CRISE ECONÔMICA CHEGA AOS TERREIROS DE MACUMBA EM CODÓ

IMG-20150627-WA0005

Imagem de uma cabeça de bode que estava no local do despache

A crise econômica tá de lascar com qualquer um, e para piorar a situação, até mesmo os terreiros de umbanda já estão sentido o clima da falta de dinheiro e até da falta de clientes, já que é do conhecimento de muitos que têm pessoas que precisam da umbanda para “lascar” com a vida de alguém. No final de semana, um leitor do Blog do de Sá nos enviou estas fotografias de um “despache”, em uma encruzilhada no sentido ao balneário Roncador na zona rural de Codó. O leitor do Blog ia passando, justamente, na hora da execução do trabalho em plena luz do dia.
Indagado sobre aquele trabalho que estava fazendo o pai de santo que não vamos citar o nome, por questões éticas, disse que as coisas não andam nada bem e por isso estava usando os orixás, os guias e os caboclos no sentido de que as coisas possam melhorar. O pai de santo brincou e disse que aquilo não era um “despache” para causar mal a ninguém e sim uma obra para que tudo possa melhorar.

IMG-20150627-WA0006

Imagem de uma cabeça de bode que estava no local do despache

O QUE É UM “DESPACHE”

Um “despache” na umbanda é realização de oferendas a Exu como pagamento antecipado pela realização de favores. O serviço é feito em encruzilhadas (cruzamento de estradas, ruas ou caminhos) também em cruzeiros das almas, rios etc. As oferendas podem consistir, por exemplo,em algo que não mais pode ser usado.

2 comentários em: “CRISE ECONÔMICA CHEGA AOS TERREIROS DE MACUMBA EM CODÓ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *