PREFEITO DR. JÚNIOR E AUTORIDADES ENTREGAM NOVA PRAÇA DA JUVENTUDE FRANCISCO MATOS EM PERITORÓ

A Prefeitura de Peritoró, em parceria com o Governo do Maranhão e Grupo FC Oliveira, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, entregaram para a população na última sexta-feira (15) nova Praça da Juventude Francisco Matos. Na cerimônia e festa de reinauguração estavam presentes o prefeito Dr. Júnior, a vice-prefeita Joana da Amovelar e o esposo e empresário, Luís da Movelar, o diretor do Detran, Francisco Nagib, representado o governador do Maranhão, o deputado estadual Zito Rolim, a presidente da Câmara Municipal, vereadora Dona Lurdes e vereadores da base aliada, o prefeito de Trizidela do Vale Dr. Deibson Balé, entre outras autoridades, além da população peritoroense, que foi comemorar mais uma importante conquista do governo O Progresso Chegou.

Ficamos muito felizes que neste dia 15 de outubro temos a oportunidade de entregar para a população de Peritoró mais um espaço para a prática de esporte, cultura e lazer da juventude e das famílias peritoroenses. É mais uma importante parceria com a prefeitura de Peritoró, na gestão do jovem prefeito Dr. Júnior que, a exemplo de tantas outras obras e tantos outros feitos, em apenas dez meses de governo, hoje tem a felicidade de entregar a população mais um lindo e revitalizado espaço para a comunidade. Parabéns a todos”, declarou o diretor geral do Detran-MA, Francisco Nagib.

É mais uma obra muito importante, que contempla, além do trabalho de reforma e revitalização, o incentivo a prática esportiva. Os peritoroenses utilizarão muito esta Praça para as suas atividades físicas e socioculturais. Portanto, agora terão um espaço mais bonito, cuidado, equipado, e com mais segurança. Parabéns ao prefeito Dr. Júnior, a equipe do governo e a todos os colaboradores, que contemplam mais esta obra importante para Peritoró”, parabenizou o deputado Zito Rolim

A revitalização da Praça da Juventude Francisco Matos, localizada no centro da cidade, é fruto de uma parceria entre a prefeitura de Peritoró, Governo do Maranhão, FC Oliveira e Ferro Norte, que, por meio da Lei de Incentivos Fiscais, contempla um importante cartão postal da cidade e um espaço público para as famílias peritoroenses, com áreas e equipamentos para prática esportiva, academia ao ar livre, parquinho para crianças, nova iluminação de LED e um belo projeto paisagístico. Ainda será construído na Praça um ponto para mototaxitas e uma praça de alimentação, com empreendedores do Programa Mais Renda. Um espaço que irá oferecer a comunidade mais saúde, bem estar e qualidade de vida.

Com muito carinho e amor, e muita alegria no coração, entregamos a nova Praça da Juventude Francisco Matos, o mais novo cartão postal da nossa cidade. Um importante equipamento de lazer, saúde, e entretenimento para nossas crianças, jovens, adultos e idosos. Desde o início de nosso mandato estamos da trabalhando na revitalização e criação de novos espaços de socialização para as comunidades, possibilitando oportunidades de prática esportiva e amplo convívio social, tanto na zona urbana ou em nossos distritos em Peritoró. E muitos outros espaços para o esporte e lazer ainda vamos entregar para a nossa população”, concluiu o prefeito Dr. Júnior.

Asscom – PMP

AUDITORIA APONTA QUE PREFEITURA DE CAXIAS SUPERFATUROU CONTRATO DE R$ 2,5 MILHÕES

Uma auditoria da Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas – Selog do Tribunal de Contas da União (TCU) apontou sobre preço/superfaturamento no contrato R$ 2,5 milhões firmado entre a Prefeitura de Caxias e a empresa A P S Macedo Eireli – ME, conhecida como Ômega Hospitalar. O acordo contratual foi firmado sem licitação e previa a aquisição de medicamentos para o combate à pandemia da Covid-19.

O relatório fundamentou a representação formulada pela Selog ao TCU, que julgou procedente e determinou conversão do processo em tomada de contas especial, autorizando as citações do envolvidos. O julgamento do caso ainda não tem data prevista para acontecer.

