EM CAXIAS, ASSASSINO DE MÉDICO É CONDENADO A 18 ANOS E 4 MESES DE PRISÃO

Renã Manoel Reis Sousa, assassino do médico Edivaldo Feitosa Daniel Filho, foi condenado a 18 anos e quatro meses de prisão por homicídio, nesta terça-feira (1º), no 1º Tribunal Popular do Júri, em Caxias.

O julgamento iniciou às 8h30 e encerrou às 17h10, presidido pelo juiz de Direito e presidente do Tribunal do Júri, Edmilson da Costa Fortes Lima. Renã foi condenado por homicídio duplamente qualificado.

O regime da pena deverá ser inicialmente o fechado. A pena deverá ser cumprida, em caráter provisório, imediatamente, em unidade penitenciária a critério da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), recaindo preferencialmente naquela mais próxima do último domicílio do sentenciado.

MAIS

Edivaldo Feitosa Daniel Filho foi morto, aos 29 anos, a golpes de faca em junho de 2012, durante uma micareta na Avenida Senador Alexandre Costa.

Segundo a Polícia Civil, o médico teria se envolvido em uma discussão no corredor da folia e, após o desentendimento com dois homens, Edivaldo foi esfaqueado nas costas e no abdômen. A vítima ainda foi encaminhada para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Fonte: Noca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *