DELEGADO REGIONAL ALCIDES MARTINS EXPLICA SOBRE AS NORMAS PARA FUNCIONAMENTO DE BARES E FESTAS EM CODÓ

20150422_090839

Del.Alcides Martins

Segunda-feira (27) estive em conversa com o Delegado Regional de Codó, Alcides Martins. Inclusive o oficial da lei mostrou ser bem acessível e o indagamos sobre algumas pessoas que estariam insatisfeitas com as normas que estão sendo colocadas em pratica em Codó, no tocante aos bares e festas que serão realizadas na cidade.
De acordo com o delegado, as normas já existem na cidade há muito tempo, porém não vinham sendo cumpridas da forma que eram para ser. Alcides disse que os bares, durante o meio da semana, devem ficar abertos até a meia noite, e nos finais de semana até à uma hora da manhã, com exceção das festas, que devem acontecer até às duas horas da manhã.

ATÉ 31 DE MAIO

A partir do dia 31 de maio o delegado afirmou ao Blog do de Sá que as festas deverão vender apenas bebidas em recipientes de latinhas, ou seja, uma forma de oferecer segurança para quem está no ambiente. Já nos bares, a venda de bebida em garrafas será permitida. O delegado disse ainda que algumas pessoas, que são proprietárias de bares em Codó, não estavam tirando alvará de funcionamento na prefeitura, e essas pessoas foram orientadas a tirar o alvará. O delegado disse que não havia fiscalização, mas agora as pessoas estão questionando por conta disso. “Aqui não tinha fiscalização, mas agora vai ter, e é por isso que as pessoas estão questionando tanto” finalizou Alcides Martins.

10 comentários em: “DELEGADO REGIONAL ALCIDES MARTINS EXPLICA SOBRE AS NORMAS PARA FUNCIONAMENTO DE BARES E FESTAS EM CODÓ

  1. Acho que o pior problema não está nos bares, apesar de concordar com esta medida de fiscalização, mas o real problema são os traficantes armados. A polícia precisa ter uma estrategia inteligente para desarmar essa turma. Combater o tráfico e punir policiais corruptos também. Sou leigo, mas sei que se tivesse policiais em motos fazendo ronda nos bairros ou guaritas nos mesmos, muita coisa iria melhorar.

  2. concordo que codó realmente precisa de fiscalização,pq as coisas por aqui estão realmente perigosas
    O problema é querer generalizar,e impedir que pessoas de bem trabalhem até a hora que for necessário assim também como impor um horário de toque de recolher pra população que está se divertindo! Aqui a cidade é pequena o suficiente pra policia saber quem é bandido e quem é cidadão!
    Isso dai é pura politicagem,não vai durar muito assim como as blitzes não duraram,essa história é velha todos já conhecem,ao menos respeitem os direitos de nós cidadãos de bem que temos o direito de trabalhar e nos divertir

    1. Você está certo Sr. José Henrique.

      Infelizmente, em razão do serviço policial ser INEFICAZ, torna-se mais fácil fechar bares e restaurantes, desempregando pais e famílias, e diminuindo o emprego e renda.

      Deve fechar o bar que fiscalizado estiver irregular e caso constate presença de marginais, estes devem sofrer a reprimendas da lee.

      MAS, pelo POLICIAMENTO ser ineficaz torna-se mais fácil punir o lazer do cidadão de bem.

      É A NOVA GESTÃO, É O NOVO GOVERNO, É MODELO GESTÃO FLÁVIO DINO

Deixe um comentário para americo silva Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *