EM CODÓ, VIZINHOS DO CENTRO POP DENUNCIAM VANDALISMO POR PARTE DE SEUS USUÁRIOS

O Centro POP é o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua. Em Codó, o centro funciona na Rua Benjamin Constant, bairro São Sebastião. Por conta de receber pessoas em vulnerabilidade social e a maioria dependentes químicos, o local passou a ser olhado com outros olhos por parte das pessoas que moram próximas ao local. É que os moradores reclamam que os beneficiados do Centro POP estão importunando quem mora próximo e quem passa na rua quando eles estão por lá.
COMO FUNCIONA O CENTRO POP
O centro é uma unidade pública que oferta obrigatoriamente um serviço especializado para pessoas em situação como já citamos a cima. O local deve oferecer espaço para convívio social e desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade e respeito. O Centro POP serve também como ponto de apoio para pessoas que moram e vivem nas ruas, oferecendo espaço para guardar pertences entre outros benefícios.
RECLAMAÇÃO GERAL
Os moradores já estão se preparando para fazer um abaixo assinado para que seja retirado do local o Centro POP e seja levado para outro lugar mais distantes das famílias. “Nós já estamos com medo até de sentar na porta de casa. Minha filha não senta mais na porta para conversar com suas amigas por conta de importunação desse pessoal. Eles ficam nas esquinas aqui perto usando drogas, bebendo cachaça e perturbando quem passa pedindo dinheiro” disse uma moradora preocupada com a situação.
O GOVERNO COM A PALAVRA
O centro POP foi inaugurado em Codó ainda no governo do ex-prefeito Zito Rolim e de lá para cá só tem aumentado a procura pelos beneficiários. O atual governo ainda não se posicionou sobre as reclamações dos moradores. O espaço está aberto para os esclarecimentos.

 

 

LICITAÇÕES MILIONÁRIAS PODEM TER SIDO CARTAS MARCADAS NA SECRETARIA DE MÁRCIO JERRY

Blog do companheiro Neto Ferreira antecipou com mais de dois meses de antecedência os nomes das empresas vencedoras de licitações milionárias promovidas pela Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), gerida pelo deputado federal licenciado Márcio Jerry (PCdoB), para a execução de serviços de conservação e manutenção de pavimentação de vias urbanas e rurais em seis regionais, por meio do Programa Mais Asfalto.

A escolha das construtoras Construservice Empreendimentos, Edeconsil Construções e Enciza Engenharia ocorreu antes mesmo das aberturas dos envelopes com as ofertas das concorrentes.

No início de maio, quase um mês depois do anúncio divulgado pela Secid para informar sobre as concorrências, a reportagem recebeu a informação de que algumas das maiores empreiteiras do Maranhão teriam montado um cartel, no qual pode-se denominar “clube das empreiteiras” e que já estava previamente definido quem iria ficar com cada lote do certame do Mais Asfalto, que gira em torno de R$ 234 milhões.

No dia 20 de maio, um dia antes da apresentação das propostas pelas concorrentes, a informação foi registrada pelo editor do site no cartório do 3º Tabelionato de Notas de São Luís do Maranhão, inclusive, publicada em anúncios cifrados no caderno Geral do Jornal O Imparcial do dia 21 de maio, mesma data da abertura do certame.


Este mesmo fato chegou ao conhecimento do Procurador-Geral de Justiça do Maranhão, Eduardo Jorge Heluy Nicolau, no dia 20 de maio, por meio de contato feito pelo editor do site Neto Ferreira via aplicado WhatsApp.

Levantamento realizado no Diário Oficial do Estado mostra que foram homologadas e publicadas pela pasta comandada por Márcio Jerry em 12 de julho as informações previamente antecipadas e registradas em cartório pela reportagem.

A Edeconsil Construções, de Fernando Cavalcanti, sagrou-se a vencedora do lote da regional de São Luís com valor de R$ 50.195.706,52 milhões.

Tendo como sócio oculto Eduardo DP, a Construservice Empreendimentos ficou em primeiro lugar na disputa pelo lote da regional de Santa Inês e executará obras pela quantia de R$ 47.790.363,40 milhões.

A Enciza Engenharia, de José Lauro, ficou com a regional de Barreirinhas, que corresponde pelo valor de R$ 39.869.466,05 milhões.

O lote da regional de Imperatriz ainda está em disputa. A empreiteira Terramata, dos sócios Antônio Angelino da Silva e Ricardo Barroso del Castilho, contestou um documento apresentado pela Guterres Construções e Comércio, alegando que este seria falso.

A contestação foi encaminhada à Secid, que pediu informação à Prefeitura imperatrizense, esta, por sua vez, não conseguiu atestar veracidade da documentação da concorrente. A Secretaria das Cidades, então, deferiu o Recurso da Terramata inabilitando a Guterres Construções. A construtora, que fica localizada em Imperatriz, sairá como a vencedora do lote.

