SERVIDORA DA PREFEITURA DE TIMBIRAS TERÁ 30 DIAS PARA APRESENTAR DEFESA NO TCE

O Conselheiro do Tribunal de Contas do Maranhão, Marcelo Tavares Silva, citou a servidora Patrícia Ravelly Cassiana Pereira da Costa, Chefe da Divisão de Compras da Prefeitura Municipal de Timbiras, para que esta apresente defesa quanto às irregularidades elencadas no Processo n° 396/2021-TCE, que trata de Denúncia instaurada contra o Município de Timbiras, exercício financeiro de 2021, no qual figura como responsável.

De acordo com o Edital de Citação publicado nesta terça-feira (09), no Diário Eletrônico do TCE-MA, a servidora terá 30 (trinta) dias para apresentar sua defesa. Caso não compareça para contestar os referidos relatórios no prazo estipulado, será considerada revel, para todos os efeitos, dando-se prosseguimento normal ao processo.

FONTE: Diário Codoense 

EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR, HOMEM É PRESO APÓS SE APROPRIAR DE DE VEÍCULOS DE UMA LOCADORA

Um empresário do ramo de transporte foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (10), em São José de Ribamar, na região Metropolitana de São Luís, pelos crimes de estelionato e apropriação indébita de veículos.

A prisão do suspeito foi realizada após a Polícia Civil do Maranhão apreender 10 veículos, que teriam sido adquiridos de forma fraudulenta, tendo como vítima uma empresa locadora sediada em São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, entre os meses de fevereiro e março de 2022, o empresário teria adquirido, por meio de locação com a empresa de São Paulo, 16 veículos zero km da marca Toyota, sendo: quatro Corollas e 12 Yaris.

Após o aluguel, o suspeito teria descumprido o contrato de locação, gerando um prejuízo superior à R$ 250 mil com os aluguéis. Além disso, ele teria desaparecido com os veículos, avaliados em, aproximadamente, R$ 1,5 milhão

A Polícia Civil do Maranhão foi comunicada do crime e realizou uma operação de combate aos crimes de estelionato e apropriação indébita de veículos, a qual foi comandada pela Delegacia Especial de São José de Ribamar, com apoio da Guarda Municipal.

A operação foi iniciada nessa terça (9), quando as equipes policiais apreenderam 10 veículos, todos novos, da empresa locadora, além de outros dois veículos, que ainda terão a origem investigada.

Dois carros locados foram apreendidos durante buscas nos endereços residenciais e comerciais ligados ao empresário. Além disso, nos locais a polícia apreendeu, também, uma Mitsubishi Eclipse Cross sem placas, cuja origem será apurada.

Mais tarde, no decorrer das buscas, foram localizados outros 8 carros da locadora, que foram abandonados em uma rua no bairro Maiobão, em Paço do Lumiar, na Grande São Luís.

Na operação, um caminhão da marca Hyundai, também, foi apreendido e terá a origem investigada.

Ao todo, a polícia apreendeu: 9 Toyota Yaris, 1 Toyota Corola, 1 Mitsubishi Eclipse Cross, e um caminhão Hyundai.

A Polícia Civil continua as buscas, na tentativa de apreender os outros seis carros da locadora, sendo: três Corollas e três Yaris, que ainda não foram devolvidos à empresa vítima do crime.

Já o empresário, suspeito de ser o administrador do esquema criminoso, foi preso nesta quarta, em São José de Ribamar, no segundo dia da operação. O nome do suspeito não foi divulgado.

De acordo com a polícia, o conduzido, que possui uma empresa cadastrada como de transporte coletivo de passageiros, alegou à época da locação que os veículos seriam para uso interno de seus funcionários, porém deu outro tipo de uso aos carros, alguns dos quais eram utilizados para sublocação.

Fonte: Neto Ferreira

PROJETO DO VEREADOR PASTOR MAX PROPÕE A CRIAÇÃO DA CAMPANHA MARÇO VERDE EM CODÓ

Na 23ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Codó foi aprovado o Projeto de Lei Nº 28, DE 29 DE JULHO DE 2022, do Poder Legislativo, de autoria do vereador Pastor Max, que “Dispõe sobre a Campanha Março Verde, destinada ao desenvolvimento de iniciativas sociais em prol da proteção da saúde dos animais de rua e domésticos no âmbito do Município de Codó. O PL aprovado teve Pareceres Favoráveis das Comissões Permanentes: Comissão de Constituição, Legislação, Justiça, Redação e Administração Pública e Comissão de Educação, Cultura, Esporte, Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento

Uma sessão muito produtiva, onde apresentamos o projeto que cria o Março Verde, como política pública de proteção aos animais. O projeto vem reforçar as ações de todas as instituições envolvidas em prol da causa animal e dar mais visibilidade a esta causa. Sejam animais de rua ou domésticos”, justificou o parlamentar

Indicações para localidades rurais

Além do Projeto de Lei, o vereador Pastor Max apresentou e teve aprovadas três Indicações para infraestrutura em localidades da zona rural. Por meio da Indicação Nº363/2022, o edil solicita ao Poder Executivo Municipal, que determine à Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, para que seja feito em caráter de urgência a recuperação das pontes do Sanganhá, bem como a ponte da Lagoa dos Sales, que já estão causando risco para quem utiliza a estrada principal.

