CODÓ: “SE A MONTANHA NÃO VAI A MAOMÉ, VAI MAOMÉ À MONTANHA”

Esta fotografia exibida aqui no BLOG DO DE SÁ, foi publicada pelo prefeito de Codó, José Francisco Lima Neres (PSD), na semana passada quando recebeu a visita de Camilo Figueiredo, atual vice-prefeito, do vereador Rodrigo Figueiredo e do ex-prefeito de Codó Biné Figueiredo.  Após essa fotografia ter sido disseminada nas redes sociais em Codó, muitos começaram a dizer, inclusive colegas blogueiros que aquela foi a primeira visita dessas três lideranças políticas ao prefeito de Codó após a posse. De fato foi, mas não exatamente só uma visita de cortesia como fora propagado, inclusive pela assessoria do prefeito José Francisco.

VAI MAOMÉ ATÉ  A MONTANHA

Essa expressão “Se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé até Montanha” foi usada pelos árabes quando teriam pedido a Maomé a realização de um milagre, o profeta teria ordenado que o Monte Safá fosse até ele. Essa frase deve ser empregada ao grupo do ex-prefeito de Codó Biné Figueiredo, que foi um dos principais responsáveis pela vitória do atual prefeito de Codó nas eleições do ano passado.  Como o atual prefeito não foi ao encontro deles, eles tiveram que ir ao encontro do Zé e foi um encontro prá lá de polêmico, apesar de tentarem passar que foi uma conversa amistosa, nada disso, conversa para “BOI DORMIR” e passar a imagem de harmonia entre eles.

GRITOS E PALAVRÕES

Fontes do BLOG DO DE SÁ na prefeitura de Codó, dão conta de que lá foram vociferados GRITOS, XINGAMENTOS e DESAFOROS proferidos por Camilo Figueiredo, vice-prefeito de Codó. Os Figueiredos não estavam, ou não estão nada satisfeitos com o comportamento do prefeito de Codó. Camilo teria cobrado de José Francisco mais empenho, colocar os que de fato votaram nele, tirar os que votaram em Zito Rolim e mostrar ao que veio. O fato de muitos eleitores de Zito ainda estarem trabalhando nas dependências dos órgãos municipais, mostra que o prefeito de Codó ainda está sendo guiado como canoa pelos vereadores, principalmente aqueles que são do quintal de Zito Rolim e Francisco Nagib. Biné, Camilo e Rodrigo teriam dito a José Francisco que isso é algo que precisa ser resolvido urgentemente.

OS FIGUEIREDOS COBERTOS DE RAZÃO.

Os Figueiredos estão cobertos de razão, e precisam ser valorizados, afinal o grupão foi o responsável pela vitória de José Francisco, mas OS FIGUEIREDOS certamente têm uma grande parcela de contribuição nessa vitória. Caso não fosse essa união com a família figueiredo, José Francisco não seria hoje prefeito de Codó. Querendo ou não, OS FIGUEIREDOS precisam sim ser valorizados pelo atual prefeito, coisa que parece que ainda não aconteceu. Já está mais do que na hora do prefeito de Codó deixar de ser guiado por vereador que nem com ele estava, enquanto outros secaram a pele no sol  e ainda não ganharam nem mesmo um BOM DIA do médico amigo. SIMPLES ASSIM..

5 comentários em: “CODÓ: “SE A MONTANHA NÃO VAI A MAOMÉ, VAI MAOMÉ À MONTANHA”

  1. Acho engraçado todos que estavam com Dr. Diziam que estavam pq acreditavam no trabalho que ele poderia fazer pelo nosso Município… Não sou 12 nem 55. Mas vejo que tudo era só interesse inclusive quando a pessoa acima diz que não teve oportunidade… Espere pq ele agora que está iniciando vamos torcer para que ele seja um bom Prefeito e faça um bom trabalho… Agora dizer que não tenho oportunidade não condiz com o trabalho que ele irá desenvolver.

  2. É realmente os Figueiredos ajudaram e muito pra vitória de Zé Francisco eu e minha família votamos nele por causa de Bine que é um grande amigo nosso. Mais me decepcionei com Zé Francisco pois não deu oportunidade para os que o ajudaram só os 12 estão trabalhando no governo. Cuidado Zé 4 anos passa rápido e do jeito que está fazendo não ganha mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.