Segundo a Selog, dados que constam no processo da contratação indicam ter havido restrita pesquisa de preços no mercado, com consulta a quatro empresas localizadas em Teresina-PI e Timon-MA, sendo um deles contratado para fornecer os produtos. “Não se utilizou, injustificadamente, de pesquisa prioritária e de fácil realização disponível no Painel Gerencial “Contratações relacionadas à Covid-19″, desenvolvido pela CGU e/ou no painel de preços público, além de pesquisas em contratações similares de outros entes públicos, em execução ou concluídos nos 180 dias anteriores à data da pesquisa de preços”, pontuou.

De acordo com a fiscalização do TCU, foram analisados preços de medicamentos por meio de dados obtidos do Painel Gerencial “Contratações relacionadas à Covid-19”, desenvolvido pela CGU , os quais foram comparados com os preços unitários contratados, constatando-se indícios de sobrepreço de R$ 704.600,00 mil, correspondente a aproximadamente 38,5% do total contratado.

A Secretaria de Controle Externo ressaltou que embora o contrato celebrado entre a Prefeitura de Caxias e a empresa A P S Macedo Eireli tenha sido no valor R$ 2.536.000,00, somente foram executados R$ 920.265,30 mil.

Os levantamentos feitos em consulta ao Painel Gerencial da CGU e ao Painel de Preços do Ministério da Economia demonstraram um eventual sobrepreço de R$ 704.600,00 e R$ 881.800,00, respectivamente, considerando-se o quantitativo total contratado.

“Conforme análise empreendida, a irregularidade identificada causou prejuízo ao erário, sendo necessário, portanto, determinar o valor do débito, pois o preço contratado revela-se expressivamente superior aos preços referenciais de mercado. Assim sendo, pode o débito ser calculado por estimativa, quando, por meios confiáveis, apurar-se quantia que seguramente não excederia o real valor devido (…) Da análise da documentação acostada aos autos, restou evidenciada a irregularidade caracterizada pelo preço contratado ser expressivamente superior aos preços referenciais de mercado, o que pode ter resultado em dano aos cofres do Fundo Nacional de Saúde.”, afirmou a Selog.

VEREADORES TROCAM TAPAS EM SANTA HELENA DO MARANHÃO

Depois do que tem sido visto no Senado, na CPI da Covid-19, na Câmara Federal envolvendo o deputado Boca Aberta, alguns vereadores maranhenses parecem querer imitar as cenas vergonhosas de Brasília.

Na Câmara de Santa Helena, durante Sessão Ordinária, na manhã desta sexta-feira (15), dois vereadores trocaram tapas e precisaram ser separados por colegas para não continuarem a lamentável briga.

A confusão, que desta vez não ficou apenas nas trocas de acusações, envolveu os vereadores Valdir do Magazine e Capim, ambos eleitos pelo mesmo partido em 2020, o PTB.

Na quinta-feira (14), a baixaria aconteceu na Câmara de Pinheiro, envolvendo os Herasmo Leite e Riba do Bom Viver, que trocaram fortes e graves acusações durante a Sessão Ordinária.

O curioso e lamentável é que não se tem informação de que nenhum vereador maranhense tenha perdido o mandato por quebra de decoro parlamentar com atitudes que apenas aumentam o desgaste da classe política.

Fonte: Jorge Aragão

APROVEITE O SABADÃO DE FEIJOADA NO D,LLA GRILL EM CODÓ

Restaurante D’lla Grill agora está na Rua Dr. Colatino Borborema, nº 16, centro de Codó
Peça sua refeição com todo conforto e segurança pelo serviço Delivery D’lla Grill.
O Restaurante continuará funcionando de segunda a sábado, das 10:30hs as 14:30hs, normalmente, com seu cardápio variado. Coma Bem no D’lla Grill, com conforto e segurança e ligue pro nosso serviço de entrega!
Conheça as novas instalações ou ligue e peça a melhor, mais saborosa e mais em conta opção para refeição em Codó. No D’lla Grill você encontra os melhores pratos quentes, cozidos, carnes ao molho, saladas e os melhores cortes grelhados. Uma opção saudável e muito em conta para seu almoço.
Refeição apenas R$ 13,00 e a taxa de entrega fora do centro da cidade (qualquer bairro) apenas R$ 2,00.
Rua Dr. Colatino Borborema, Nº 16, Centro – Codó. Ou peça sua refeição pelos telefones: (99) 98265-1283 (99) 98203-5583 (99) 98213-4668

APÓS INDÍCIOS DE FRAUDE, MP RECOMENDA PREGÕES ELETRÔNICOS EM SÃO DOMINGOS DO AZEITÃO

O promotor de Justiça Felipe Boghossian Soares da Rocha emitiu uma Recomendação ao prefeito de São Domingos do Azeitão, Lourival Leandro dos Santos Júnior para que realize Pregões Eletrônicos ao invés de Presenciais para fazer compras públicas. O documento também foi direcionado ao presidente da Câmara de Vereadores, Odilson Rodrigues do Nascimento.