A reportagem entrou em contato com o secretário estadual das Cidades, Márcio Jerry, que não respondeu aos questionamentos. As empresas Edeconsil e Construservice foram procuradas, mas ninguém se manifestou até o fechamento da matéria.

O empresário e dono da Enciza, José Lauro, se pronunciou negando qualquer irregularidade. “Desconheço qualquer irregularidade no processo”.

Fonte: Neto Ferreira

PREFEITURA DE PASTOS BONS INICIA SERVIÇO DE TAPA BURACOS NAS RUAS

A Prefeitura de Pastos Bons, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, iniciou nesta semana a operação tapa buracos para melhorar as condições de tráfego nas vias do município. Com homens e máquinas, o trabalho avança pelas ruas da cidade. O objetivo é recuperar os danos sofridos pelo asfalto com o tráfego de veículos e acúmulo de águas pluviais sobre as ruas.
De acordo com o secretário de infraestrutura, Francisco Leite, o serviço teve início com a recuperação da pavimentação da Rua do Estádio e irá se estender a ruas e avenidas de todos os bairros da cidade.
O Prefeito Enoque Mota abriu mais um plano de ações dentro da secretaria de infraestrutura. Desta forma, continuamos seguindo o cronograma estabelecido desde o início da gestão. Agora estamos realizando a Operação Tapa Buracos, recuperando a pavimentação de ruas em todos os bairros que necessitem dos serviços, atendendo cem por cento da necessidade de nossa população e deixando as vias da cidade em condições seguras para o trânsito de veículos e pedestres”, explicou o secretário.
Nota: Ascom – Prefeitura de Pastos Bons

DO MARANHÃO, RAYSSA LEAL, A FADINHA, FAZ HISTÓRIA E É PRATA NO SKATE STREET NAS OLIMPÍADAS

Enquanto toda a arquibancada se calava no Complexo Ariake, Rayssa Leal dançava. Ao lado da amiga Margielyn Didal, das Filipinas, parecia não se importar com o que acontecia à volta mesmo antes da manobra poderia definir seu futuro. Ali, o circuito montado em Tóquio não se mostrou assim tão diferente da pista de Imperatriz, no Maranhão. Ao ignorar qualquer pressão, a menina de 13 anos fez história: conquistou prata e garantiu a segunda medalha para o skate street nas Olimpíadas de Tóquio, repetindo o resultado de Kelvin Hoefler no domingo.

Rayssa é a atleta mais jovem da história do Brasil subir ao pódio em Olimpíadas. Aos 13 anos e 203 dias, bateu de longe o recorde de Rosângela Santos, bronze em Pequim 2008 com 17 anos no 4x100m do atletismo. Fadinha é, também, a mais jovem brasileira a participar dos Jogos. A marca anterior era de Talita Rodrigues, nadadora que foi finalista no 4x100m livre em 1948, nos Jogos de Londres. Na ocasião, tinha 13 anos e 347 dias.

– Eu estou muito feliz, porque pude representar todas as meninas, a Pamela e a Leticia, que não se classificaram, todas as meninas do skate e do Brasil. Poder realizar meu sonho de estar aqui e ganhar uma medalha é muito gratificante. Meu sonho e sonho dos meus pais – disse a jovem skatista.

O ouro ficou com a japonesa Momiji Nishiya, também de 13 anos, cinco meses mais velha que Rayssa. A skatista somou 15,26 na final, à frente dos 14,64 da brasileira. A também japonesa Funa Nakayama completou a dobradinha da casa no pódio, com 14,49.

O caminho até a prata
Rayssa começou a final com uma bela primeira volta: emplacou crooked, backside smith, boardslide backside, frontside feeble, e só errou na última manobra, a mais difícil da sua série. Recebeu um 2,94, a terceira maior nota de início, atrás da holandesa Roos Zwetsloot e da japonesa Momiji Nishiya.

Fonte: Neto Ferreira

GOVERNO DO MARANHÃO, DETRAM E PREFEITURA DE COROATÁ GARANTEM BENEFÍCIOS PARA MOTOCICLISTAS

O diretor-geral do Detran-MA, Francisco Nagib, participou, na manhã deste sábado (24), de solenidade realizada em Coroatá, com o governador Flávio Dino, na qual assinaram, com o prefeito Luís da Amovelar Filho, Termo de Cooperação Técnica, que vai contemplar os motociclistas profissionais (mototaxistas, motofretistas e motoboys) da cidade com um curso de capacitação e, ao final, receberão coletes e capacetes personalizados do programa “Detran-MA com o povo, construindo um caminho novo”.

Durante a solenidade, houve a inauguração da Unidade Plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), entrega de equipamentos do programa Mais Renda e outros benefícios para a população.

