenses querem saber é do que está sendo feito pelo prefeito. SIMPLES ASSIM…

CASO FÁBIO GENTIL SEJA ELEITO HOJE PRESIDENTE, PREFEITO DE CODÓ FICARÁ FORTE NA FAMEM

O  prefeito de Caxias, Fábio Gentil (Republicanos), obteve ontem véspera da eleição da FAMEM, que acontece hoje (14),  mais três importantes reforços à sua candidatura à presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão.

Confirmaram apoio à Chapa 2 “Zé Gentil: Municipalismo para Todos” os prefeitos de Santa Rita, Hilton Gonçalo; de Codó, Dr. Francisco; e Osvaldo Gomes, de Guimarães, este último mais um membro do PDT de Erlânio Xavier e seu mentor, Weverton Rocha, a se aliar a Fábio e a ir de encontro às candidatura do próprio partido ao qual é filiado.

O prefeito de Codó se tornará um homem forte caso Fábio Gentil consiga eleger-se a presidente da FAMEM. Tudo leva a crê que a vitória será de Gentil. Vamos aguardar  e conferir no final do dia de hoje (14).

Com Informações, Daniel Matos

A IMAGEM DO DIA: JOSIMAR DE MARANHÃOZINHO, O MONITORADO…..

A imagem acima foi conseguida por meio do blog do companheiro Luís Pablo e e republicada aqui pelo BOG DO DE SÁ. A imagem mostra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) dentro de um Jaguar vermelho (carro de luxo) parado em frente uma casa no bairro do Renascença, em São Luís-MA. Maranhãozinho é um dos homens mais vigiados pela Polícia Federal na atualidade.

O deputado foi alvo de operação da Polícia Federal, que lhe acusa de envolvido em um esquema de corrupção em que ele conseguia verbas da saúde – via emendas parlamentares – para vários municípios, mas parte do dinheiro era desviado e entrega ao próprio deputado.

A PF afirmou que possui vídeos que mostram a entrega para Josimar de Maranhãozinho de parte do dinheiro da saúde que teria sido desviado por ele. No entanto, essas imagens estão sob sigilo determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A PF também já está chegando a outros políticos do Maranhão que mantinham parceria duvidosa com Josimar de Maranhãozinho.

Com Informações, Luís Pablo

PRESO MOTORISTA QUE LEVARIA 72 KG DE PASTA BASE DE COCAÍNA PARA O MUNICÍPIO DE CAXIAS

Uma ação conjunta entre o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), a Agência Regional de Inteligência (ARI) do 3º Comando Regional e o Grupo de Apoio da Policia Militar (GAP) do 11° BPM, resultou em uma apreensão de 72 kg de pasta base de cocaína. O caso ocorreu por volta das 20h de segunda-feira (11), na BR-163, em Sinop (480 km de Cuiabá).

Na ocasião, as equipes policiais abordaram uma camionete A-20, de cor preta, do ano de 1989, com placa da cidade de Alumínio (SP). Ao realizar a busca veicular, os policiais militares encontraram um compartimento secreto embaixo do banco, onde foram localizados 72 tabletes de substância análoga a pasta base de cocaína, totalizando 72 kg de entorpecentes.

Ao ser indagado, o suspeito que conduzia o veículo disse que pegou a droga em Vila Bela da Santíssima Trindade (MT) e levaria até a cidade de Caxias, no estado do Maranhão, recebendo o valor de R$ 20 mil pelo transporte.

Diante dos fatos, o suspeito e a droga foram encaminhados a Delegacia de Polícia de Sinop, que investigará o caso. O prejuízo ao crime é de pouco mais de R$ 2 milhões.

Fonte: Noca

CONSELHO DE ENFERMAGEM PEDE PROVIDÊNCIAS CONTRA MÉDICO ACUSADO DE ESTUPRO EM SÃO LUÍS

O Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren) solicitou, oficialmente, nesta quarta-feira, 13, ao Ministério Público do Maranhão, a apuração de um suposto caso de estupro que teria sido cometido pelo médico e policial militar Allan Xavier Dias contra uma profissional de enfermagem no Hospital Genésio Rêgo, em São Luís (saiba mais).

O ofício foi entregue pelo presidente do referido conselho, José Carlos Costa Araújo Júnior, ao procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau. De acordo com o documento, após ser vítima da violência sexual, na madrugada do último domingo, 10, a técnica de enfermagem denunciou o fato à Delegacia Especial da Mulher.

Após a conclusão do inquérito policial, os autos devem ser encaminhados para o Ministério Público do Maranhão. O presidente do Coren pediu empenho e seguimento da eventual Ação Penal.

Fonte: Gilberto Léda