Felipe da Rocha afirmou que existem no Ministério Público várias investigações apurando irregularidades em licitações, sendo a grande maioria deles relacionados a pregões presenciais em São Domingos do Azeitão.

O Decreto nº 10.024, segundo destacou o promotor, regulamenta a licitação, na modalidade pregão na forma eletrônica, para a aquisição de bens e a contratação de serviços comuns, incluídos os serviços comuns de engenharia, e dispõe sobre o uso da dispensa eletrônica, na esfera da administração pública federal direta, autarquias, fundações e fundos especiais, estabelecendo essa modalidade de licitação como obrigatória e não mais preferencial, como previa o Decreto 5.450/2005.

O representante do MP pontuou ainda o ganho em razão da transparência e do controle social na aquisição de bens e serviços, sem tirar a possibilidade de participação de empresas de todo o país, através de lances virtuais, ampliando assim a quantidade de fornecedores e favorecendo a ampla competitividade.

No documento, ele pede aos gestores que, em respeito aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, promovam, preferencialmente, a realização da modalidade pregão eletrônico nas contratações governamentais de bens e serviços comuns, inclusive de engenharia, no prazo de 45 dias a partir da sua notificação.

Fonte: Neto Ferreira

ATENÇÃO MP: R$ 7 MILHÕES SERÃO GASTOS EM CODÓ EM 3 MESES COM EMPRESA INVESTIGADA PELA PF

O BLOG DO DE SÁ não faz denúncias por fazer, faz quando tem provas e documentos, e assim sempre será nossa linha editorial. Não trabalhamos com disse me disse. Longe do que pregou em campanha, o prefeito de Codó, José Francisco Lima Neres, parece que está fazendo da prefeitura do município um trampolim para suas atitudes duvidosas como gestor. Numa investigação feita por este blog com seus parceiros espalhados pela região, descobrimos que a secretária de educação de Codó, Raquel Viera Paula Ferreira, contratou uma empresa por meio de Ata de Registro de Preço, por valores exorbitantes, para fazer execução de serviços de manutenção preventiva e corretiva, reforma ou adequações de prédios e logradouros públicos por exatos: R$ 7.240,913, 03 (SETE MILHÕES, DUENTOS E QUARENTA MIL, NOVECENTOS E TREZE REAIS E TRÊS CENTAVOS). A empresa já é investigada pela Polícia Federal por dar golpes em várias prefeituras do Maranhão.

PASMEM SENHORES LEITORES

Perdendo a noção e sem respeitar os trâmites legais, e fazendo ouvido de mercador para o Ministério público, o prefeito de Codó José Francisco e a secretária de educação pretendem gastar esse valor todo em apenas três meses. Isso mesmo. Zé Francisco quer gastar em apenas TRÊS MESES todo esse valor. De acordo com o CNPJ da empresa, a mesma fica localizada na Av. Principal, quadra 0001, Raposa-MA.

EMPRESA INVESTIGADA

A referida empresa já responde a vários processos na justiça por dar golpes em várias prefeituras dos Maranhão, dentre elas, a prefeitura de Anapurus, onde a prefeita Vanderly Monteles também terá que explicar ao TCE sobre o uso de dinheiro público para pagamentos com serviços fantasmas com a GPA CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS.

E TEM MAIS PREFEITURAS ENROLADAS COM A EMPRESA

Já na prefeitura de Axixá, a PF está na cola da prefeita e também dos empresários da empresa Glabson de Jesus e Paulo Henrique, que já são investigados e tem um inquérito que mostra uso irregular de precatórios do Fundef junto à prefeitura. No município do Godofredo Viana os referidos empresários também estão sendo investigados. Em Maracaçumé a polícia também está na cola do prefeito e da empresa. Em Chapadinha a GPA também já foi denunciada, assim como em Pinheiro.

O ZÉ DEVE SE ENROLAR TAMBÉM.

Fingindo que o MP não tem visto nada, o prefeito de Codó faz de conta que essas licitações duvidosas não estão sendo vistas pelas autoridades.  Se as autoridades não estão vendo, devem estar em sono profundo e deixando o Zé fazer o que bem entende em sua gestão. O BLOG DO DE SÁ está a disposição da prefeitura de Codó e da empresa GPA Construções e Serviços, caso queiram se manifestar sobre essa matéria.