Participaram também da solenidade em Coroatá, o vice-governador Carlos Brandão; o senador Weverton Rocha; o secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry; a secretária-adjunta de Relações Institucionais da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, Agnes Oliveira; outros secretários, prefeitos, vereadores e a população.

Francisco Nagib afirmou que o programa “Detran-MA com o povo, construindo um caminho novo” é uma forma, principalmente, de levar cidadania aos motociclistas profissionais (mototaxistas, motofretistas e motoboys), pois muitos trabalham sem estar regularizados e sem os equipamentos de proteção, como o capacete e o colete.

Queremos contribuir para que estes trabalhadores tenham acesso ao curso de capacitação e possam atuar regularizados e com segurança. Com isso, ganham eles e toda a população, que terá mais tranquilidade em utilizar seus serviços. Este programa está sendo possível devido à sensibilidade do governador Flávio Dino, que prontamente aceitou e viabilizou nosso programa, pois sabe dos benefícios que ele trará para os motociclistas profissionais, para a população e para os municípios”, afirmou Francisco Nagib.

PREFEITO DE BARRA DO CORDA E DONO DE CONSTRUTORA SÃO DENUNCIADOS NO GAECO

O site do Luís Pablo apurou que o prefeito de Barra do Corda-MA, Rigo Teles, e a construtora Cardoso Eireli foram denunciados no Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas), do Ministério Público do Maranhão (MPMA).

A reportagem teve acesso ao relatório que foi entregue às autoridades sobre as contratações do município com empresa por dispensa, para prestação dos serviços de limpeza pública no valor de R$ 1,4 milhão e também para locação de máquinas pesadas e caminhões para limpeza pública no valor de R$ R$ 444 mil.

Na vasta documentação de 49 páginas consta diversas irregularidades caracterizando desvio de finalidade e grave prejuízo ao erário.

Verificou-se que há apenas 01 (um) caminhão compactador de propriedade da empresa Construtora Cardoso, que mesmo assim não atende a especificação do Edital, isto por que, o Edital especifica caminhão compactador de 15M³, e o caminhão fornecido pela empresa de placa PWI0E82 é de capacidade de apenas 07M³.

A contratação direta da empresa e o fornecimento de produtos e serviços fora da especificação do Termo de Referência indica suposto superfaturamento e desvio de recurso público, já que houve pagamento para a empresa na ordem de R$ 723 mil.

No documento diz que os demais veículos de transporte são de propriedade de terceiros, se tratando de verdadeiros “pau de arara”, figura de linguagem para veículos velhos sem condições de uso de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, que não atendem a natureza do contrato para o transporte de lixo urbano, sem quaisquer condições de segurança para os trabalhadores pondo em risco a saúde e a vida dos garis.

Há um descumprimento por parte da empresa em relação ao fornecimento de EPI,s, fardamento, botas, luvas e entre outras coisas, sendo que no Termo de Referência da Dispensa assim como na proposta da empresa tais valores já estão embutidos no pagamento.

Observa-se nos registros fotográficos que os Garis não possuem qualquer equipamento de proteção para o manuseio do lixo, especialmente em tempos de pandemia sequer máscaras lhes foram disponibilizadas.

Agindo dessa forma, a empresa vem descumprindo uma das cláusulas do contrato assinado e o município negligencia na fiscalização. Denota-se que a precariedade na execução do contrato não condiz com os valores pagos pela prefeitura.

Diante dessa grave denúncia o prefeito Rigo Teles corre risco de ser alvo do Gaeco.

Fonte: Luís Pablo

POLÍCIA PROCURA BANDIDOS QUE TOMARAM DE ASSALTO UM CAMINHÃO CARREGADO DE BOI, EM CAXIAS

A Polícia Civil de Caxias está investigando o roubo de um caminhão boiadoeiro carregado de gado no município. O roubo aconteceu na noite da última terça-feira (20), na MA-034.

De acordo com informações repassadas na ocorrência, o motorista informou que estava se deslocando de Gurupi, no estado do Tocantins, com caminhão gaiola, carregado com gado, com um total de 18 cabeças de gado, para fazer entrega na cidade de Curralinhos/PI, mas próximo a Caxias, na rodovia MA 034, foi abordado por seis homens armados de pistola e revólveres em um carro Saveiro.

Eles anunciaram o assalto e atiraram. O denunciante informou que parou o caminhão e o veículo foi tomado de assalto e os criminosos seguiram com a carga rumo ao povoado Baú, tendo liberado o proprietário do caminhão com sua companheira.

Em conversa com o eliaslacerda.com, o delegado regional em Caxias,  Alcides Martins informou que o caminhão já foi encontrado abandonado na noite dessa quarta-feira (21), no município de Peritoró.

O delegado disse ainda que as investigações sobre o caso seguem e que a polícia já tem alguns suspeitos.

Fonte: Elias Lacerda