Pela Indicação Nº364/2022, soliciou para que seja feito a recuperação da estrada que liga a Lagoa dos Pereiras ao Vidal e Lagoa dos Pereira ao Livramento, bem como a estrada que liga o Boi não Berra ao São Benedito do Mozart. E Com a Indicação Nº365/2022, soliciou ao governo municipal a construção da estrada que liga a localidade São Felipe à Lagoa Seca, na região da Trizidela, a localidade Parnázio ao Monta Barro e a localidade Cacimba de Areia aos Três Irmãos.

INDICAÇÕES DA VEREADORA LEDA TORRES SOLICITAM MELHORIAS NA PAVIMENTAÇÃO DE RUAS NOS BAIRROS SÃO FRANCISCO, SANTO ANTÔNIO E TRIZIDELA

Realizada de forma verbal, a vereadora Leda Torres apresentou e teve aprovadas suas três Indicações para melhorias e complementação da pavimentação de vias públicas em bairros de Codó. Pela Indicação Nº 359/22, a vereadora solicitou ao Executivo Municipal que seja feita “em caráter de urgência”, a complementação da pavimentação em bloquetes da Rua Diogo Alves no Bairro Santo Antônio.

Por meio da Indicação Nº 360/22 pediu a pavimentação com asfalto ou bloquetes da 1ª Travessa primeiro de maio, no Bairro São Francisco. E com a Indicação Nº 361/22, a pavimentação com asfalto ou bloquetes da Avenida Jardim Botânico, na Vila Camilo, Bairro Trizidela. Ambas também em caráter de urgência. As indicações foram aprovadas em plenário durante a 23ª Sessão Ordinária da Câmara de Codó.

MORADORES DO SABIAZAL PEDEM PELA DIMINUIÇÃO DA POEIRA NA ESTRADA VICINAL DE ACESSO A COMUNIDADE

A pedido dos moradores da localidade Sabiazal, o vereador Evimar Barbosa apresentou na 23ª Sessão da Câmara a Indicação Nº367/2022, que solicitou ao Poder Executivo Municipal, que determine ao Setor Competente, para que seja disponibilizado um caminhão pipa para molhar a estrada de acesso ao povoado.

“Gostaria de esclarecer que se trata de uma Indicação bem específica para aquela localidade, feita a pedido dos moradores, pois a estrada vicinal que liga a comunidade passa por recuperação e ficou muita terra solta depois que foi realizada a raspagem. Portanto, pedimos o caminhão pipa para molhar o trecho que abrange a área residencial e amenize a poeira, que está acima do normal, até que seja feita a compactação”, justificou o parlamentar.

CAMILO FIGUEIREDO, HERÓI OU VILÃO?

Ainda repercute as declarações feitas pelo vice-prefeito de Codó, Camilo Figueiredo, na última sexta-feira (05), durante o evento realizado no Clube Garagem. Na ocasião, Camilo Figueiredo questionou o novo padrão de vida do prefeito Zé Francisco.

Segundo Camilo, o prefeito Zé Francisco seria hoje um dos homens mais ricos de Codó. Ainda de acordo com o vice-prefeito, o chefe do executivo municipal teria comprado 02 (dois) postos de gasolina desde que assumiu a Prefeitura.

Camilo Figueiredo insinuou que o prefeito de Codó estaria enriquecendo de forma ilícita, tendo em vista desconhecer o recebimento de alguma herança, prêmio da Mega-Sena ou outra coisa que justificasse a mudança repentina no padrão de vida de Zé Francisco.

Diante das declarações do vice-prefeito, o site Diário Codoense questiona:

Qual ação o vice-prefeito de Codó tomou (ou tomará) em relação à situação? Fez (ou fará) alguma denúncia no Ministério Público do Maranhão? Orientou (ou orientará) seu filho, o vereador Rodrigo Figueiredo, a denunciar o prefeito em seus discursos na Câmara Municipal?

Vale ressaltar que, após denúncias de alguns vereadores, o MPMA abriu uma investigação para apurar suposto enriquecimento ilícito do prefeito de Codó, além de identificar os possíveis “laranjas” de Zé Francisco.

Resta saber se Camilo Figueiredo será herói ou vilão nessa história.

FONTE: Diário Codoense

 

GAECO ESTÁ DE OLHO NO PREFEITO DE CODÓ, TE LIGA ZÉ…..

Após publicar matéria sobre a investigação do MPMA, que apura movimentações financeiras suspeitas com dinheiro público, em Coroatá, o Diário Codoense foi informado da existência de outra investigação, agora em Codó.

Segundo a fonte, a investigação promovida pelo Grupo de Atuação Especial de Combate as Organizações Criminosa – GAECO aponta indícios de fraude à licitação e desvio de recursos públicos no município de Codó.

Ainda de acordo com a fonte, a 1ª Promotoria de Justiça de Codó, que é responsável pela área da Defesa do Patrimônio Público e Probidade, já estaria ciente da situação, bem como orientada a instaurar o Procedimento Investigatório Criminal (PIC).

FONTE: Diário Codoense

EDMAR FRANCO DE COROATÁ REGISTRA CANDIDATURA A DEPUTADO FEDERAL.

O empresário Edmar Franco, ex-candidato a prefeito em Coroatá, resolveu registrar sua candidatura a deputado federal nas eleições de 2022. O empresário é filiado ao partido PODEMOS e deverá novamente sair candidato a prefeito em 2024 e com chances reais de se eleger. Não se sabe se esse registro de agora é apenas para se manter em evidência, ou se foi apenas para ajudar o partido.