VEREADORES DE CAPINZAL DO NORTE ABANDONAM DEPUTADO CIRO NETO E SE RENDEM “AS OFERTAS” DE DANIELA TEMA

Cleiton e Antonio

Os vereadores Cleiton Mororó e Antonio Cordeiro deram um verdadeiro tiro no pé nas eleições do ano passado na cidade de Capinzal do Norte. Envaidecidos pelo poder e pela promessa de algo fácil, demonstraram ao povo que venderam até mesmo suas dignidades para apoiarem alguém que nunca tinha dado uma mão amiga a eles. Durante muito tempo, os dois parlamentares foram ligados ao prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho e o então candidato a deputado estadual Cito Neto que, é filho de Juran Carvalho. Os dois parlamentares juraram de pés juntos que iriam sim apoiar Ciro Neto para deputado estadual nas eleições de 2018, após terem sido beneficiados durante muito tempo. No apagar das luzes os dois parlamentares esqueceram as benesses dadas a eles por Ciro Neto e caíram pra outros rumos, ou quer dizer, para outros braços.

ABRAÇARAM-SE COM DANIELA TEMA

Movidos por promessas momentâneas, os dois parlamentares que passaram a ser meros coadjuvantes da política em Capinzal do Norte, resolveram apoiar em cima da hora a deputada estadual Daniela Tema, esposa do prefeito de Tuntum, Cleomar Tema. Sabe lá por que cargas d,água os dois resolveram abandonar o barco já que os compromissos políticos estavam sendo honrados rigorosamente pelo então candidato Ciro Neto.

TRAÍRAM O POVO

Os dois vereadores Capinzalenses, ganharam  a fama de terem se vendido quando a coisa começou a apertar. No governo passado, os dois eram ligados ao ex-prefeito Roberval Campelo, mas como os dois não conseguem ficar longe do governo resolveram fazer negócios espúrios com o atual prefeito André Portela. Agora aliados de primeira hora do prefeito de Capinzal do Norte, os dois parlamentares já não estão mais com a bola toda perante a opinião pública. Certamente encontrarão muitas dificuldades para se reeleger pelo fato de terem criado suas identidades ligadas a oposição. O BLOG DO DE SÁ está a disposição dos dois parlamentares caso eles queiram se manifestar sobre esta postagem.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *