DECADÊNCIA: TRABALHADORES DA FÁBRICA DE CIMENTO NASSAU EM CODÓ RECLAMAM QUE ESTÃO HÁ DOIS MESES SEM RECEBER DINHEIRO

nassau-cimento-codó

Nassau Codó

As perspectivas não são nada animadoras para os funcionários da que um dia já foi considerada a maior indústria de cimento do Norte-Nordeste do país. A crise que atinge vários setores e um deles é o da construção civil que estagnou após o anúncio da disparada do dólar e a crise política do país, pois investidores internacionais olham com desconfiança o mercado brasileiro.
Em Codó, a crise atinge o maior afetado com a turbulência do mercado é a Fábrica NASSAU que chega ao patamar de uma crise econômica e a prova disso é que a empresa não vem honrando com os encargos trabalhistas, alguns de seus funcionários estão com quase dois meses de salários atrasados e a única esperança dada pela direção é que será pago apenas uma quinzena nos próximos dias, isso é ruim, pois o dinheiro deixa de circular na cidade e os fornecedores dos funcionários já não conseguem suportar o atraso, pois o mercado de vendas e prestação de serviços funciona como uma cadeia que está alicerçada no cumprimento e pagamento das dívidas de todo cidadão.
Nunca foi tão especulado que a fábrica possa fechar suas portas e a cidade de Codó sofrer um impacto considerável com este trágico fim, na verdade já há o interesse de outros grupos do setor de cimento comprar a fábrica NASSAU, mas isso só o tempo vai dizer.

Fonte: Blog do Bezerra

170 comentários em: “DECADÊNCIA: TRABALHADORES DA FÁBRICA DE CIMENTO NASSAU EM CODÓ RECLAMAM QUE ESTÃO HÁ DOIS MESES SEM RECEBER DINHEIRO

Deixe uma resposta para Novos projetos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *